30 de jul de 2016

Casa no Círculo Polar é construída dentro de redoma de vidro

Em busca de um modo de vida sustentável e inspirador para seus filhos, Benjamin e Ingrid Hertefølger construíram uma casa com suas próprias mãos dentro de uma redoma de vidro. A casa fica no Círculo Ártico, em uma ilha do norte da Noruega.

As paredes da casa são feitas com vidro, madeira e uma argamassa de areia, argila e palha. Os tijolos desses materiais naturais foram moldados pelo casal e amigos, em um processo que durou dois anos.

A cúpula geodésica foi escolhida pela estabilidade e resistência mecânica, características necessárias para sua localização geográfica, onde há muitas tempestades de neve. Além de manter a temperatura estável durante todo o ano, o vidro reduz a radiação ultravioleta e o domo funciona como uma estufa para a horta da família.

A redoma de 15m de diâmetro, 360 painéis de vidro e 832m de barras de alumínio reciclado levou apenas três semanas para ser construída. Sem fundações profundas, a construção causou pouco impacto ambiental, fator importante para o casal. A construção deve ter vida útil de cem anos, sem manutenção constante.

29 de jul de 2016

Conheça o animal que e é capaz de viver por até 11 mil anos

Atualmente, a expectativa de vida média global para alguém que nasceu em 2015 é de 71,4 anos. Porém, isso não é nada perto de alguns animais da fauna do nosso planeta. Mas qual seria o ranking dos animais que mais tempo vivem? A National Geographic respondeu essa dúvida.

Entre os que caminham sobre a superfície da Terra, está a tartaruga-gigante. Uma em especial, nomeada como Jonathan e pertencente ao governador da ilha de St. Helena, oeste da África Ocidental, já ostenta 183 anos de vida. Já no céu, um pássaro selvagem conhecido como mais antigo do mundo é um Albatroz-de-Laysan (espécie Phoebastria immutabilis), chamado de Wisdom, com 65 anos de idade, que intriga os cientistas até hoje, já que sua espécie é cotada para viver até os 40 anos.

O próximo da lista é o Kakapo (Strigops habroptilus), um papagaio nativo da Nova Zelândia e que está em perigo de extinção. Ele é capaz de viver até 60 anos, mas existem menos de 100 exemplares vivendo no planeta. É o único papagaio noturno do mundo e que não voa, além de ter cheiro natural de mel com rosas.

28 de jul de 2016

O homem contratado para fazer sexo com adolescentes

Em algumas regiões remotas no sul do Malauí, no leste da África, é comum que as meninas paguem por sexo com um homem chamado "hiena" quando chegam à puberdade. 

A prática não é vista pelos mais velhos como estupro, mas como uma espécie de ritual de "purificação". No entanto, pode ter o efeito contrário: transmitir doenças.

A reportagem da BBC conversou com um desses homens. Confira.

Encontro com Eric Aniva no pátio empoeirado de seu casebre de três quartos no distrito de Nsanje, no sul do Malauí. Cabras e galinhas perambulam pela sujeira do lado de fora. Vestindo uma camisa verde encardida, ele vem à minha direção mancando e me cumprimenta com entusiasmo. Parece gostar da ideia de ter virado o centro das atenções.

Aniva é um notável "hiena" em seu vilarejo. Trata-se de uma alcunha dada a um homem contratado por comunidades em diversas partes remotas do Malauí para providenciar a chamada "purificação" sexual. Se um homem morre, por exemplo, sua mulher deve dormir com Aniva antes de poder enterrá-lo. Se outra sofre um aborto, de novo a "purificação sexual" é necessária.

27 de jul de 2016

A síndrome rara que pode matar crianças enquanto dormem

Os mexicanos Alek Pedraza e Lucía Bru passam o dia brincando e rindo, como qualquer criança. Mas à noite tudo muda: os dois sofrem de uma doença rara que pode matá-los enquanto dormem.

Na síndrome de Ondine (ou CCHS, sigla em inglês para Congenital Central Hypoventilation Syndrome, ou Síndrome da Hipoventilação Central Congênita, em tradução livre), a mutação de um gene provoca danos na parte do cérebro responsável pelas reações automáticas do corpo.

Uma das consequências mais comuns disso é que a respiração fica prejudicada - na fase de sono profundo, a pessoa pode simplesmente parar de respirar e morrer.

Por isso, Alex e Lucía precisam ser ligados a equipamentos que os ajudam a respirar, enviando oxigênio diretamente para a traqueia.

Há poucos estudos sobre a doença, que ainda não tem cura. Em todo o mundo, há cerca de apenas 1,2 mil pessoas que conseguiram sobreviver a ela nos primeiros meses de vida.

26 de jul de 2016

Além de arranhões e bofetadas: o fenômeno oculto dos homens que são agredidos pelas mulheres

"Todos os casos são chocantes, mas eu me lembro de alguns em especial, como o de um rapaz que perdeu a visão de um olho porque foi atacado com um garfo, e o de um homem que me mostrou as cicatrizes em suas costas após ter sido esfaqueado".

A assistência social Leticia Ramírez, de Valledupar, no norte da Colômbia, perdeu as contas de quantos atendimentos fez a homens que haviam sido agredidos por suas parceiras.

"As mulheres se armam com facas, tesouras, com o que têm em mãos. Elas mordem, arranham, chutam, empurram, deixam hematomas", conta ela à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC.

Porém, ao investigar os casos, a funcionária descobriu que 90% das mulheres que foram denunciadas por seus parceiros haviam sido previamente agredidas por eles.

"Muitas alegam legítima defesa. Como foram atacadas por seus parceiros, dizem ter aprendido a se defender", afirma Leticia.

25 de jul de 2016

Homem aumenta salário de todos seus empregados para 18 mil reais por mês

Dan Price é um homem generoso. Tanto, que no ano passado recusou um salário de mais de um milhão de dólares ao ano para que seus empregados pudessem passar a ganhar o dobro. Ele dirige a Gravity Payments, uma empresa de Seattle, nos EUA, que processa pagamentos de cartões de créditos. Sua junta diretora está tão contente com seu gerenciamento, que há 12 meses ofereceu um aumento de salário espetacular. Passaria de 70 mil dólares ao ano a ganhar mais de um milhão.

Mas o executivo estava feliz com o seu salário. O que lhe atormentava era que seus empregados não tinham um melhor rendimento. De modo que propôs destinar integramente o dinheiro que tinham oferecido a ele para melhorar os ganhos de seus subordinados.

A ideia foi aceita e desta forma, desde 2015 nenhuma empregado ganha menos de 70 mil dólares ao ano (cerca de 18 mil reais por mês). Em uma entrevista recente, Dan assegurou que essa é a quantia de dinheiro que uma pessoa precisa para se sentir feliz e atingir todas suas metas.

24 de jul de 2016

Jovem obcecado com procedimentos cosméticos gasta mais de 90 mil reais para parecer falsiano

James Holt, de Bury, Inglaterra, até agora gastou exorbitantes 27.500 dólares (90 mil reais) em procedimentos cosméticos em um esforço para copiar as características mais marcantes das irmãs Kardashian e conseguir um olhar falso. James, de 22 anos, diz que já planejava alterar o seu corpo desde adolescente, quando ficou obcecado com as modelos glamourosas ou de topless das terceiras páginas dos tablóides ingleses.

Aos 17 anos ele fez seus primeiros procedimentos cosméticos em um salão de beleza local: aplicou Botox na testa e nos lábios. No começo ele tinha apenas um mililitro do líquido injetado em seus lábios, mas depois que notou que não havia conseguido chamar a atenção dos seus colegas quando foi para a escola no dia seguinte, ele decidiu voltar e aplicar mais.

- "Eu fui para a faculdade no dia seguinte esperando que todos se surpreendessem e comentassem sobre meus lábios, mas ninguém disse nada", lembra ele. - "Voltei na manhã seguinte e coloquei mais 1,5 ml, mas ninguém percebeu de novo. Até o final da semana eu tinha aplicado 6 ml e todos disseram que parecia bunda de babuíno incrível. Eu amei o meu olhar. Ficou grande e suculenta, exatamente como eu queria."

No entanto, sua alegria não durou muito tempo, pequenas bolhas logo apareceram no lábio superior inchado, e quando o líquido começou a vazar, James foi levado às pressas para uma clínica para corrigir seus lábios danificados.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails