28 de jun de 2014

Justiça indiana e discípulos entram em conflito para decidir se guru milionário está vivo ou morto

  • Shri Ashutosh Maharaj, um guru indiano com muitos fiéis, tem causado polêmica sobre seu estado vegetativo.

As pessoas que o seguem afirmam que ele pode estar em uma meditação profunda, enquanto o tribunal e os familiares alegam que, na verdade, ele está morto desde janeiro.

Os seus seguidores resolveram congelá-lo na cidade de Punjab, Índia, até que ele desperte do Samadhi, um alto nível de meditação. 

Os fiéis se negaram a entregar o corpo do mestre ao procedimento de cremação, mesmo depois de vários médicos terem confirmado com inúmeros exames que ele está morto.

Shri é o fundador da ordem religiosa Divya Jyoti Sansthan e, aparentemente, sofreu uma parada cardíaca em janeiro, o que levou ao seu falecimento. Porém, os fiéis não acreditam no diagnóstico dado e continuam afirmando que seu mestre está em profunda meditação. Mesmo a polícia colocando-o como morto, a cidade de Punjab se recusa a aceitar isso, e afirma que é uma questão espiritual.

O filho do líder espiritual, Dilipp Jah, declarou que existem, na verdade, outros motivos para os discípulos insistirem tanto em cuidar da meditação de seu mestre: eles têm o poder de administrar a sua fortuna, que alcança mais de R$ 370 milhões. Aparentemente, quem conseguir decidir se o guru está vivo ou morto, terá o poder de controlar a grande fortuna que esse homem tem.




. . .

27 de jun de 2014

Menina tem dedos colados por causa de doença

  • Menina de 6 anos sofre de doença rara que fez seus dedos colarem, além de soltar sua pele com o mínimo toque

De muitas maneiras, Rafaella Kopelan é como qualquer outra menina de seis anos de idade: ela gosta de brincar em balanços, andar de bicicleta e se divertir com o cão da família.

Entretanto, toda atividade tem de ser feita com extremo cuidado, porque sua pele pode rasgar a qualquer momento.

Rafaella sofre de uma rara condição chamada epidermólise bolhosa, uma doença genética que pode ser fatal. Sua condição incurável significa que aparecem constantemente bolhas sensíveis e dolorosas na sua pele. A doença fez inclusive com que seus dedos se fundissem em uma pele única.

É preciso 1h e meia para prepará-la para o dia, que começa 05h15, quando é necessário fazer a troca de todas as suas ataduras. Seus pais também devem dar banho nela e aplicar um creme especial, bem como fazer novas ataduras, pois suas feridas são muito propensas a infecções.

Entretanto Rafi, como gosta de ser chamada, vive em Manhattan, Nova York, e se recusa a deixar sua condição atrasá-la de alguma forma e até ajudou seus pais a levantarem mais de R$ 1 milhão para a caridade.

26 de jun de 2014

Aranha comedora de peixes

  • Biólogos descobrem aranha que consegue matar e comer peixes duas vezes maior que seu tamanho


Um estudo realizado por zoólogos na Austrália e na Suíça descobriu que, enquanto aranhas normalmente atacam insetos, algumas espécies complementam sua dieta se alimentando de pequenos peixes, que são o dobro do tamanho delas.

Essas espécies, em que algumas são até mesmo capazes de nadarem, mergulharem e andarem sobre a água, possuem neurotoxinas potentes e enzimas que lhes permitem matar e digerir esses peixes.

Martin Nyffeler, da Universidade de Basel, na Suíça, e Bradley Pusey, da Universidade da Austrália Ocidental, observaram que existem até cinco famílias de aranhas que mantêm essa forma de se alimentar.

Elas são chamadas de aranhas semi-aquáticas e normalmente habitam a margem de córregos de água doce, lagos ou pântanos. "A descoberta dessa diversidade de aranhas que conseguem comer peixes é algo relativamente novo para a biologia e zoologia” afirma Nyffeler. "Nossa evidência sugere que o peixe pode ser uma presa ocasional de boa importância nutricional".

25 de jun de 2014

Ovo de parasita mortal

  • Ovo de parasita, que foi retirado de sepultura antiga, pode ser a origem de doenças mortais há mais de 6 mil anos

Atualmente, temos todos os tipos de medicamentos e equipamentos para evitar a propagação de doenças potencialmente fatais.

Entretanto, ovos de um antigo parasita de 6.200 anos de idade, descobertos recentemente, pode ter sido a causa de muitas doenças fatais comuns no meio agrícola.

O ovo do parasita da esquistossomose foi descoberto juntamente com um esqueleto em uma cidade pré-histórica junto ao rio Eufrates, na Síria. O estudo sugere que os seres humanos, acidentalmente, espalharam a doença usando sistemas de irrigação primários.

A esquistossomose é um mal causado por vermes parasitas, que podem infectar o sistema urinário ou os intestinos. Ela é transmitida pelo contato com a água contaminada, onde os ovos do parasita ficam.

Atualmente, a doença é muito comum em países subdesenvolvidos e ataca principalmente crianças, que possuem mais acesso a poças de água. Além disso, essa condição afeta cerca de 210 milhões de pessoas no mundo, sendo que dessas, de 12 a 200 mil morrem todos os anos.

24 de jun de 2014

Doença do Legionário - Mulher perde as duas pernas e uma mão

  • Mulher perdeu as duas pernas e uma mão ao inalar bactérias mortais em uma viagem na Toscana, Itália

Alethea Parker, de 51 anos, quase morreu, perdeu as duas pernas e uma mão depois de inalar bactérias mortais, enquanto estava em Toscana, na Itália, passando as férias com sua família e amigos.

Aparentemente, ela entrou em contato com bactérias Legionella enquanto tomava banho no hotel. Suas férias felizes na Itália se transformaram em um pesadelo e ela teve de ser internada durante meses.

Denominada “doença do legionário”, ainda possui um status quase mítico por conta dos poucos casos. Porém, a bactéria Legionella pneumophila continua contaminando o fornecimento de água e pode ser um perigo fatal.

Na semana passada, o responsável pelo sistema público de saúde inglês emitiu um alerta urgente depois de um recém-nascido ser internado com a doença, que foi adquirida com as águas de uma banheira da casa de parto.

23 de jun de 2014

Garoto de 5 anos fica coberto de escamas devido a uma condição de pele terrível e rara

  • A criança foi apelidada de “garoto lagarto” porque possui uma condição rara que faz com que ele tenha escamas em de pelos normais na pele.

Zhasulan Korganbek, do Cazaquistão, sofre de uma grave ictiose, o que provoca as tais escamas acinzentadas. A condição afeta seu rosto, tórax e suas orelhas, e pode variar em termos de gravidade. É possível ver melhora dependendo do clima, geralmente ensolarado.

Apesar da mídia local rotulá-lo como “garoto lagarto”, a ictiose deriva da antiga palavra grega ichthys, que significa "peixe", devido à semelhança da pele morta e da descamação de escamas de peixe.

Zhasulan herdou a condição de sua mãe, Ulbibi, que é portadora do gene anormal. Apesar de uma matriz portadora não mostrar nenhuma evidência da doença, há um risco de 50% de ter sido passada para seus filhos.

Esse gene afeta a velocidade com que a pele se regenera, fazendo com que a produção de novas células seja feita muito rapidamente. Dessa forma, essa condição causa um acúmulo de pele, deixando-a áspera e escamosa.

Brasileiros descobriram que café pode evitar a cárie, removendo até mesmo a placa bacteriana

  • Uma nova pesquisa sugere que, bebendo com moderação, o café pode realmente ajudar com certas doenças da boca

Cientistas brasileiros descobriram que um certo tipo de grão de café possui uma propriedade antibacteriana. Se ele está forte, preto, sem açúcar, e com moderação, pode sim ajudar a manter a saúde dos dentes.

Cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro testaram em dentes de leite extraídos com um extrato de Coffea canephora, um tipo de grão que representa 30% do café do mundo.

Eles descobriram que o café quebra ativamente o biofilme bacteriano que causa placas dentárias, uma das principais causas de outros problemas com a boca.

A chefe da pesquisa, Andréa Antônio, disse: "Estamos sempre à procura de compostos naturais - alimentos e bebidas que possa ter um impacto positivo sobre a saúde dental”.

Os pesquisadores acreditam que os antioxidantes polifenóis do café foram provavelmente responsáveis pelo efeito da quebra, mas disseram que mais pesquisas são necessárias para estabelecer uma ligação direta.

22 de jun de 2014

Cozinheiro cria prato tão picante que é preciso usar uma máscara de gás para prepará-lo

  • Muhammed Karim é um chefe de cozinha que adora pratos extremamente picantes

Eu adoro pimenta, inclusive faço a minha, tenho experiência no assunto, pois teve uma época de minha vida que fabricava e vendia molhos de pimenta e, posso garantir, eu não teria coragem de experimentar esse molho em hipótese alguma.

Ele atua em seu restaurante chamado Bindi, localizado em Lincolnshire, na Inglaterra. Segundo Karim, seu molho é o mais picante do mundo e foi apelidado de Atomic Kick Ass.

A mistura é tão picante que Muhammed tem de colocar uma máscara de gás, sempre que ele prepara, para evitar desmaiar com a fumaça. Isso dá uma ideia sobre a potência do molho.

O criador de 34 anos diz que come seu molho especial e afirma que "se sente como se colocassem um ferro quente em seus lábios e o deixasse lá”.

O molho também vem com uma série de efeitos colaterais, que pegou de surpresa os degustadores que achavam que tudo era uma grande bobeira e poderiam suportar o efeito ultra picante. Muitos tiveram que sair do restaurante dentro de uma ambulância. Paralisia facial, choques corporais e até mesmo hemorragia interna são apenas alguns dos problemas que podem ocorrer com quem resolve degustar o prato.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails