31 de dez de 2015

Japonês eremita toma conta de cidade abandonada na selva amazônica

  • Shigeru Nakayama, que imigrou para o Brasil há 50 anos, cuida de ruínas de Airão Velho, a 180 km de Manaus, que viveu seu auge no Ciclo da Borracha

Nakayama chegou a Airão Velho em 2001. (Foto: Lucas Amorelli/BBC)
A cidade de Airão Velho, no Estado do Amazonas,teve seu auge há mais de 100 anos e sua decadência econômica traduziu-se na partida dos moradores. Hoje, um único homem vive ali e tornou-se seu guardião.

Shigeru Nakayama tem 62 anos e chegou ao Brasil há mais de 50 anos. Nasceu em Fukuoka, no sul do Japão, e mudou-se durante o grande fluxo migratório de japoneses no começo dos anos 1960.

O Japão, à época, passava por dificuldades econômicas e o Brasil precisava de mão de obra na agricultura. Sua família, então, assentou-se no Pará.

No início dos anos 70, ele e um grupo de amigos partiram para a Amazônia em busca de trabalho, e estabeleceram-se às margens do Rio Negro.

Chegou a Airão Velho em 2001, quando a cidade já estava abandonada havia quase 70 anos. O vilarejo teve seu auge econômico durante o período do Ciclo da Borracha, quando a região era movida pela exploração do látex.

30 de dez de 2015

Governo dos EUA comprova que maconha pode ajudar na luta contra o câncer seja fumando, como chá ou na comida

  • O governo dos EUA, em sua página sobre a pesquisa do uso de Cannabis sativa e canabinoides, do National Cancer Institute, revelou que a maconha é uma aliada na luta contra o câncer.

O instituto é parte do Departamento de Saúde dos Estados Unidos e informou que “os canabinoides podem ser úteis no tratamento dos efeitos colaterais do tratamento de câncer”, seja através do fumo, do consumo em alimentos ou em chás.

O site também lista outras utilizações, incluindo atividade anti-inflamatória, bloqueio do crescimento de células e de vasos sanguíneos que alimentam tumores, atividade antiviral e alívio de espasmos musculares causados pela esclerose múltipla. A página também explica como as células cancerígenas em ratos foram mortas quando expostas à Cannabis.

Diversos estudos científicos relataram tais benefícios no passado. Em abril deste ano, o Instituto Nacional sobre Abuso de Drogas, do governo dos EUA, revisou suas publicações para sugerir que a cannabis, o princípio ativo da maconha, poderia encolher tumores cerebrais, matando as células cancerosas.

29 de dez de 2015

Cientista russo afirma que nossos ancestrais dirigiam carros gigantes e as evidências ainda estão por aqui

  • Um geólogo russo alegou que algumas marcas misteriosas encontradas na Turquia foram feitas por gigantes, em carros pré-históricos, há milhões de anos.

O diretor do Centro de Pesquisa Científica de Ciências Naturais da Universidade Internacional e Independente de Ecologia e Politologia de Moscou, Alexander Koltypin, fez a sua declaração após voltar de uma viagem de campo em Phrygian Valley. 

Ele revelou que os campos estavam completamente cobertos por marcas de milhões de anos. "Como geólogo, eu posso dizer que veículos desconhecidos foram dirigidos ao redor da Turquia há aproximadamente 12 ou 14 milhões de anos ", afirmou.

Koltypin diz, ainda, que é bem óbvio que as marcas foram feitas por veículos. A distância entre cada faixa é sempre a mesma e, segundo ele, essas rodas se encaixam em modelos de carros modernos. De acordo com o geólogo, também é possível ver arranhões horizontais, utilizados por rodas antigas.

"Podemos supor que os carros antigos andavam em solos macios e, talvez, em superfícies molhadas. Por serem tão pesados, causaram profundas depressões. E, mais tarde, foram petrificadas, protegendo todas as provas.", disse.

28 de dez de 2015

Dormir de lado pode reduzir o risco de Alzheimer e Parkinson, diz estudo

  • A posição que você dorme poder ter um efeito significativo sobre a saúde neurológica, de acordo com um novo estudo.

Os pesquisadores dizem que dormir de lado, no que é conhecido como “posição lateral”, pode ajudar a remover os resíduos no cérebro que contribuem para doenças neurológicas como Alzheimer e Parkinson.

Uma equipe internacional de cientistas, liderada por pesquisadores da Stony Brook University, nos EUA, usou exames de ressonância magnética para ver a imagem do cérebro de ratos e descobriu que as vias glinfáticas – sistema que remove resíduos químicos do cérebro – ajudaram os roedores na tarefa quando eles dormiam de lado.

A técnica dos pesquisadores permitiu que eles observassem como os filtros de fluido cerebrospinal atravessava o cérebro e os passava para o fluido intersticial entre as células, a fim de limpá-las a partir do cérebro. Esses resíduos incluem proteínas amiloides e tau, que podem prejudicar o funcionamento do cérebro caso cresçam.

24 de dez de 2015

História do Natal

  • Origem do Natal e o significado da comemoração

O Natal é uma data em que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Na antiguidade, o Natal era comemorado em várias datas diferentes, pois não se sabia com exatidão a data do nascimento de Jesus. 

Foi somente no século IV que o 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial de comemoração. Na Roma Antiga, o 25 de dezembro era a data em que os romanos comemoravam o início do inverno. Portanto, acredita-se que haja uma relação deste fato com a oficialização da comemoração do Natal.

As antigas comemorações de Natal costumavam durar até 12 dias, pois este foi o tempo que levou para os três reis Magos chegarem até a cidade de Belém e entregarem os presentes (ouro, mirra e incenso) ao menino Jesus. Atualmente, as pessoas costumam montar as árvores e outras decorações natalinas no começo de dezembro e desmontá-las até 12 dias após o Natal.

Do ponto de vista cronológico, o Natal é uma data de grande importância para o Ocidente, pois marca o ano 1 da nossa História.

23 de dez de 2015

Feliz Natal a todos os leitores da MIB

"O milagre natalino está no desejo de cada um de ser feliz. Milagres existem sim, principalmente com tamanha benção de Deus, muitas glorias, conquistas e emoções podem ser realizadas, pois o Natal está chegando! 

Faça seus desejos e acredite em todos eles, pois estão prestes a se concretizarem nesta noite especial. 

Que seu Natal seja um verdadeiro milagre de alegrias ao lado das pessoas que ama."

São os meu mais sinceros votos de agradecimento por me aturarem esses anos todos.



22 de dez de 2015

A comovente história do “Pinóquio da vida real”

Desde que nasceu Ollie Trezise, de Maesteg, no País de Gales, conheceu a dor e o deboche, mas não se deixou vencer e lutou para seguir adiante. ficou conhecido como o “Pinóquio da vida real”. 

Com 21 meses de idade, ele sofre de uma doença rara chamada encefalocele, que faz com que o seu tecido cerebral crescesse em direção ao seu nariz, através de uma abertura em seu crânio. 

Quando tinhas apenas 1 ano e 9 meses, Ollie passou por uma cirurgia complexa que fechou a fissura existente em seu crânio e que melhorou a sua qualidade de vida pois permitiu que passasse a respirar melhor.

O pequeno foi diagnosticado com esta condição ainda durante uma ecografia com 20 semanas de gestação, onde os médicos observaram que tinha tecidos inesperados crescendo em seu rosto.

- "É um menino valente e feliz. Para mim Ollie é perfeito. Ele é meu Pinóquio da vida real e não poderia estar mais orgulhosa", manifestou Amy Poole, a jovem mãe do pequeno, de 22 anos.

21 de dez de 2015

Mulher viciada em carboidratos, só comeu batata frita, pães e biscoitos ao longo dos últimos 27 anos!

Arlene Mounce, da Inglaterra, é uma “viciada em carboidratos”, por comer batatas fritas todos os dias, durante 27 anos. Ela não consegue mudar sua dieta, apesar de sofrer uma série de problemas de saúde, incluindo anemia e até desmaios.

A mulher de 32 anos tem uma fobia alimentar e sobrevive apenas com batatas fritas, pães, biscoitos e refrigerantes desde criança. Ela é incapaz de mudar sua dieta, apesar de sofrer de anemia, apagões e perda de memória ao longo dos anos e foi inicialmente rejeitada como uma “viciada em carboidratos” por seu médico. Arlene sofre de Transtorno Seletivo de Alimentação (SED) e passou por hipnoterapia, na esperança de desenvolver uma dieta mais saudável.

A bancária perdeu peso por conta da anemia, mas sobreviveu graças a injeções de vitamina B12. Ela foi incapaz de fazer mudanças em sua dieta. “Meu cabelo não cresce, minhas unhas não crescem e meu sistema imunológico é terrível. Isso também afeta minha vida social, pois comer fora se torna uma tarefa árdua, e é difícil explicar um transtorno alimentar para as pessoas", disse ela.

20 de dez de 2015

O caso espetacular das curas espirituais

  • As cirurgias mediúnicas continuam desafiando a ciência. Fato ou alucinação?

Luiz Carlos Nunes aguardava na fila de atendimento quando João de Deus o encarou e mandou que passasse à frente. Nunes foi orientado a sentar numa poltrona no centro da grande sala da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, interior de Goiás, a 117 quilômetros de Brasília. 

João de Deus, o mais procurado cirurgião espiritual em atividade no mundo, colocou um lençol branco sobre o dorso de Nunes como uma preparação para um corte de cabelo. Depois, acomodou um travesseiro nas suas costas, enquanto rasgava com desprezo uma embalagem onde estava envolto um bisturi, aparentemente novo. Estava com olhar perdido na plateia. Ao se aproximar de Nunes, João de Deus afastou os cabelos que encobriam um tumor cancerígeno diagnosticado três anos antes. Apertou o caroço localizado no canto superior direito da cabeça com os dedos e fez um corte horizontal de 2 centímetros. Por duas vezes, revira o bisturi no corte. Depois, o solta e aperta a fenda até sair um espesso líquido branco.

Um fio de sangue escorreu sobre o rosto de Nunes, respingando no manto branco. Como uma pinça, o médium remexeu de novo no corte até extrair o suposto tumor que levou Nunes de São Leopoldo, região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, à Abadiânia. Com um chumaço de gaze, enxugou o sangue que brotava da fenda. Pressionou a gaze várias vezes sobre o corte de modo brusco. Nunes parecia estar num estado de semi-vigília. De olhos fechados, sua cabeça ia para trás e para frente como se tivesse caindo no sono na poltrona de casa.

19 de dez de 2015

Cachorros estão sendo usados para proteger pinguins na Austrália

Um fazendeiro australiano teve a ideia de fazer com que seus cachorros protegessem os pinguins de Middle Island, uma pequena ilha australiana– e funcionou muito bem. Acontece que o local é a casa de uma colônia de pinguins-azuis, a menor espécie do animal de que se tem notícia.

Antigamente havia centenas deles, que têm entre 30 e 40 centímetros de altura, na ilha. Isso até 2005, quando os pinguins-azuis se tornaram as principais presas das raposas da região. "Nós chegamos a um ponto em que tínhamos cerca de 800 pinguins, até que, de repente, só conseguimos encontrar quatro deles", disse Peter Abbott, do Projeto de Preservação dos Pinguins, em entrevista à BBC. "O pior foi quando encontramos 360 pinguins mortos em um período de duas noites. As raposas matam qualquer coisa que encontrarem."

Horrorizado, marido descobriu que sua esposa foi homem após 19 anos de casamento

  • Até que ponto uma mentira é perdoável? E se a pessoa que você ama tão ternamente mentiu sobre algo tão importante como o seu gênero?

Após 19 anos de casamento, um homem belga identificado apenas como Jan descobriu que sua esposa realmente nasceu homem. Agora, o marido horrorizado e devastado está em busca da anulação do casamento.

Jan casou com sua esposa indonésia, Mônica em 1993. Ele queria que eles começassem sua nova vida na Bélgica e imediatamente providenciou todos os documentos para que se mudassem. No entanto, o par encontrou dificuldades na aceitação dos documentos de Mônica nos Departamento de Identificação belga, que tinha dúvidas sobre a autenticidade da identidade de Mônica. Ainda assim, eles aprovaram a documentação do casal.

Durante vários anos, o casal viveu uma vida normal. Mônica, que tem agora 48 anos de idade, tornou-se um tipo de irmã mais velha querida dos dois filhos de Jan, que ele teve em seu casamento anterior. Ele disse que decidiram não ter mais filhos por causa disso.

Quanto às regras mensais de uma mulher, Mônica utilizava normalmente absorventes higiênicos fingindo menstruar para "esconder a verdade". Mas, Jan disse que a relação começou a mudar quando ela conseguiu um novo emprego em tempo integral

17 de dez de 2015

Povoado americano recusa fazenda solar porque consome muita luz do sol

  • A história mais surreal dos últimos tempos

Hoje em dia a sustentabilidade é muito importante e ninguém recusaria uma fazenda solar, certo? Bem, em Woodland, Carolina do Norte, fizeram: recusaram a construção de uma fazenda de energia solar porque poderia consumir muita luz solar.

Woodland é um povoado muito pequeno, com pouco menos de 800 habitantes, que se opuseram ao projeto e segundo reporta a mídia local, realizaram uma reunião pública para discutir o tema. Um dos opositores foi Jane Mann, professora de ciências aposentada cuja preocupação é que uma fazenda solar afetaria à vegetação do lugar.

Jane indicou que em outros lugares as fazendas solares afetam a fotossíntese das plantas, que passam a receber menos luz solar. E já que Woodland se destaca por sua vegetação, aquilo poderia supor um problema. Jane agregou também que uma fazenda de energia solar pode produzir câncer às pessoas.

Outros residentes alegaram que suas propriedades perderiam valor por estarem próximas de uma fazenda solar e os únicos beneficiados seriam as companhias que constroem e gerenciam e as imobiliárias. Mas não a cidade.

16 de dez de 2015

Milionário saudita foi inocentado após alegar que penetrou adolescente ao cair acidentalmente sobre ela

  • É tão absurda a história que nenhuma palavra que eu pense descreve isso

O tribunal de Southwark Crown, na Inglaterra, declarou inocente a Ehsan Abdulaziz, um milionário saudita de 46 anos de idade com mulher e filhos que trabalha como promotor imobiliário, da acusação de violação. Segundo a sentença, ele foi absolvido argumentando que caiu acidentalmente sobre sua vítima, de 18 anos, e a penetrou sem querer porque seu membro "fugia" para fora da cueca. Mas a versão da vítima foi outra: ela conta que acordou com o milionário forçando dentro dela.

Segundo a versão da jovem, que não teve seu nome revelado, tudo começou durante uma festa à que foi junto com uma de suas amigas -de 24 anos- na discoteca Cirque Le Soir. Durante aquela noite, ambas se encontraram com Ehsan.

Ele convidou as duas mulheres para acompanhá-lo em sua mesa e depois ofereceu-lhes uma carona para casa em seu Aston Martin. Ele, então, levou as duas mulheres a seu apartamento no luxuoso Maida Vale, no oeste de Londres, e ofereceu-lhes vodca. Depois de beberem, ele levou a mulher de 24 anos para seu quarto e manteve relações sexuais com ela enquanto a outra dormia no sofá da sala.

15 de dez de 2015

“Maconheiros de Jesus” usam droga para estudar a Bíblia

  • Segundo eles, esta é uma maneira que encontraram para entender melhor os textos bíblicos

Um grupo de cristãos do Colorado, nos EUA, está causando polêmica ao disseminar a ideia de que a maconha os aproxima de Deus. Chamados de "Stoner Jesus", ou, em tradução livre, "Maconheiros de Jesus", os cristãos convidam pessoas para estudar a Bíbliam enquanto usam marijuana. Segundo eles, esta é uma maneira que encontraram para entender melhor os textos bíblicos.

A ideia surgiu quando Deb Button, de 40 anos e mãe de dois filhos, precisou lidar com o seu processo de divórcio. Ela afirma nunca ter sentido a necessidade de usar drogas antes disso, mas decidiu aceitar o convite de um amigo. No estado em que eles moram, Colorado, a venda de maconha é legalizada.

“Quando eu comecei a fumar me senti tão ligado a Deus”, explicou ela. Feliz com os resultados da experiência, Deb começou a divulgar os encontros do grupo na internet e acabou por atrair vários interessados. A ideia se tornou bem popular e, atualmente, reúne além de evangélicos, mórmons, católicos, um ortodoxo grego e até um ateu. “Acho que essa planta é sagrada”, analisa.

13 de dez de 2015

Vídeo chocante mostra bebês que nascem dependentes de drogas

  • O vídeo mostra o tremor incontrolável nas pernas por abstinência de heroína

Um vídeo perturbador revela um bebê em um berço, na maternidade, tremendo as pernas violentamente e se contorcendo. Isso porque, apesar de ter apenas algumas semanas, ele está sofrendo os efeitos de abstinência de drogas, tendo nascido viciado em opiáceos.

A cada 19 minutos, uma criança nos EUA nasce com uma dependência de opiáceos, herdada de suas mães viciadas. Essas primeiras semanas são longas, agonizantes e angustiantes para o bebê, enquanto luta com a síndrome de abstinência neonatal. A condição pode causar fortes tremores e choro incontrolável, por apertar seus músculos e, por vezes, causar falta de ar.

O vídeo é parte de uma reportagem feita pela Reuters para mostrar a terrível realidade de bebês nascidos com dependências de drogas, por herança de suas mães viciadas, enquanto eles ainda estão no útero. Os EUA, local onde o vídeo foi gravado, vive uma epidemia de dependência de opiáceos, que se estende às mulheres grávidas. Mais de 130 mil crianças no país nasceram viciadas em drogas ao longo da última década. Cada uma delas têm sofrido os sintomas da síndrome de abstinência neonatal, que são semelhantes à de adultos viciados em heroína.

11 de dez de 2015

Síndrome de Munchausen

  • A síndrome que a pessoa cria mentiras para médicos para ser internado

Pessoas com essa síndrome fingem estar doentes para serem internadas ou até operadas. Mesmo sem sentirem nada, insistem que têm uma dor aqui, outra ali... Na verdade, há um problema, só que ele não é físico. Elas mentem para receber atenção e compaixão

Não há consenso sobre a causa, mas a síndrome costuma estar associada a abusos na infância, problemas de autoestima e distúrbios de personalidade. Quem sofre desse mal pode ter problemas físicos reais, causados por procedimentos clínicos desnecessários, e até morrer

O transtorno é mais comum entre homens, mas também acomete mulheres. Uma variante comum é a síndrome de Munchausenpor procuração, na qual mães, geralmente jovens, fingem que o filho está doente. Como a vítima é a criança, o caso pode ser tratado pela Justiça como abuso infantil

10 de dez de 2015

Mãe diz que seu filho de 3 anos é um dos casos mais jovens do mundo de transexualidade

  • Ver um filho com uma tesoura na mão pode ser aterrorizante para quaisquer pais, mas para Kerry McFadyen, foi um momento decisivo em sua vida.

A escocesa de 32 anos, de Cairngorms, encontrou o filho de três anos, Daniel, no banheiro, com a tesoura em mãos, dizendo que queria cortar seu pênis para que pudesse ser uma menina. Sua difícil condição em aceitar seu próprio corpo fez com que os pais tomassem a difícil e corajosa atitude de permitir que Daniel se tornasse Danni, no que se acredita ser o caso jovem de mudança de sexo no Reino Unido.

“Ele estava no banho, e de alguma forma ele conseguiu encontrar a tesoura. Tentei ficar calma e perguntei o que ele estava fazendo, e ele me disse que estava prestes a cortar seu pênis para que pudesse ser uma menina. Eu disse que ele não podia porque ele se machucaria e sangraria muito, e eu calmamente consegui contê-lo e dei-lhe um grande abraço. Foi muito perturbador vê-lo assim, nenhuma mãe deveria ter de ver seu filho tão chateado com seu próprio corpo”, relatou Kerry. 

Ela e seu marido, Craig, de 34 anos, visitaram a Tavistock e Portman NHS Trust, em Leeds, na Inglaterra, onde Daniel foi diagnosticado com disforia de gênero, conhecido também como “transexualismo”. A condição acontece quando uma criança ou um adulto está angustiado ou desconfortável com seu sexo, por ele não coincidir com sua identidade de gênero. Danni diz a outras crianças que ela tem a cabeça de uma menina no corpo de um menino.

9 de dez de 2015

Papai Noel atendendo um menino autista comove a internet

  • Deixe casos como esse alegrar seu dia e fazer a diferença em sua vida

As famílias com crianças autistas às vezes encontram dificuldades ante situações da vida que, para outros, são simples. 

Quando estão com seus pequenos em meios que não conhecem bem, com ruído, com muita gente... Tudo soma para gerar uma situação estressante, que pode inclusive intimidar o pequeno. 

Exemplo claro: uma fila em um shopping para ver Papai Noel. Música, gritos, caprichos, pais nervosos... e um senhor da Lapônia que não sabe como se comportar com essa outra criança, que requer dele uma atenção diferente.

Erin Deely, de 36 anos e mãe de um filho de 3 com autismo, chamado Brayden, explica que todas suas visitas deste tipo desacomodam seu filho.

- "Sempre penso que não vou poder conseguir algumas fotos com Papai Noel, porque não posso manejar a situação, com o ruído e a pressão. Meu filho fica nervoso e ansioso até se alguém pede que sorria para a foto", relata.

8 de dez de 2015

Homem andava em um bosque canadense quando de repente viu uma “árvore respirando”

No último 30 de outubro, um homem chamado Brian Nuttall estava andando pelos bosques no condado de Cumberland, em Nova Scotia, Canadá, quando foi surpreendido por uma visão muito esquisita, para dizer o mínimo. 

Ele viu uma árvore que parecia respirar! Embora chocado com a visão incomum, Nuttall conseguiu pegar o seu celular e gravar um vídeo da árvore, que parecia mesmo como se estivesse respirando profundamente por suas raízes, já que o chão da mata parecia "palpitante".

Nuttall mais tarde fez o upload do vídeo na página do Facebook "We Love Nova Scotia" e escreveu:

- "O vento soprava as árvores na colina há alguns dias após a remanescência do furacão Patricia, era um vento oeste forte", revelou. - "Quando entrei na trilha, notei o chão em movimento."


7 de dez de 2015

Primeira pesquisa mundial sobre religião e ciência tem resultados surpreendentes

Será que todos os cientistas são ateus? Eles acreditam que religião e ciência podem coexistir? Ou acham que as duas coisas são conflitantes?

Enquanto existem muitas assunções e sensos comuns sobre o tema, uma nova pesquisa resolveu tirar esse assunto a limpo, e seus resultados foram surpreendentes.

O método

Esse foi o primeiro estudo mundial – e o maior – sobre como os cientistas veem a religião, conduzido pela Universidade Rice, dos Estados Unidos.

Os pesquisadores recolheram informações de 9.422 entrevistados em oito regiões do mundo: França, Hong Kong, Índia, Itália, Taiwan, Turquia, Reino Unido e EUA. Eles também viajaram a estas regiões para realizar entrevistas em profundidade com 609 cientistas.

Ao entrevistar cientistas em várias fases da carreira, nas aéreas de biologia e física, em instituições de elite e não de elite, os pesquisadores esperavam ter uma visão representante dos cientistas sobre religião, ética e como ambas se cruzam com seu trabalho científico.

Os resultados desafiam os pressupostos de longa data sobre a dupla ciência-fé. Enquanto é comumente assumido que a maioria dos cientistas são ateus, a perspectiva global do estudo mostra que esse simplesmente não é o caso.

Chinesa congelou seu cérebro na esperança de voltar à vida daqui 50 anos

Du Hong, uma escritora de ficção científica chinesa, decidiu ser a pioneira na prática da criogenia, ou seja, a técnica de preservação do corpo por nitrogênio, congelando a pessoa, podendo, supostamente, preservar todo o funcionamento dos órgãos para acordá-la no futuro.

Com um grande investimento, Hong sempre teve o objetivo de, após sua morte, ter seu cérebro congelado. Ela acredita que, no futuro, poderá ser ressuscitada pela ciência avançada. Obviamente, esta é uma realidade distante da ciência atual e jamais foi realizado um experimento parecido. Outro grande empecilho é o valor que deve ser investido no processo de criogenia. Du Hong pagou cerca de 475 mil reais, antes de morrer, para a prática.

Em maio deste ano, a chinesa faleceu, aos 61 anos, vítima de um câncer no pâncreas. Conforme seu desejo e seu alto investimento, seu cérebro foi retirado de seu corpo e conservado em nitrogênio a temperaturas de -196 ºC. Por enquanto, é apenas isto que pode ser feito por Hong.

6 de dez de 2015

Belas pulseiras de resina feitas a mão preenchidas com flores e plantas

A designer Sarah Smith gosta de experimentar com a incorporação de todos os tipos de vegetações em suas pulseiras artesanais feitas com resina. 

Samambaias secas, flores, cascas de árvores, e até penas de pavão são congeladas no tempo dentro dessas cápsulas do tempo transparentes, um processo que leva até três semanas desde a concepção ao despejo da resina, cura, e moldagem da peça final. 

A maioria das peças que você vê aqui e muitas outras estão disponíveis em suas lojas da Etsy e também na Faerie, e custam em média 180 reais cada uma.

5 de dez de 2015

Conheça o Li-Fi, cem vezes mais rápido que o Wi-Fi

  • A tecnologia usa luz para transmissão de dados

Se você acha que sua internet é lenta, prepare-se, o grau de comparação só vai piorar. Cientistas da Estônia estão testando o Li-Fi, um novo tipo de transmissão de dados da internet. Testes feitos pela primeira vez fora de laboratórios registraram uma velocidade de 1 Gb por segundo, ou seja, cerca de 100 vezes mais rápido que a velocidade média do Wi-Fi.

A base do Li-Fi é que a passagem dos dados se dê por meio da luz. A técnica conhecida como VLC, sigla em inglês para Comunicação por Luz Visível, é considerada uma evolução do código morse. Luzes piscam em uma frequência imperceptível ao olho humano, mas que computadores conseguem identificar. As máquinas acabam decodificando os intervalos e transformam a piscadela em informação e comandos para serem executados pelos processadores.

A ideia já vem sendo estudada há alguns anos. Em 2011, o professor da Universidade de Edimburgo, na Escócia, Harald Haas, inventou a técnica. Segundo ele, a transmissão de dados por luz poderia ser usada nas mais diversas ocasiões, como em carros inteligentes (para que uma troca de dados entre os veículos evitasse acidentes), e na iluminação pública (transformando as lâmpadas na ruas em pontos gratuitos de internet). 

4 de dez de 2015

Homens que fumam maconha X psicose e doenças mentais

  • Homens que fumam maconha possuem maiores chances do que mulheres em desenvolver psicose e doenças mentais, diz estudo

Pesquisadores da Universidade de York, na Inglaterra, dizem o novo estudo revela que homens são mais sensíveis aos sintomas que afetam a saúde mental.

Pesquisas anteriores examinaram a relação entre maconha - a droga ilícita mais utilizada no Reino Unido - e psicose. No entanto, o papel do gênero em relação aos efeitos de saúde mental da droga é menos compreendido. A psicose é um problema de saúde mental que faz com que o acometido perceba ou interprete as coisas de forma diferente daqueles ao seu redor. A condição pode provocar alucinações, afetando todos os sentidos. Delírios também são um sintoma comum.

O Sistema Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS), afirma que a psicose pode surgir por experiências traumáticas, drogas, abuso de álcool, tumores cerebrais, bem como outros problemas de saúde mental, como esquizofrenia, transtorno bipolar e depressão grave. Cientistas de saúde investigam a ligação baseados em literatura específica, bem como análises detalhadas de dados sobre internações por psicose em decorrência da maconha em todo o NHS, durante um período de 11 anos.

2 de dez de 2015

Maravilhas do mundo - A Mina de Sal de Realmonte, na Sicília

Na costa sul da Sicília, a maior ilha do Mar Mediterrâneo, fica a cidade de Realmonte, onde há uma enorme mina de sal subterrânea com túneis que se prolonga por 25 km cerca de 100 metros abaixo do solo. 

As paredes da mina de sal são naturalmente adornadas com faixas de rochas coloridas escuras e claras dispostas em círculos concêntricos e listras alternadas. 

Estas faixas coloridas foram formadas a aproximadamente 5 milhões de anos atrás pela deposição de sal quando a água do mar evaporava deixando grandes quantidades de sal dissolvido como precipitação.

Durante este período o Mar Mediterrâneo estava passando por um ciclo parcial ou quase completo de dessecação, que os geólogos chamam Crise de Salinidade do Mediterrâneo, também conhecido como evento Messiniano. O precursor do Estreito de Gibraltar estava fechado e o Mar Mediterrâneo estava bloqueada desde o Atlântico, resultando no aumento da salinidade da água. Por causa das condições climáticas geralmente secas, dentro de um milênio o Mediterrâneo quase secou completamente, formando uma bacia seca profunda que atingia 3 a 5 km abaixo do nível do oceano.

1 de dez de 2015

Mulher cega com personalidades múltiplas pode ver quando ela é uma adolescente

Há 17 anos, a paciente referida apenas por suas iniciais, B.T. teve um grave acidente em que sofreu várias lesões cerebrais. 

A primeira coisa que os médicos descobriram foi que tinha perdido a vista como consequência dos danos no córtex visual, o que lhe obrigou a aprender a caminhar com bengala e cão guia. 

Quatro anos depois começou o transtorno de personalidade múltipla e a mulher desenvolveu até dez identidades radicalmente diferentes, com idades, sexos e costumes muito dispares. Personalidades que se manifestavam inclusive em idiomas diferentes: às vezes falavam em inglês, outras em alemão e às vezes até duas línguas.

A mulher tem agora 37 anos e seu tratamento médico se centrava em manejar estas personalidades múltiplas que lhe dificultavam a vida cotidiana. Até que em um dia, há alguns meses, durante um dos testes, quando a mulher estava assumida no papel de um jovem adolescente, começou a enxergar de novo.

30 de nov de 2015

Pinturas clássicas impressas em 3D para que os cegos possam “vê-las” pela 1ª vez

Você pode olhar, mas você não pode tocar. Essa é uma das primeiras regras de museus, que abrigam grandes obras de arte. Mas e a comunidade de cegos e deficientes visuais que usam seu sentido do tato para experimentar o mundo? 

O projeto "Unseen Art" ("Arte Invisível"), uma iniciativa, criada pelo designer finlandês Marc Dillon, para tornar a arte mais acessível e inclusiva, utiliza a tecnologia de impressão 3D para criar réplicas das obras-primas que podem ser tocadas para dar às pessoas com deficiência visual a oportunidade de experimentar a arte clássica.

- "Há muitas pessoas no mundo que ouviram falar de obras de arte clássicas toda a sua vida, mas são incapazes de vê-las", diz Marc, que quer fazer obras como a Mona Lisa palpáveis.

A fim de tornar a sua proposta uma realidade, Marc estabeleceu recentemente uma campanha de crowdfunding no Indiegogo. Ele espera arrecadar dinheiro o suficiente para criar um repositório on-line onde os artistas podem contribuir com dados 3D de obras de arte e qualquer pessoa com uma impressora 3D será capaz de imprimi-la.

29 de nov de 2015

Depois de 6 anos e 720.000 tentativas, este fotógrafo tirou a foto perfeita de um martim-pescador

Alan McFayden é um ávido fotógrafo da vida selvagem desde 2009, e acaba de tirar a foto que estava tentando conseguir há seis anos. Segundo suas contas, ele levou umas 4.200 horas e aproximadamente 720.000 cliques para atingir a foto perfeita de um martim-pescador lançando-se direto na água sem absolutamente nenhum salpico. Muitos fotógrafos, assim como Alan, chegam a um estado de compulsão, obsessão mesmo, quando se fixam em um determinado objetivo de registrar algo que ninguém ainda conseguiu fotografar e passam a perseguir aquilo até conseguir.

- "Eu queria conseguir uma foto do mergulho perfeito, totalmente direto e sem gotas salpicando, e isso implicou não só estar no lugar exato e ter boa sorte, senão que também que a ave fizesse perfeitamente", disse McFayden ao Herald Scotland. - "Com frequência eu ia e fazia 600 fotos em apenas uma sessão, e nenhuma delas ficava boa. Mas agora olho as milhares e milhares de fotos que fiz para conseguir esta foto e me dou conta do trabalho que realizei para consegui-la."

McFayden também tem um negócio em que vende esconderijos para fotógrafos da vida selvagem, e foi seu avô quem lhe inspirou este amor pela fauna e natureza:

- "Lembro bem do meu avô me levando para ver ninhos de martim-pescador, e esta lembrança sempre me perseguiu com a magnificência dos pássaros". De modo que quando ele começou com a fotografia, a primeira coisa que fez foi voltar ao mesmo lugar que seu avô o levava, para retratar os martins.

28 de nov de 2015

“Cidade do sexo” na China tem tanta mulher que homens podem ter até 3 namoradas

A monogamia é o pilar da nossa sociedade, mas uma cidade está contrariando essa tendência por causa da quantidade de mulheres que vivem lá. 

Dongguan, na província meridional chinesa de Cantão, não é apenas conhecida por produzir produtos eletrônicos populares, como iPhones e iPads, senão que também por ter recebido o apelido de "Cidade do Sexo", pois a superpopulação de mulheres modificou as estruturas sociais, permitindo que um homem tenha até três namoradas e inclusive que biscateie para ganhar a vida.

Apesar de que, graças à política do filho único, revogada recentemente, o país tenha um grande desequilíbrio de gênero com milhões de homens a mais do que mulheres, a cidade vive uma realidade bem diferente.

27 de nov de 2015

15 retratos de casais inter-raciais com os comentários racistas que tiveram que ouvir

Ainda restam muitas coisas a fazer para superar o racismo. Ao menos isto é o que a fotógrafa Donna Pinckley quis realçar, tomando fotos de casais inter-raciais em alguns estados do sul dos Estados Unidos e a vinculação com os comentários racistas que tiveram que suportar nos últimos anos. 

Donna realizou as fotografias em preto e branco, principalmente para enfatizar o carinho que sentem estes casais entre si, em vez de permitir que o espectador se centre nos tons de pele.

No entanto a fotógrafo quis ir para além dos "momentos difíceis" infligidos por outros e explorar a fortaleza do amor verdadeiro e a confiança em si mesmos de seus protagonistas.

- "Estes retratos têm o propósito de celebrar as uniões que estas pessoas construíram, os laços que mantêm intactas suas relações, inclusive após que outros tenham tratado de fazê-los em pedaços", conta a autora.

A inspiração por esta reportagem fotográfica, intitulada "Sticks and Stones", originou de um projeto passado que compartilhou com uma jovem.

- "Sua mãe e eu conversamos um pouco na cozinha, sobre todos os comentários e deboches que sua filha teve que suportar pelo fato de estar saindo com um garoto de outra etnia", conta Donna em seu site.

26 de nov de 2015

Homem vê o mundo em cores pela primeira vez e se emociona

Nós não nos damos conta de como o mundo pode ser diferente com uma simples deficiência de não enxergar a cor marrom, por exemplo. Vemos todos os espectros de cores e isso é tão trivialmente normal, que não podemos imaginar o que seria atravessar o dia em tons de cinza. 

Acordar e olhar para o azul do céu contra as folhas verdes brilhantes do início do verão evoca um sentimento reconfortante, que pode literalmente mudar toda uma perspectiva sobre a vida. A cor laranja e o vermelho de fogo que cobrem as montanhas no lusco-fusco é uma visão que eu não desistiria por nada nesse mundo.

O daltonismo é uma condição extremamente comum que afeta 1 entre cada 12 homens, e 1 em 200 mulheres, e a explicação da disparidade reside na hereditariedade. O daltonismo está vinculado ao cromossomo masculino e, portanto, pode ser passado de pai para filho. 

Embora existam alguns trabalhos que uma pessoa daltônica não pode fazer, como se tornar um piloto de avião, a condição não é considerada grave, e essas pessoas vivem vidas plenas. Há apenas aqueles certos momentos que se perdem diariamente, como o pôr do sol ou a cor rosada na bochecha da filha.

25 de nov de 2015

Ex-milionário chinês gasta toda a sua fortuna resgatando cães

Aos 29 anos, Wang Yan ganhou e perdeu mais dinheiro do que a maioria das pessoas na vida. Ele costumava ser um homem de negócios milionário com uma fábrica de aço bem sucedida na capital Changchun, da província de Jilin, na região do Nordeste da China. 

Mas agora, quatro ano após sua empreitada, ele não tem nem mais um centavo em seu nome. Wang acabou gastando toda a sua fortuna para salvar e resgatar cães que iam ser massacrados. Ele se sentiu compelido a ajudar os cães depois que testemunhou pela primeira vez a situação desses animais em 2012.

Naquele ano Wang procurava seu próprio cão de estimação quando alguém sugeriu que ele tentasse procurar em um determinado açougue. Seu cão não estava lá, mas o homem andou perambulando pelas ruas atrás de seu fiel companheiro durante uma semana e testemunhou como os outros cães estavam sendo brutalmente assassinados. Profundamente perturbado, ele prometeu comprar cada cão que estivesse sendo levado por um açougueiro, apenas para que pudesse salvá-los de uma morte horrível.

Artista transforma bonecas de celebridades produzidas em massa em esculturas realistas

Eu ainda estou com dificuldade para acreditar nisso. É que o artista Noel Cruz transforma bonecas de celebridades e personagens produzidas em larga escala em miniaturas tão realistas que parece que ele fotochopou a cabeça dos bonecos. 

Usando fotos de celebridades como base, ele emprega intrincados contornos faciais incluindo sombreamento e destaques para adicionar profundidade a estas figuras. 

Depois que ele concluiu a maquiagem, Noel coloca o "antes" e "depois" justapostos para mostrar os resultados que são simplesmente fantásticos.

Graças à sua aplicação precisa e atenção aos detalhes, os bonecos perdem a característica de "vale da estranheza" e passam a ostentar uma verdadeira semelhança com os seus homólogos da vida real.

Noel vê sua repintura como uma nova forma de arte pop. O rosto dos bonecos é tratado como uma tela tridimensional -ao invés de um brinquedo-, com o desafio adicional da pintura em uma pequena superfície.

23 de nov de 2015

Após ataque de pitbull, garota passa por inúmeras cirurgias para reconstruir seu rosto

  • Ela usará um tubo de alimentação por toda a vida

Uma menina de sete anos foi violentamente atacada por pitbulls. Como resultado, sua língua e parte de sua mandíbula foram perdidas, no ano passado, e agora precisará aprender a viver com as cicatrizes deste terrível ataque.

Zainabou Drame brincava com outras crianças em uma rua de Cincinnati, nos EUA, quando foi atacada pelos cães dos vizinhos, em junho de 2014. A jovem perdeu a língua, a maioria de seus dentes e o terceiro osso de seu maxilar, e teve ferimentos graves, precisando ser colocada em coma induzido.

Agora, mais de um ano após o incidente e 12 cirurgias para reparar seu rosto, ela descobriu que terá de enfrentar muitos outros procedimentos médicos para tentar reparar seus danos, que serão permanentes.

Zainabou está incapacitada de comer ou beber através de sua boca. Assim, ela precisará utilizar um tubo de alimentação conectado ao estômago para o resto de sua vida. Ela também não consegue respirar sozinha, dependendo de um aparelho em sua garganta, que muitas vezes corre o risco de ser obstruído. O ataque também a deixou muda, forçando-a a aprender a língua de sinais. Porém, sua família diz que a garota se esforça para, um dia, poder falar novamente.

22 de nov de 2015

Conheça a indiana que plantou centenas de árvores, ganhou fama mundial e hoje vive na pobreza

Saalumarada Thimmakka é uma ambientalista que, junto com seu falecido marido, plantou e cuidou de 384 figueiras em sua cidade natal, na aldeia Hulikal, em Karnataka, na Índia. Agora, aos 103 anos, ela vive para contar sua história e motivar outras pessoas.

Quando Thimmakka era uma menina, ela casou-se com um fazendeiro chamado Chikkaiah e, juntos, eles resolveram ir além de trabalhar na lavoura. O casal não teve filhos por anos, para poder ajudar seus conterrâneos de uma forma diferente. “Um dia, nós pensamos: por que não plantamos árvores e cuidamos delas como nossos filhos?!”, contou Thimmakka.

Eles começaram plantando 10 mudas de figueiras, que cresciam abundantemente em sua aldeia. Usando os seus poucos recursos, eles plantaram essas mudas em um trecho vazio de terra de cerca de quatro quilômetros.

21 de nov de 2015

Veja o mundo como os animais veem

Você já se perguntou o que seu cão vê quando olha para você com aqueles olhos de cachorro pidão? Ou o que um tubarão enxerga quando se esconde no fundo do oceano? 

Bem, este vídeo é provavelmente o mais perto do que você poderá chegar a ver na vida de como os animais o fazem. Você vai aprender a apreciar seus dois cristalinos quando comparar aos milhares de outros animais. 

Você pode até ficar com inveja ao saber que os ratos podem mover os dois olhos de forma independente um do outro, mas pelo menos agradecerá de não ter a visão do tubarão que é daltônico.

Maior impressora 3D do mundo é usada para construir casas

  • Desenvolvido na Itália, equipamento será utilizado para erguer moradias feitas de argila

Já ouviu falar na vespa-oleira? Ela ganhou esse nome porque, assim como um oleiro fabrica telhas, tijolos e outros objetos a partir do barro, o inseto constrói sua casa usando essa mesma matéria-prima. Para erguer seu ninho, a vespa deposita diversas camadas de lama, uma sobre a outra, em formato circular. O resultado final se assemelha a uma minúscula panela de barro.

A engenhosidade do inseto inspirou uma empresa italiana a tentar fazer o mesmo: construir moradias sobrepondo camadas de argila, utilizando para isso uma impressora 3D. A meta é desenvolver uma tecnologia rápida e barata para ajudar, por exemplo, vítimas de grandes catástrofes naturais, como terremotos, furacões e enchentes.

Não por acaso, a empresa se chama WASP – o nome, que significa “vespa” em inglês, também é uma sigla para “World’s Advanced Saving Project” Criada em 2012, a iniciativa sempre teve como meta a impressão de casas baratas, resistentes e sustentáveis. A argila atende a esses requisitos – tanto que é adotada na construção civil há séculos. Um dos mais belos registros disso é a cidade de Shibam, no Iêmen, que conta com edifícios de até 30 metros, feitos com tijolos de barro. A vantagem da impressão 3D é que ela reduz drasticamente a mão de obra necessária para a construção das edificações, além de permitir novas soluções arquitetônicas.

19 de nov de 2015

Estas foram algumas das primeiras fotos de identificação policial da história

Logo após que a fotografia foi inventada, as autoridades policiais e carcerárias começaram a fotografar prisioneiros e suspeitos para ajudar na sua identificação. As imagens ficaram mais tarde como "mugshots". Estas fotografias foram tomadas em 1880 e 1890 na prisão de Wormwood Scrubs, no interior oeste de Londres, Inglaterra. 

As fotografias são incomuns e criativas, em função do uso inteligente de um espelho, que permitia uma vista completa do rosto e perfil na mesma instantânea. 

Os detentos também mostravam suas mãos, de modo que quaisquer características distintivas, tais como dedos ou tatuagens também eram registradas.

Tanto homens quanto mulheres são retratados nesta coleção. As mulheres prisioneiros foram mantidas no presídio até 1902, quando a última detenta foi enviados para presídio feminino de Holloway.

O presídio de Wormwood Scrubs foi aberto em 1874; começando como galpões de madeira e foi gradualmente sendo construído, através do trabalho prisional, com tijolos que também eram fabricados na olaria local. 

Ainda que durante a Segunda Guerra Mundial, tenha sido assumido pelo departamento de guerra e os prisioneiros foram evacuados, para ser utilizado como espaço de escritórios seguros e alojar MI5 e Mi8, o presídio continua funcional na atualidade e é operado pelo Serviço Carcerário de Sua Majestade.

18 de nov de 2015

Um estranho rio de areia e granizo no meio de um deserto da Arábia Saudita

Não há uma explicação plausível, na descrição do vídeo no Youtube, sobre o que exatamente causou este fenômeno natural inusitado no deserto de Rub' al-Khali (quarteirão vazio) na Arábia Saudita, mas todos vamos concordar que é muito esquisito para dizer o mínimo. 

Este vídeo viral parece mostrar um rio de areia bem no meio do deserto. 

Mas quando um dos homens que aparecem no vídeo enche a mão com o conteúdo do rio, podemos ver que na verdade ele é composto de inúmeras pequenas pedras de granizo.

El Niño está deixando o mundo louco, e parece que vai se intensificar até janeiro e causará efeitos avassaladores, segundo alerta da Organização Meteorológica Mundial. Um dos comentadores do Youtube diz que o fenômeno meteorológico é o responsável por esse rio bizarro. 

Parece que em algumas áreas do deserto, quando chove, as frentes quentes e frias se colidem e a chuva se torna puro granizo, que se combina com a areia e forma esses cursos de areia e gelo.

Veja o vídeo:


17 de nov de 2015

Carro que sumiu com o dono em 2006 esteve visível por anos em lago no Google Maps

Um mistério de nove anos parece ter sido solucionado em uma cidade dos EUA, e a resposta esteve disponível por anos no Google Maps.

Davie Lee Niles sumiu em 2006, e desde então a polícia buscava seu paradeiro. Na semana passada, um rapaz estava em um elevador instalando enfeites de Natal quando percebeu algo que parecia um carro dentro de um lago. Ele avisou as autoridades, que foram até o local retirar o objeto de dentro da água.

Era realmente um carro, e dentro dele estava um esqueleto que a polícia acredita ser de Niles, que tinha 72 anos na época e foi visto pela última vez em um bar a menos de 1 km do lago. O carro realmente é o que pertencia a Niles, e as autoridades encontraram uma carteira com seus documentos – no entanto, eles preferem não se apressar em confirmar que de fato se trata de Niles, e uma autópsia será feita para ter certeza.

16 de nov de 2015

Afirmam que menino gênio de 5 anos pode ler a mente

Há muitas histórias sobre crianças com inteligências superdotadas, mentes brilhantes que resolvem problemas complexos, que cientistas especializados não conseguem elucidar. 

No entanto, poucas vezes focaram-se no estudo destas inteligências. Isto é, poucas vezes ouvimos falar de crianças geniais com a capacidade de falar vários idiomas, resolver equações matemática e ler a mente. A história de Ramses Sanguino, de 5 anos de idade, de Los Angeles, Califórnia, é uma dessas pérolas que quase nunca encontramos no caminho, mas também há um pouco de exagero na divulgação dessa notícia pela mídia.

O prodígio primeiro assombrou a sua mãe por ter habilidades telepáticas, pois adivinhava números fora do alcance de sua vista. Ademais, a mãe diz que Ramses gosta de livros que a maioria dos adultos teria dificuldades para entender.

15 de nov de 2015

Ela sofreu um grave incidente e ficou desfigurada. Ele permanece a seu lado e mostra seu amor ao mundo

AVISO: AOS QUE TEM ALTA SENSIBILIDADE, NÃO PROSSIGAM NA MATÉRIA, POIS AS IMAGENS SÃO FORTES.

Nestes dias em que as aparências importam mais do que qualquer outra coisa, ver este casal que se mantém junto é algo que realmente inspira qualquer um. Ela sofreu sérias queimaduras; seu rosto ficou desfigurado, suas mãos e pernas com cicatrizes terríveis, mas no interior segue sendo a mesma pessoa. O homem a seu lado esquerdo é seu marido, à direita é um ator que decidiu ajudá-los. O marido demonstra que o amor é mais forte e que se sente feliz e agradecido de que ela esteja viva. São um casal feliz apesar de tudo e os conceitos de beleza e os olhares das pessoas não vão mudar isso.

Reflita por um segundo, quais são os aspectos de seu casal que causam mais atração? São os lábios carnudos que ocultam o sorriso lindo, os ombros largos e os braços fortes produtos da malhação, a bunda e os seios durinhos? O problema é que todas essas qualidades um dia vão embora e você vai ficar apenas com a própria essência e a personalidade de seu parceiro para admirar, você ainda iria amar a sua mulher? Você continuaria mantendo a promessa de respeitar seu marido até a morte os separe?

14 de nov de 2015

22 fantásticas obras para celebrar “O Dia do Origami”

Você sabia que esta arte, mais do que uma brincadeira, tradicional e secular japonesa da dobradura de papel tem até um dia de celebração no pais do Sol Nascente? Eu também não, o dia é 11 de novembro. Tanto que a representação de um grou de papel se transformou em um símbolo da paz. 

Mas, ainda mais curioso e surpreendente: você sabia que o origami não é uma invenção totalmente japonesa? O antigo origami japonês usava papel cortado, vincado ou colado e é mencionado pela primeira vez em um poema de 1680. 200 anos depois, como parte de uma estratégia de modernização, importaram um sistema utilizado nos jardins de infância da Alemanha.

Acontece que o pedagogo alemão Friedrich Frobel fundador do Movimento Kindergarten, introduziu as dobraduras de papel nas atividades pré-escolares. Eram figuras simples, mas não admitiam o corte do papel. Mais tarde, em 1860, este sistema que proibia os cortes foi levado ao Japão e integrados na tradição japonesa e é a base do que consideramos o origami moderno.

No entanto a grande divisão entre a antiga dobragem do papel e a nova surgiu lá por 1950, quando o trabalho de Akira Yoshizawa se tornou conhecido. Foi ele quem inventou a ideia da dobragem criativa e criou todo um conjunto de métodos que nada deviam ao origami do passado, permitindo dobrar uma série de animais e pássaros. Mas ainda assim ele precisava de duas folhas de papel para conseguir fazer animais de quatro patas, o que só viria a ser resolvido com a criação das Bases Blintzed em meados da década de 1950.

13 de nov de 2015

Médico espanhol desaparecido há 20 anos é encontrado em uma floresta na Itália

  • Uma história tão intrigante que é digna de virar um filme

Um médico espanhol que desapareceu há 20 anos e foi declarado morto pelas autoridades 14 anos mais tarde, depois que ninguém mais viu ou ouviu falar dele, foi recentemente encontrado vivendo no meio de uma floresta Toscana italiana, por um casal de forrageadores de cogumelos, moradores do local. 

Carlos Sanchez Ortiz de Salazar, que agora deve ter 47 anos, desapareceu de sua casa em Sevilha, Espanha, em 1996, depois de cair em uma depressão profunda. Sua família passou anos procurando por ele, mas depois de não encontrarem qualquer tipo de pistas sobre o que tinha acontecido, desistiram.

Eventualmente as autoridades espanholas, em 2010, declararam oficialmente que Carlos estava morto. No entanto, duas semanas atrás, este homem que dizia ser o próprio foi encontrado vivendo em uma floresta nas imediações de Scalino, uma cidadezinha em Toscana, pelos anteriormente referidos catadores de cogumelos.

12 de nov de 2015

Cápsula orgânica transforma pessoas falecidas em árvores

A ideia do “ciclo da vida” agrada muitas pessoas independentemente da fé. Em poucas palavras, é vida se transformando em vida — a morte fica em segundo plano.

O projeto italiano The Capsula Mundi é uma representação perfeita desse conceito.

Desenvolvido pelos designers Anna Citelli e Raoul Bretzel, o projeto consiste em uma cápsula orgânica e biodegradável que é capaz de transformar um corpo em decomposição em nutrientes para uma árvore.

Primeiro, o corpo do falecido é colocado dentro da cápsula e então enterrado. Depois é plantado uma árvore ou uma semente por cima para aproveitar a matéria orgânica.

O projeto veio da ideia de criar uma alternativa ecologicamente sustentável para caixões. Cada cliente pode escolher sua árvore favorita. 

11 de nov de 2015

Aracnídeos e insetos de vidro fundido que não metem medo

  • A beleza da arte que transformar insetos em esculturas lindas


Aranhas, caranguejeiras, escorpiões, grilos e outros insetos esculpidos por Nikita Drachuk não metem medo em ninguém. Ao contrário, pela delicadeza causam mesmo é admiração.

O artista ucraniano é especializado num método chamado lampworking, onde uma lâmpada muito forte substitui a tradicional forja para fundir as varetas ou hastes de vidro colorido.

Uma vez no estado de fusão, o vidro pode ser formado por sopro e moldagem com várias ferramentas e pequenos movimentos. O resultado é este, do tamanho da palma da mão.

10 de nov de 2015

Pinturas em troncos de árvores refletem paisagens como espelhos

  • Arte capta a essência da Mãe Natureza

A essência da Mãe Natureza foi captada por Alison Moritsugu em pinturas ambientais que utilizam troncos de árvores tanto como sujeito quanto como tela.

Resulta um tipo de arte realista que explora a história das tradicionais paisagens norte-americanas, quando os colonizadores chegaram ao continente.

Adicionalmente, descreve os efeitos destrutivos da industrialização com um senso de tensa dualidade, uma das principais inspirações da artista havaiana.

Este contraste rústico e fragmentado em pedaços de madeira faz com que o espectador reflita sobre como o homem tem influenciado o ambiente e vice-versa.

A pintora recolhe suas telas a partir de árvores que caíram naturalmente depois de uma tempestade ou despojos abandonados nas florestas por lenhadores.

Veja outras obras e fique emocionado com a sua beleza:

9 de nov de 2015

Pele de homem morto foi usada na confecção de calças, no século 17, por amigos que queriam enriquecer

  • Ritual pra lá de macabro que, só de pensar, causa arrepios

A divisão de classes no século 17 era completamente extrema, o que acabou gerando inúmero conflitos ao longo da história, principalmente na Europa.

Na Islândia, não era diferente. Os camponeses sofriam muito para conseguir sobreviver na região, precisando pagar tributos caros e lidar com as adversidades naturais. Foi com o objetivo de superar tais dificuldades que dois amigos resolveram criar um ritual de magia negra para tentar melhorar de vida.

Dois amigos fizeram um ‘pacto macabro’ para quando um deles falecessem, para ajudar o outro a melhorar de vida. Quando o primeiro faleceu, o amigo resolveu utilizar a pele da parte posterior do corpo do cadáver para confeccionar uma calça, chamada de Nábrók, que ele usaria constantemente.

8 de nov de 2015

Veja o que acontece quando chove no deserto mais seco do mundo

O deserto do Atacama no Chile é conhecido como o deserto não polar mais seco de toda a Terra, mas inclusive em este lugar tão aparentemente estéril pode florescer a vida sob condições adequadas. 

Se chover no deserto durante a primavera no hemisfério Sul (outubro e novembro), então as plantas que hibernam sob sua superfície ressurgem, as folhas crescem, as flores desabrocham de repente com uma explosão de cor, para celebrar a chuva e para lembrar-nos que sempre há esperança de beleza e da vida, pois a natureza dá um jeito.

A florescência deste ano teve origem nas mesmas condições meteorológicas que formaram o Patricia, o furacão mais potente que já tocou a terra. Segundo especialistas a floração de 2015 não tem precedentes, juntando se ao fato de que tenha ocorrido duas vezes no mesmo ano, algo que nunca tinha acontecido na história do deserto. Algo tremendamente surpreendente, principalmente porque na precipitação verificada choveu mais em um dia do que em 14 anos no deserto.

Ainda que este fenômeno extraordinário esteja relacionado à mudança climática, os moradores locais estão agradecidos pela decolagem do turismo que estes eventos acabam proporcionando à região. Esperam que pelo menos 20.000 turistas visitem o deserto para ver seu florescimento extraordinário.

7 de nov de 2015

Homem morre de câncer formado por células de verme e intriga cientistas

  • Especialistas perderam 'várias noites de sono' até descobrir que células cancerígenas de paciente terminal - dez vezes menores - tinham DNA de tênia.

Um homem morreu com tumores formados por tecidos cancerígenos de um verme parasita que cresceram em seus órgãos, de acordo com médicos.

O paciente tinha HIV e seu sistema imunológico fragilizado permitiu que o câncer-parasita crescesse.

O raro caso foi diagnosticado por uma parceria entre os Centros de Controle e Prevenção de Doenças nos Estados Unidos (CDC na sigla inglesa) e o Museu de História Natural do Reino Unido.

Médicos disseram que o caso, detalhado na publicação científica "New England Journal of Medicine", era "maluco" e incomum.

Médicos colombianos tentaram diagnosticar o que afetava o homem de 41 anos em 2013.

Ele aparentava ter tumores normais, alguns com mais de 4 cm de comprimento, em seus pulmões, fígado e outros locais do corpo.

5 de nov de 2015

Idosas que tatuaram rosto por moda no passado relatam arrependimento

  • Tatuagens eram sinal de beleza feminina entre povos tradicionais na Argélia

Em um povoado remoto da Argélia, uma geração inteira de mulheres idosas convive com as tatuagens faciais que fizeram quando eram adolescentes.

Para o povo berber da região de Chaouia, nas montanhas Aures, a beleza das mulheres era julgada no passado por suas tatuagens. Segundo a tradição, quanto mais tatuagens elas tivessem, mais cotadas eram entre os homens locais.

Hoje, muitas se arrependem, principalmente por motivos religiosos. Algumas pessoas têm dito a elas, que são muçulmanas, que ao se tatuarem elas cometeram um pecado de acordo com o Islã.

A crença local é de que elas serão punidas após a morte e uma cobra comerá seu cadáver. Para tentar compensar, muitas estão doando suas joias e bens de valor para as mulheres mais pobres que conhecem. No ritual que seguem, elas esfregam essas joias nas tatuagens, para simbolizar que estão se livrando delas.

Apesar disso, uma das mulheres entrevistadas acredita que as tatuagens lhe trouxeram sorte e a ajudaram a ter filhos, “salvando seu casamento”. Outra acredita que apenas seguiu um costume local e por isso não será punida.

Muitas ainda se lembram da dor que sentiram na época em que foram tatuadas por parentes ou por pessoas da comunidade. Veja a seguir o depoimento de algumas delas:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails