1 de jun de 2013

O calvário das viúvas da ocupação

  • Um assunto que não deve ser esquecido tamanha sua barbárie

O ser humano me enoja com suas atitudes incompreensíveis. Se você não conhece esses fatos, prepare-se para indignar-se.

Após a liberação dos territórios ocupados pelos alemães dos países europeus, milhares de mulheres que tinham relacionamentos com soldados alemães foram expostas a execuções humilhantes e brutais nas mãos de seus próprios concidadãos. Era a "Épuration Légale" ("purga legal"), a onda de julgamentos oficiais que se seguiu à liberação da França e da queda do Regime de Vichy. Estes julgamentos foram realizados em grande parte entre 1944 e 1949, com ações legais que perduraram por décadas depois.

Ao contrário dos Julgamentos de Nuremberg, a "Épuration Légale" foi conduzida como um assunto interno francês. Aproximadamente 300.000 casos foram investigados, alcançando os mais altos níveis do governo colaboracionista de Vichy. Mais da metade foram encerrados sem acusação. De 1944 a 1951, os tribunais oficiais na França condenaram 6.763 pessoas à morte por traição e outros crimes. Apenas 791 execuções foram efetivamente realizadas. No entanto, 49.723 pessoas foram condenadas a "degradação nacional", que consistia na perda total de direitos civis.

31 de mai de 2013

As Ruínas Submersas de Yonaguni podem ter 10.000 anos

  • Mais um lugar descoberto que põe em cheque o que acreditamos em data de permanência aqui na terra

No ano de 1985, um grupo de mergulhadores em busca de boas imagens de tubarões-martelo acabou por descobrir uma das ruínas subaquáticas mais surpreendentes e inexplicáveis da história. Essas gigantesca estrutura de pedra ficaram conhecidas pelo nome da ilhota mais próxima, Yonaguni.

Localizada no ponto mais oeste do Japão, as ruínas de Yonaguni ainda estão envolvidas em mistérios sobre os quais autoridades científicas mundiais ainda não conseguem entrar em acordo.

A estrutura é composta por lajes enormes com vastos terraços planos,  alinhadas em ângulos perfeitamente simétricos. Também é possível detectar a existência de canais que eram utilizados para transporte de água e resquícios do que poderia ter sido uma via pública.

Também é possível visualizar uma enorme pirâmide com mais de 50 metros de altura e 20 de largura que repousa silenciosamente nas águas claras do oceano. Essa pirâmide possui um formato bastante similar ao encontrado nas ruínas incas de Machu Picchu, no Peru.

30 de mai de 2013

A história de um gigante atormentado: os restos fantasmagóricos do Sanatório Beelitz

  • Para quem gosto de lugares abandonados, esse é fantástico

Nos últimos anos do século XIX, a população de Berlim expandiu-se rapidamente. As questões de precariedade no atendimento médico ao grande número de pessoas não demorou a surgir. 

Foi quando em 1898, o Instituto Nacional do Seguro alemão decidiu construir este imenso complexo hospitalar, que foi projetado pelo arquiteto Heino Schmieden, na porção sudoeste de Berlim, perto da cidade de Potsdam.

Não muito distante da capital alemã, a floresta Beelitzer foi considerada adequada para um sanatório para tuberculosos, já que apresentava uma paisagem agradável com ar fresco e revitalizante. No entanto, quando a Primeira Guerra Mundial estourou em 1914, não demorou muito antes de ser requisitado e convertido em um hospital militar do exército imperial alemão, para cuidar das baixas maciças infligidas na frente. 

29 de mai de 2013

Caracol humano chinês carrega sua casa nas costas por onde vai

Essa é uma daquelas histórias que faz você refletir na sua vida e seus valores. Esse realmente não tem apego a nada. Vale muito a pena conhecer esse cara.

Liu Lingchao, 38 anos, é conhecido como caracol humano da vida real, por carregar sua casa de 60 kg nas costas, de lá para cá, para onde quer que vá. Feita de varas de bambu e folhas de plástico, a casa portátil oferece abrigo em longas viagens de Liu através de toda a China.

Liu ganha a vida vendendo garrafas de plástico e latinhas de alumínio, que ele pega nas ruas de várias cidades chinesas. O homem de Rong'an, província de Guangdong, construiu o seu primeiro trailer, há cinco anos, como uma maneira de economizar dinheiro em suas longas viagens, e para proteção contra chuva e tempo frio.

Liu descobriu a vida como um caracol a seu gosto, e desde então já usou três cabanas de bambu. Sua mais recente tem 1,5 metros de largura, e 2,2 metros de altura, oferecendo espaço suficiente para uma cama modesta e suas necessidades de viagem.

28 de mai de 2013

Ação humana coloca planeta em nova era geológica, dizem cientistas


A atividade humana transformou o planeta de forma tão permanente e vasta nos últimos dois séculos que a Terra entrou em uma nova era geológica, o Antropoceno.

É o que defendem cientistas e geólogos que discutirão na semana passada o impacto da ação humana e da natureza sobre os sistemas hídricos globais, na conferência Water in the Anthropocene (Água no Antropoceno, em tradução livre), organizada pelo Global Water System Project (GWSP), em Bonn, na Alemanha.

De acordo com os pesquisadores, o crescimento populacional, a construção de metrópoles, o desmatamento e o uso de combustíveis fósseis provocaram um efeito no planeta comparável ao derretimento de geleiras ocorrido há 11.500 anos -- evento que marca o início da era conhecida como Ação humana coloca planeta em nova era geológica, dizem cientistas

A escala de tempo geológico estabelece éons, eras, períodos, épocas e idades que permitem categorizar as diferentes fases que vão da formação da Terra ao presente.

27 de mai de 2013

Açougueiro alimenta porcos com maconha e cria bacon de sucesso


  • Não sou fã de bacon, mas fique curioso para experimentar

O açougueiro William Von Schneidau criou uma nova forma de alimentar porcos: com maconha. Dono do açougue BB Ranch Meat, em Washington, nos Estados Unidos, ele se aliou a uma das autoridades locais que cultiva maconha, a Top Shelf Organic, para o projeto intitulado “porco maconha”.  As informações são do Gawker. 

Os animais são transformados em bacon infundidos com maconha. A criação foi um sucesso. Schneidau contou que, embora a maconha produza porcos mais vermelhos e saborosos, o bacon não provoca alterações comportamentais como a erva. “Eu comi e não senti nada de diferente”, contou.

O uso recreativo da maconha foi legalizado em Washington em 2012. A ideia do açogueiro é justamente fazer experimentos e avaliar as reações dos clientes. 



. . .

26 de mai de 2013

Baratas evoluíram para evitar armadilhas com açúcar, diz estudo


  • Novas gerações herdaram aversão à glicose, que para elas é amarga

As baratas são uma das pragas mais comuns do mundo animal e comem de tudo, menos açúcar. Isso porque elas evoluíram e aprenderam a evitar essa substância em armadilhas, aponta uma pesquisa publicada online na edição desta quinta-feira (23) da revista americana "Science".

Os cientistas concentraram o estudo na Blatella germanica (conhecida como barata-germânica ou francesinha), uma das 5 mil espécies de baratas, cujo habitat vai desde casas e apartamentos até escritórios, ou seja, qualquer lugar onde os seres humanos passam e deixam restos de alimentos para trás.

Um aparente "desdém" pelas armadilhas contendo doces foi observado pela primeira vez em algumas dessas baratas no começo dos anos 1990, cerca de oito anos após as iscas comerciais à base de glicose chegarem ao mercado e terem seu uso disseminado, afirmou à agência France Presse o professor de entomologia (ciência que estuda os insetos) Coby Schal, da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos EUA.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails