19 de dez de 2014

Pássaros conseguem sentir a chegada de tempestades

  • Pássaros abandonaram região dois dias antes de grande tempestade

Algumas aves demonstram ter um sexto sentido para antecipar a chegada de tempestades e fugir, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira (18).

Enquanto estudavam pequenas aves migratórias com dispositivos de geolocalização, os cientistas observaram que elas abandonaram uma zona para se reproduzir pouco depois de sua chegada e dois dias antes de uma forte tempestade em abril, que provocou pelo menos 84 tornados no Tennessee, onde 35 pessoas morreram.

As mariquitas d'asa amarela (Vermivora chrysoptera) viajaram 1.500 km em cinco dias para escapar desta tempestade, disseram os autores do estudo publicado na revista especializada "Current Biology" nos Estados Unidos.

"O mais curioso é que estes pássaros abandonaram o lugar muito antes da chegada das chuvas", estimou Henry Streby, um ecologista da Universidade da Califórnia, em Berkeley.

"Quando os especialistas do canal meteorológico nos disseram que a tormenta se dirigia a nós, os pássaros se preparavam para sair da zona", explicou.

18 de dez de 2014

Inglês gasta R$ 400 mil em cirurgias para parecer com a Kim Kardashian

Este é Jordan James Parke… ele te lembra alguém?

Se não lembra, então a intenção dele falhou. É que Jordan gastou mais de R$ 400 mil em procedimentos estéticos para parecer com a socialite Kim Kardashian (aquela mesma que fez fotos bem sensuais para uma revista).

Tudo começou quando o inglês começou a assistir um reality show que fala sobre a família Kardashian.

Para complementar a mudança, Jordan tatuou as sobrancelhas e aumentou os lábios. As fotos dizem se ele foi bem sucedido, ou não.

Ele está parecendo o cão chupando manga e uma manga podre.

Os machos alfa gostam de pimenta, sugere este estudo

Nos seres humanos é difícil estabelecer a correlação entre a conduta e os instintos, pois nosso desenvolvimento histórico e cultural levou-nos a dissimular impulsos que de outro modo seriam naturais e francos.

Tal é o caso do "machismo", entendido em um sentido muito laxo: esses comportamentos por meio dos quais o macho chama a atenção da fêmea com fins de cópula e reprodução. Como espécie nos distanciamos disso, mas não totalmente.

Recentemente, um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Grenoble, França, encontrou uma relação entre o consumo habitual de alimentos picantes e a elevação dos níveis de testosterona, o que por sua vez torna os homens mais aventurados e sexualmente ativos.

15 de dez de 2014

Bar de carapaça

  • Totalmente prático e elegante

Este bar pra lá de estiloso certamente não tem como passar despercebido! 

O Dime é uma espécie de carapaça com folhas arredondas de madeira que se movem individualmente permitindo um visual único. 

Fixo à parede, ao ser aberto ele revela uma prática superfície que funciona como bar e cuja parte inferior possui nichos formando uma pequena adega. Além disto uma pequena prateleira completa o conjunto. 

O Dime é da Splinter Works, e também tem versões que funcionam como pequenas áreas para refeições. Para mais informações do fabricante, clique no link após as fotos. 

Fica a dica para meu presente de Natal.

14 de dez de 2014

Africanas correm risco de contrair HIV por prática bizarra

  • Elas são obrigadas a fazer sexo com areia dentro da vagina para dar prazer aos homens

Mulheres em várias partes do mundo estão realizando uma prática sexual conhecida como “sexo seco”, que não só as machucam, como também as deixam mais vulneráveis ao HIV.

A prática é feita para reduzir a umidade de suas vaginas, dando mais prazer aos homens.

Além de causar cortes, ferimentos e inflamação no órgão sexual feminino, a chance do rompimento da camisinha é muito maior. Por conta disso, os riscos de doenças sexualmente transmissíveis são maiores nessas mulheres.

O sexo a seco é, geralmente, realizado em países das regiões Sul e Central da África, e na Indonésia.

O ritual faz parte de uma crença cultural, onde acredita-se que os homens vão rejeitar mulheres cujas vaginas não sejam prazerosas o suficiente. Para atingir a secura, as mulheres inserem giz, areia, rocha pulverizada, ervas, papel ou esponjas antes do sexo, segundo o jornalista Ms Syfret, que noticiou sobre a prática na África do Sul.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails