15 de jan de 2016

Vítima de ataque com ácido é novo rosto de grife de moda indiana

  • Uma grife de moda da Índia fechou contrato com uma sobrevivente de um ataque com ácido e ativista Laxmi Saa para ser o rosto da campanha da nova coleção da marca.

Grife Viva N Diva disse que escolheu Laxmi Saa para 'mudar perspectiva
de pessoas em relação à moda e beleza' (Foto: Viva N Diva)
A grife Viva N Diva diz que Saa trazia uma nova perspectiva das pessoas em relação à moda e beleza e que a escolha queria "conscientizar o público de que a beleza está além dos simples atributos físicos".

Rupesh Jhawar, um dos fundadores da grife, disse à BBC que teve a ideia da nova campanha com Laxmi Saa depois de ver um calendário com sobreviventes dos ataques com ácido.

"Para os meus olhos, que estão acostumados a ver modelos de pele perfeita em frente a uma câmera todos os dias, esta visão (de Laxmi Saa) foi perturbadora e inspiradora."

"Por um momento eu vi a beleza de uma forma muito diferente e queríamos capturar isto - retirar qualquer vestígio de vitimização daqueles olhos e dar a eles um palco, um emprego, uma plataforma, um meio para desfilar com estilo", acrescentou.

13 de jan de 2016

Sarah Baartman: a chocante história da africana que virou atração de circo

Em outubro de 1810, Sarah Baartman foi levada da África do Sul à
Grã-Bretanha para aparecer em espetáculos. (Foto SPL)
Há dois séculos, Sarah Baartman morreu após passar anos sendo exibida em feiras europeias de "fenômenos bizarros humanos". Agora, rumores de que sua vida poderia ser transformada em um filme de Hollywood estão causando polêmica.

Sarah Baartman morreu em 29 de dezembro de 1815, mas o show, sob uma perspectiva ainda mais macabra, continuou.

Seu cérebro, esqueleto e órgãos sexuais continuaram sendo exibidos em um museu de Paris até 1974. Seus restos mortais só retornaram à África em 2002, após a França concordar com um pedido feito por Nelson Mandela.

Ela foi levada para a Europa, aparentemente, sob promessas falsas por um médico britânico. Recebeu o nome artístico de "A Vênus Hotentote" e foi transformada em uma atração de circo em Londres e Paris, onde multidões observavam seu traseiro.

Hoje em dia, ela é considerada por muitos como símbolo da exploração e do racismo colonial, bem como da ridicularização das pessoas negras muitas vezes representadas como objetos.

12 de jan de 2016

Os curiosos remédios usados para curar reis e rainhas séculos atrás


Henrique 8º e sua filha, Elizabeth 1ª, eram tratados com plantas
que se assemelhavam a partes da anatomia do corpo humano
Há 500 ou 400 anos, ficar doente, muitas vezes, podia ser fatal. Mas para reis e rainhas, contrair uma doença era um problema ainda mais sério: a morte de um monarca poderia desencadear uma sangrenta guerra de sucessão e colocar em risco as conquistas do império.

Por causa disso, todo tipo de remédio era usado para aliviar qualquer mal-estar que acometesse a quem tivesse "sangue azul".

Nessa época, popularizou-se uma corrente peculiar da medicina antiga: a chamada teoria ou doutrina de assinaturas.

De acordo com essa suposição, que vem da Grécia Antiga, se uma planta se assemelhasse a uma parte da anatomia do corpo humano, ela poderia curá-la.

11 de jan de 2016

Mistério de puma com dentes na testa intriga biólogos nos EUA

  • Autoridades americanas levaram um susto após verificar o corpo de um puma morto no Estado de Idaho.

O animal, abatido a tiros após atacar o cachorro de um caçador, apresentava dentes completamente formados – e afiados – no topo da cabeça.

O caso ocorreu no último dia 30. Segundo o Departamento de Pesca e Caça de Idaho, os dentes podem resquícios de um gêmeo siamês morto ainda no útero da mãe, ou mesmo resultado de algum tipo de tumor.

Biólogos da região afirmam nunca ter visto uma deformidade semelhante.

O puma foi abatido após atacar o cão nas proximidades da cidade de Weston. O cachorro sobreviveu, mas o caçador partiu em perseguição ao felino e acabou o matando poucas horas depois.

10 de jan de 2016

O computador mais rápido do mundo está na China

  • Você acha que seu computador é rápido, potente e moderno? Isso é porque você ainda não conhece o super computador que pertence à China.

Apesar dos Estados Unidos serem a grande potência tecnológica do mundo, o computador mais rápido do planeta está na China. O Tianhe-2 é oficialmente o computador mais poderoso do mundo. O supercomputador chinês é destaque mundial e liderou as paradas de super máquinas.

O equipamento da China possui mais de 3 milhões de núcleos e uma pontuação máxima de 33,86 na avaliação mundial dos supercomputadores. O equipamento chinês está à frente do segundo colocado no segmento, o US Titan Cray XK7, que tem 560640 núcleos, de acordo com o Top500.

Para se ter ideia da potência do computador Chinês, basta saber que o MacPro da Apple, que é vendido por cerca de US$ 3000, é cerca de 4811 vezes mais lento do que o Tianhe-2. Estes são cálculos aproximados, mas você pode ter a dimensão do tipo de poder que estamos falando.

O Tianhe-2 foi desenvolvido na Universidade Nacional de Tecnologia de Defesa da China, e é a única máquina chinesa entre os supercomputadores. As outras colocações da lista são completadas por quatro computadores dos EUA, um do Japão, um da Suíça, um da Alemanha e um da Arábia Saudita.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails