2 de mai de 2015

Bebê indiano está sendo idolatrado como um deus no país após nascer com 8 membros

Um bebê recém-nascido com múltiplos membros, da Índia, tem atraído a atenção da população, desde o último sábado, dia de seu nascimento, devido a sua aparência impressionante.

Com seus diversos membros, ele se assemelha ao deus Ganesha, que na mitologia hindu, é considerado o mestre da sabedoria. No final da matéria veja mais sobreGanesha.


Ele se parece com dois bebês em um só, resultado de seu irmão gêmeo subdesenvolvido ter se unido a seu corpo. O bebê acabou ficando com 8 membros: 4 braços e 4 pernas.

1 de mai de 2015

Inaugurada uma ciclovia de 40 km coberta de painéis solares na Coreia do Sul

A ciclovia liga as cidades de Sejong e Daejeon na Coréia do Sul. Tem uma distância de quase 40 quilômetros e está perfeitamente integrada em uma auto-estrada. 

Toda essa extensão foi coberta por painéis solares, para um aproveitamento energético que termina de fechar este círculo de sustentabilidade.

E não só isso, a parte mais óbvia dessa cobertura é que protegerá os ciclistas das condições climatológicas mais desfavoráveis. Não é de estranhar, do mesmo modo, sua integração em uma rodovia: uma verdadeira proposição para que muitos comecem a pedalar ao trabalho.

Ademais, para deixar qualquer amante do ciclismo babando de inveja, este trecho é o primeiro do mastodôntico projeto de construir uma ciclovia de 350 quilômetros ao redor da cidade de Sejong, todos e cada um, cobertos por painéis solares.

Este é um enorme passo para incentivar formas de transporte não poluentes em um país que não adotou o ciclismo tanto quanto deveria, visto que 7 de 10 coreanos possui uma bicicleta, mas apenas a metade utiliza a magrela apenas uma vez por mês. A maioria considera o ciclismo como lazer, o que já é algo favorável.

30 de abr de 2015

Este casal passou 20 anos construindo uma ilha

  • Uma ilha flutuante e sustentável para viver de modo autossuficiente

O casal canadense Wayne Adams, 66 anos, e Catherine King, 59, são os orgulhosos proprietários do "Freedom Cove" ("Refúgio da liberdade", uma casa colorida flutuante próxima a costa de Tofino, em British Columbia, no Canadá. 

A única estrutura consiste de 12 plataformas que sustentam edifícios de madeira, estufas, um farol, e espaços que estão todos interligados através de plataformas de madeira flutuante. O Freedom Cove é especial porque é um "refúgio" no verdadeiro sentido da palavra: completamente independente do sistema e auto-sustentável em todos os sentidos possíveis.

Wayne e Catherine, junto com seus dois filhos, vivem no "Freedom Cove" desde que foi construído em 1992. Eles conseguiram viver uma vida plena, sem depender em quase nada da civilização. Eles cultivam verduras, frutas e legumes durante todo o ano em várias estufas e geram eletricidade através de painéis solares e geradores de energia fotovoltaica.

29 de abr de 2015

Jovem seguiu seu iPhone roubado até o outro lado do mundo e encontrou um amigo para toda a vida

  • Uma história surreal que só pode acontecer pela nossa conectividade atual

Esta estranha história só foi possível graças a internet. Matt Stopera relata no BuzzFeed o que se passou quando roubaram seu celular. Tudo começou em fevereiro de 2014 quando ele estava no EVS, um bar do East Village em Nova Iorque, e de repente notou que seu celular tinha sumido. 

De imediato ele emprestou o celular de um amigo e fez uma ligação para o seu, mas claramente só o correio de voz respondia. Depois de insistir mais um ou dois dias, comprou outro aparelho, e a partir dali deu o celular antigo como perdido e decidiu não se preocupar mais com o assunto.

Após um ano ele estava com alguns amigos vendo seu álbum de fotos quando de repente apareceu um monte de imagens de laranjeiras e um homem em frente delas.

- "Já estava acostumado a ver fotos desta misteriosa pessoa em meus álbuns de fotografias e não tinha feito nada até que contei a um amigo e ele me disse que muitos celulares roubados são levados para a China, onde são revendidos e que essa pessoa seguia conectada ao meu iCloud", explica Matt.

28 de abr de 2015

Surfista encontra-se com uma das ondas mais perigosas do mundo

Sinceramente? 

Acho que isto é realmente assustador. "The Right" é a onda mais forte na Oceania, situada na costa da Austrália Ocidental. 

E julgando pelo seguindo vídeo, uma das mais impressionantes que você já teve a chance de ver. Dizer que surfar a crista desta onda é perigoso, é algo completamente desnecessário, já que somente malucos tentam fazê-lo. 

O surfista Ryan Hipwood sabe disso muito bem, porque quase morreu na última vez que tentou. Alguns anos mais tarde, o profissional decidiu voltar a enfrentar a natureza em sua máxima expressão. Impressionante!

Acho incrível a coragem de determinadas pessoas. Vejam o vídeo:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails