27 de mar de 2015

O triste testemunho desta jovem vai lhe mostrar a desgraça que é viver na Coreia do Norte

A Coreia do Norte, como todos sabemos, é um estado unipartidário de uma conjunção liderada pelo Partido dos Trabalhadores, e pese a que se declare uma República Popular Democrática, é, em verdade, um Estado totalitário que usa a repressão e a violência contra seus próprios cidadãos para manter no poder um celerado e mimado ditador.

Aos 21 anos, Yeonmi Park, que se viu obrigada a fugir do país depois de ver a morte de entes queridos e amigos, se converteu em uma respeitada ativista dos direitos humanos, na vizinha Coreia do Sul, mas antes ela viveu um calvário que você não sonharia em seus piores pesadelos.

Os refugiados do país (aproximadamente 300 mil) não se atrevem a falar por causa dos parentes que ficaram para trás e que podem sofrer repressão ou até serem assassinados pelo estado. E pior? A maioria dos refugiados só tem uma rota de fuga: a China, onde são considerados ilegais e, se descobertos, são repatriados.

Ouvir o que esta moça tem a dizer nos deixa com aquele desagradável nó na garganta que não ata e nem desata:

26 de mar de 2015

Mulher diagnosticada com câncer recusa cirurgia e quimioterapia

  • Ela promete vencer a doença com vitaminas e vegetais crus

Uma jovem mãe de duas crianças, recusou o tratamento de câncer de mama no Sistema Britânico de Saúde e embarcou em uma tentativa de curar-se do problema com remédios de ervas e uma dieta de alimentos crus.

Kelly Logan, de Essex, na Inglaterra, foi diagnosticada com o câncer de mama apenas cinco meses depois de descobrir um caroço no peito. A mulher de 34 anos ficou devastada ao saber que ela precisaria fazer uma cirurgia de emergência, além de quimioterapia e radioterapia, se quisesse sobreviver.

Para a surpresa dos médicos e da família, ela desafiou qualquer tipo de tratamento médico, optando por comer vegetais crus e tomar suplementos vitamínicos em uma tentativa de prolongar sua vida sem agredir tanto seu corpo.

“Eu não quero perder a minha mama e receber a quimioterapia. As pessoas têm me chamado de egoísta, porque eu estou recusando todos os tratamentos realizados no SNS (Sistema Nacional de Saúde da Inglaterra), mas não me importo”, disse ela, que também obteve melhores condições físicas após o novo hábito. “Graças ao meu novo regime alimentar e exercícios físicos, agora me sinto mais saudável do que nunca. Ser diagnosticado com câncer de mama em uma idade tão jovem é de partir o coração, mas eu estava mais horrorizada com a quimioterapia do que com o câncer em si”, completou.

25 de mar de 2015

Carteiro francês construiu um palácio em 33 anos com pedras achadas em sua rota de entrega

A França é um país cheio de palácios, mas há um, chamado Palais Ideal, que se sobressai sobre os demais como uma obra de arte e dedicação. 

Ferdinand Chavel foi um carteiro francês sem conhecimentos artísticos ou arquitetônicos, mas passou 33 anos construindo este extraordinário palácio e colando as pedras de formas estranhas que ia encontrando em sua rota de entrega de cartas e encomendas. 

A construção deste palácio começou em 1879 e terminou em 1912. 33 anos catando pedra por pedra, em um trabalho digno de formiguinha.

24 de mar de 2015

Pintor cego depende do tato e textura para criar pinturas incrivelmente vívidas

  • Um trabalho expressivo que mostra que nada está perdido

Pese que arte sempre foi uma parte importante da vida de John Bramblitt, foi somente quando ele perdeu completamente a visão que começou a pintar. Quando ele tinha 11 anos de idade, a visão de John foi gradualmente roubada dele pela epilepsia. Quando fez 30 anos, as convulsões deixaram lhe completamente cego, mandando-o para o que ele chama de "o mais profundo, mais escuro buraco da depressão".

- "Todas as esperanças e os sonhos que eu tinha para a minha vida. Todos os planos que eu fazia depois que me formei na escola foram embora. Eu não fiquei apenas deprimido, mas de luto. A vida que eu tinha, juntamente com o futuro que eu estava planejando, foram mortos e enterrados", disse ele. - "Eu me senti como se não tivesse potencial. Que, basicamente, eu era um zero à esquerda!"

Foi então que, no ponto mais baixo de sua existência, John resolveu trazer as cores de volta em sua vida. Um ano depois que ficou totalmente cego, ele tentou aprender a desenhar usando uma espécie de tinta de tecido que forma bordas elevadas. E, embora ele diga que seu primeiro desenho de sucesso ficou deformado e desajeitado, o fato de que pudesse conectar linhas e curvas para formar uma imagem deixou-o com uma esperança tão brilhante quanto um raio de sol que brilha em um mundo escuro.

23 de mar de 2015

Namorada e ex de um jovem de 21 anos saltam em um rio para ver qual delas ele salvaria

Um chinês foi recentemente confrontado com o derradeiro teste do amor: ele foi forçado a escolher entre salvar sua namoradas atual e a ex. As duas mulheres apaixonados não tiveram melhor ideia do que pular em um rio, na cidade de Ningbo, para ver qual ele iria salvar. 

O pobre homem em questão tem apenas 21 anos de idade, Wu Hsia, que recentemente terminou com sua namorada de longa data Jun Tang, de 20, depois de cair de amores por Rong Tsao de 22. A ex-namorada não suportou o término do namoro e começou a assediar Wu na esperança de que ele deixasse Rong e voltasse para ela.

Cansado de vê-las brigando o tempo todo, Wu teve a infeliz ideia de reunir-se com as duas e deixar bem claras as suas intenções.

- "Eu estava cansado de ser importunado de ambos os lados", disse ele. - "Rong vivia me enchendo o saco por causa de Jun, e, por sua vez, Jun não parava de me aporrinhar e tudo ficou muito muito chato".

Infelizmente, a discussão de relação a três acabou por aumentar ainda mais os problemas do Wu. Rong e Jun quase se pegaram no tapa, e a discussão terminou com Jun se atirando no rio. Rong, com sangue de ciúme nos olhos, rapidamente seguiu o exemplo e se jogou da ponte também.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails