18 de jan de 2014

Culto hindu acredita que beber urina de vaca cura o câncer


  • O Humano e suas crenças fora do comum

Parem o mundo que eu quero descer. Quando penso que nada mais vai me chocar, eis que surge algo, no mínimo, surreal.

Todos sabemos que os crentes hindus consideram a vaca como um animal sagrado, o que não sabíamos, no entanto, é que alguns dizem que sua urina tem propriedades curativas divinas. Em uma cidade indiana ao norte de Agra, dezenas de pessoas estão fazendo fila todos os dias em um abrigo de vacas para bebericar um copo de urina de vaca. 

O culto crescente  de devotos hindus afirma que beber urina de vaca ajuda a curar todas as doenças, inclusive o câncer. Jairam Singhal, 42 anos, bebe xixi de vaca há mais de uma década e fez questão de testemunhar seus benefícios para a saúde:

- "Eu tinha diabetes, mas desde que comecei a beber urina de vaca, os meus níveis de diabetes estão sob controle", disse Jairam.

17 de jan de 2014

Nova fantasia masculina - vestir-se de boneca

BIZARRICE DA SEMANA
O MUNDO OFERECE DIARIAMENTE MUITAS CENAS E FATOS BIZARRO.

A MIB TODO SÁBADO LHE MOSTRARÁ A MAIOR BIZARRICE DA SEMANA


  • Homens-boneca estão se alastrando por todos os lugares

Por mais que isso possa te fazer sentir-se estranho (a mim me fez muito), essa é uma nova moda na Europa. Homens desembolsam 850 euros para ter uma fantasia de boneca. Que eu nunca me bata com um pela rua, isso já me chocou o suficiente.

Eles não são travestis, são apenas homens com um fetiche diferente. Basta saber se as parceiras deles iram curtir algo tão fora do convencional.

E nem pense que isso só é usado em quatro paredes, muitos deles vestem suas roupas-boneca e vão passear na rua, curtindo um certo anonimato, já que não tem como saber quem está por baixo dessa engenhoca.

se curtiu a ideia, saiba que você não estará sozinho no mundo.

Um documentário inglês saiu recentemente, "The secrets of living dolls", e mostra um pouco desse mundo secreto de homens-boneca.

Veja o site do documentário no Channel 4 e conheça mais do assunto. Veja as fotos e um vídeo:

16 de jan de 2014

Um drone com uma câmera GoPro grava o surf extremo de Banzai Pipeline

  • Essa vai para quem gosta de mar, ondas e um bom verão

As praias de Pupukea, um povoado localizado na costa norte de Oahu, a ilha mais povoada do Havai, atraem todos os anos milhares de profissionais e fanáticos do surf que chegam a sua costa procurando pelas grandes ondas que acontecem em recifes como os de Waimea Bay, Sunset Beach ou Banzai Pipeline.

Um espetáculo visual que o fotógrafo Eric Sterman conseguiu captar de uma maneira poucas vezes vista graças a um quadricóptero ao qual incorporou uma câmera GoPro e que colocou para voar sobre as cabeças dos ousados surfistas enquanto estes desafiavam as mastodônticas massas de água de Banzai Pipeline.







. . .

15 de jan de 2014

A artista Claudia Biçen e seus rostos em árvores

  • Um trabalho que contracena perfeitamente com a natureza

Projeto 387 é uma semana dois residência artística em Gualala no norte da Califórnia.

Trata-se de um projeto onde artistas selecionados a dedo pelo fundador Allyson Feeney, passam 15 dias usando e abusando de seus talentos. 

Em 2013 foram seis pessoas que participaram; sempre individualmente. No caso de Claudia Biçen, usando sua absurda habilidade com giz pastel, ela transformou troncos, raízes e galhos secos de uma floresta numa sensacional galeria de arte ao ar livre. 

Seus retratos e outros detalhes ganharam um ar ainda mais especial no ambiente natural. Vejas algumas fotos:

14 de jan de 2014

BIID - Transtorno que faz mulher saudável querer viver como uma pessoa paraplégica

  • Por mais que possa parecer estranho, esse transtorno é muito sério e faz com que suas vítimas sintam uma vontade inexplicável de amputar algum membro do corpo.


Deve está, agora, fazendo um monte de pergunta a si mesmo, imagine ficar preso em uma cadeira de rodas para o resto de suas vidas... imaginou? 

Pois seria a ideia do inferno para a maioria das pessoas, mas não para Chloe Jennings. Uma química de 57 anos de idade, de Salt Lake City, Utah (EUA), ela tem um desejo não natural para se tornar uma paraplégica (paralisada da cintura para baixo).

Chloe vive a vida de uma pessoa com deficiência. Ela se movimenta em uma cadeira de rodas e usa muletas longas que travam no joelho para capacitá-la a andar com muletas. Entretanto, quando precisa ir para cima ou para baixo um lance de escadas, ela simplesmente se levanta, retira seus aparelhos e caminha como uma pessoa normal. 

Como a maioria das pessoas paralisadas, ela adora atividades ao ar livre, só que ao invés de usar o equipamento especializado para permitir tais atividades, ela simplesmente vai a caminhadas de 12 horas na floresta, esquia encostas perigosas e sobe os picos das montanhas, como uma pessoa normal.

13 de jan de 2014

Kyle Kandilian, o garoto que cria 200 mil baratas em casa

  • Elas são seus animais de estimação e ainda lhe rende uma grana

Tudo bem que ele ganha uma grana com isso, mas sua atitude deve meter nojo em muitas pessoas que lerem essa matéria.

Ao contrário de muitas pessoas, Kyle Kandilian, um estudante universitário de Dearborn, Michigan, não apenas não tem medo de baratas, como também vive com dezenas de milhares desses insetos. Atualmente, ele estima que mantém cerca de 200 mil em sua casa.

O homem de 20 anos de idade, coleta e cria baratas tanto para diversão quanto para o lucro. Aparentemente, este hobby incomum está ajudando a pagar por uma educação na Universidade de Michigan-Dearborn.

Nas prateleiras, ele tem exemplares do inseto com preços a partir de “um centavo por uma dúzia”, para raças comuns nos Estados Unidos, chegando a US$ 200 para a Macropanesthia rhinoceros, conhecida popularmente por barata-rinoceronte, que pode viver até 15 anos. 

Fadiouth, a ilha feita de conchas

  • Fico impressionado com locais assim, parece até criação de algum filme. Sensacional a simplicidade desse lugar.



Na extremidade do Petite Côte, um trecho da costa do Senegal, encontra-se uma sonolenta aldeia de pescadores chamada Joal-Fadiouth. Joal está no continente, enquanto Fadiouth, ligada por uma ponte de madeira de 400 metros através do estreito, fica em uma ilha construída inteiramente com conchas marinhas.

Por mais de um século seus habitantes foram colhendo moluscos, pegando a carne e usando as conchas vazias para fazer a sua pequena ilha. As conchas acumuladas ao longo de muitos anos são usadas em conjunto com raízes de manguezais, juncos e baobás gigantes para a construção das mais diferentes e belas taperas. As conchas vazias podem ser encontradas em todos os lugares, nas ruas e fachadas de edifícios e em bijuterias vendidas por vendedores ambulantes .

Fadiouth é conhecida  principalmente por seu cemitério, que também é feito de conchas. Os moradores da ilha são na sua maioria cristã, mas eles também têm uma população islâmica significativa, e a comunidade muito unida tem imenso orgulho de viver em uma atmosfera de tolerância religiosa.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails