22 de mar de 2014

Mendiga saudita deixa 'herança' milionária

  • Fortuna da mulher, que inclui joias e diversos imóveis, está agora nas mãos das autoridades

Não adiantou acumular tanto, pois nem soube usufruir de suas riquezas. Tem muita gente pelo mundo fazendo isso, aqui em Salvador tem exemplos de pessoas que vivem muito bem só pedindo dinheiro nas ruas. 
Após a morte de uma mulher que passou décadas mendigando nas ruas de Jeddah, na Arábia Saudita, as autoridades tiveram uma surpresa. Eles descobriram que Eisha, como era conhecida, tinha uma fortuna secreta em moedas de ouro, joias e imóveis.

Segundo o jornal local Gazeta Saudita, ela acumulou uma fortuna equivalente a US$ 800 mil (R$ 1,8 milhão), incluindo quatro prédios na cidade.

A notícia chocou a grande maioria dos moradores que vivem nos bairros em que Eisha, que tinha 100 anos, costumava mendigar, exceto por Ahmed Al-Saeedi, um amigo de infância da mulher que a ajudava a cuidar de seus bens.

21 de mar de 2014

Batalha de formigas que atiram acido fórmico

  • Uma defesa animal bem eficaz e inusitada que mantém predadores longe


A formica rufa também é conhecida como a formiga de madeira vermelha ,formiga de madeira sul ou formiga cavalo.

Eles têm grandes mandíbulas e são capazes de pulverizar o ácido fórmico a partir de seus abdomens como uma defesa.

Essas formigas são nativas da Inglaterra e elas expelem ácido fórmico na tentativa de defender a colônia do ataque de aves como o pica-pau. Para nós humanos, o ácido fórmico tem odor parecido com o de vinagre e não causa muitos danos, mas é suficiente para botar algumas aves indesejáveis para correr, ou melhor, para voar...

Veja o vídeo, elas estão em ação em 2:34 min

20 de mar de 2014

Imagens sobrenaturais de fazer arrepiar os cabelos


  • E se fosse possível ver tudo registrado em foto ou vídeo?
Verdade ou mentira? Existem milhares de exemplos como esse na internet. Muitos vão dizer: isso é montagem. Mas, se for verdade?  Confira esses casos e tire suas próprias conclusões:

1 — A escada em espiral

Portas batendo, vozes de criança cantando e muitos passos podem ser ouvidos na seção Casa da Rainha, no Museu Marítimo de Greenwich, na Inglaterra. Alguns visitantes do museu teriam relatado que dedos invisíveis tentaram esmagá-los durante a visita.

O reverendo Ralph Hardy estava tirando uma foto da escada em espiral do museu, em 1966, quando capturou essa imagem. Especialistas analisaram o negativo original e verificaram que ele não havia sido adulterado ou manipulado de forma alguma.

Várias aparições já foram vistas em outras ocasiões. Uma delas parece estar limpando sangue do fundo das escadas. A versão de historiadores é que, há 300 anos, uma empregada doméstica foi jogada escada abaixo, resultando em sua morte, o que poderia explicar o fantasma da limpeza.

19 de mar de 2014

Curta de terror: Lights Out - Who's There


  • Um curta que não é para ser assistido a noite 

Um curta de suspense que mete alguns sustos. Bem maneiro, mas não assista a noite ou...

 



. . .

18 de mar de 2014

A história da pedra que foi pedra e hoje não é pedra


  • O lugar fica na cidade de Tandil, no sudeste de Buenos Aires, na Argentina


Acredite, mas isso foi uma pedra e hoje não é mais. A história é muito interessante.

O lugar é uma cidade pequena, do tipo em que nada de importante costuma acontecer. As pessoas seguem com suas vidinhas pacatas. Quem vê a cidade e sua calma, não imagina que ali é o lar de um fenômeno que aos olhos do povo, desafiava as leis da Física que durante décadas impressionou turistas e pesquisadores.

De fato, era estranho. Naquele local havia um pedregulho gigantesco, que pesava mais de 300 toneladas. A pedra ficava oscilando na beira de um precipício, mas não caía!

Segundo testemunhas, ela ficava balançando ritmicamente com as rajadas de vento, e há quem diga que ela passou vários milênios acorrentada com um poder sobrenatural, coisa que parece impossível para os seres humanos racionais entenderem.

A pedra atraía muita atenção e turistas vagavam pelo lugar o tempo todo.

A história que se conta da pedra é bem interessante. Segundo dizem os anciãos da cidade, uma antiga lenda local dizia:

17 de mar de 2014

10 Doenças horripilantes que você não quer pegar

  • Doenças que, de tão terríveis e raras que são, só de ler causa mal-estar

As doenças são comuns, afetando todas as pessoas em algum momento da sua vida. No entanto, há aqueles poucos infelizes que contraem uma doença mais rara e que parece provocar um maior dano. Sendo muitas vezes difíceis de tratar, e até muitas delas sem cura. Aqui estão 10 doenças e distúrbios que você realmente quer evitar.

10. Neuralgia do trigêmeo 

Este distúrbio particular afeta o quinto nervo craniano, um dos mais amplamente difundido no rosto de uma pessoa. 

Conhecido nos hospitais como a "doença do suicídio", há dois tipos. O tipo 1 é a aguda, que envolve dor inacreditável disparando através do rosto do sofredor que tem a duração de até dois minutos. Estes ataques podem durar por um período de duas horas de agonia.

O Tipe 2 é menos doloroso, mas ainda é uma das mais difíceis dores que atingem o corpo humano. É constante, em vez de esporádica, com um sentimento de queimar ou choque elétrico doloroso que dura anos.

Analgésicos como a morfina regular não tem efeito e as drogas anti-convulsão muitas vezes perdem a sua eficácia. Vários procedimentos cirúrgicos têm demonstrado sucesso moderado, mas raramente são nada mais do que correções temporárias. 

16 de mar de 2014

10 grandes impostores da história

  • Impostores que ganharam notoriedade no mundo por causa dos golpes que deram

Pode ter certeza que não foram poucos na história, mas essa lista representa muito bem a classe. O negócio foi tão bem executado que alguns fizeram disso uma arte. Confira e fique sem acreditar.


1. Víctor Lustig. O homem que vendeu a torre Eiffel.

Seu primeiro golpe foi vender uma máquina para imprimir dinheiro que não funcionava bem.

Em 1925, após ler nos diários os problemas que a cidade de Paris tinha com a manutenção da torre Eiffel, Lustig fez-se passar por um emissário do governo francês junto a um grupo de pessoas que trabalhava com metal dizendo que a manutenção da torre era tão cara que já era impossível mantê-la e que queriam vender o seu metal. Vendeu a torre a um dos interessados e pegou um trem para Viena com uma mala cheia de dinheiro. o comprador sentiu-se tão humilhado que não foi à polícia dar queixa.

Logo que chegou aos EUA em 1907, fugido do velho continente, Lustig conseguiu convencer Al Capone a investir 40 mil dólares na bolsa de valores. Lustig ficou com o dinheiro e colocou num cofre particular em um banco por dois meses, depois disse a Capone que tinha perdido tudo. Impressionado com a integridade de Lustig, Capone deu-lhe mais 5 mil dólares.

Logo após algumas outras fraudes e roubos em solo americano foi preso e enviado à prisão de Alcatraz.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails