30 de set de 2016

Jovem gastou mais de 80 mil reais para ficar parecido com David Beckham

Jack Johnson, um britânico de 19 anos oriundo da cidade de Nottingham, gastou um total de 20.000 libras (uns 85 mil reais) em diversas intervenções estéticas para ficar parecido ao popular jogador de futebol David Beckham. 

Entre os retoques que fez, destacam injeções de toxina botulínica no rosto ou o preenchimento de lábios e bochechas. Ademais, o Jack faz sessões mensais para manter seu bronzeado, realizou um revestimento dental e revela que está pensando em fazer uma cirurgia bariátrica para perder peso.

- "Sei que não estou parecido a ele, não sou estúpido. Resta me um longo caminho até conquistar meu sonho", declarou Jack, que planeja gastar pelo menos uns 130 mil reais até completar o processo.

O jovem britânico, que atualmente está desempregado, afirma que não está usando o Seguro Desemprego que recebe anualmente para pagar as operações senão que está fazendo empréstimos para isso. Admite que não sabe ainda como pagará suas dívidas.

28 de set de 2016

Obsessão: homem injeta óleo de bebê no rosto buscando “beleza perfeita” e fica desfigurado

  • Hugo Hernandez Garcia, de Nuevo Laredo, no México, tem vivido com um rosto desfigurado nos últimos 17 anos.

Em sua busca incansável pela perfeição estética, o estilista optou por procedimentos arriscados, colocando sua saúde e vida em riscos, após passar por uma transformação que resultou em sérias consequências.

Ele sentia desejo de parecer mais feminino, com traços afinados. Hugo começou uma série de procedimentos estéticas em 1997, feitas por ele mesmo utilizando produtos domésticos. Seu objetivo era ter uma aparência impecável na pele e, durante um desses procedimentos, ele chegou a injetar óleo de bebê, acreditando que ele seria um substituto para o colágeno, porém com baixo custo.

Até em teoria essa ideia soa como algo ruim, mas Hugo estava tão cego pelo seu vício em ficar mais belo que não avaliou as consequências. Muitos psicólogos cogitam a hipótese de que Hugo tenha algum transtorno que modifique sua própria visão sobre seu corpo, fazendo-o buscar sempre algo que “melhore” a aparência.

27 de set de 2016

Universitários utilizam sacola como preservativo e acabam no hospital

Um casal de jovens estudantes vietnamitas foram hospitalizados com ferimentos graves após terem utilizado uma sacola como preservativo durante uma relação sexual, segundo informações do jornal inglês Mirror.

A dupla, que não foi identificada e estaria praticando sexo pela primeira vez, precisou ser tratada em razão das lesões genitais caracterizadas por escoriações e sangramentos.

De acordo com o médico Dr. Nguyen The Luong, vice-diretor do Hospital Hanoi Kidney, onde foram tratados, o rapaz teria dito que se sentia envergonhado demais para sair e comprar preservativos e por isso decidiu usar a sacola. No entanto, ambos foram examinados e estão sendo tratados com antibióticos para ajudar na recuperação.

26 de set de 2016

O jovem mais alto do mundo mede 2,37 metros, e segue crescendo 15 centímetros ao ano

Broc Brown é o nome deste jovem de 19 anos oriundo de Michigan que está crescendo a um ritmo de 15 centímetros por ano e que segundo os médicos, talvez, nunca deixe de fazê-lo. 

O que significa que, após estabelecer o recorde de adolescente mais alto do mundo, se seguir crescendo também poderia estar perto de ser o homem mais alto do mundo. Ainda assim dificilmente superará o maior homem que já pisou a terra, o simpático e doce gigante Robert Wadlow, que alcançou a inacreditável estatura de 2,74 metros em decorrência da acromegalia.

Aos 5 anos foi Broc foi diagnosticado com a Síndrome de Sotos, quando disseram a sua mãe que não superaria a adolescência.

Conheça a CIA QUINTETO DE 4


Queridos amigos do MIB, curtam e compartilhem a página do Facebook da nova Cia de Teatro de Salvador e fique por dentro da estreia (novembro) de sua primeira peça, a comédia:

DIÁRIO DE UMA VAGINA

TEXTO E DIREÇÃO: Lucas Bertolucci
CO DIREÇÃO - Grasca Souto
DIREÇÃO DE MOVIMENTO - Christiane Veigga
ATUAÇÃO - Indaiá Oliveira

Página do Facebook

Blog da CIA Quinteto de 4

"Se Eu Fosse Eu" no Catarse

Amigos de todo Brasil da MIB, estou iniciando uma campanha de arrecadação para lançar meu Livro 
" Se eu fosse eu" - Participem 

Contribuam com esse sonho. Valores bem baratinho e você ainda ganha o livro. Só clicar no link: https://www.catarse.me/se_eu_fosse_eu



Esse livro partiu de um poema que escrevi com o mesmo título, poema premiado em primeiro lugar num concurso internacional de língua portuguesa e selecionado para integrar o livro "4ª Antologia de Poesia Contemporânea" de Portugal.

“Se eu fosse eu” é um diário com pensamentos isolados, mas ao mesmo tempo, unidos por um sentido final que retrata a mente conturbada de qualquer ser humano, com seus altos e baixos. Tudo isso visto pela visão de um homem que tenta desesperadamente compreender a si mesmo e aos outros.
Nele pode-se encontrar o amor a vida, o amor as pessoas, ou então a visão de uma vida sem um futuro próspero, uma vida que chega ao fim pelas próprias mãos humanas. Todos os conflitos humanos são relatados por um homem que tenta ser de uma outra maneira, que tenta ser melhor do que antes.
Um livro repleto de surpresas com inúmeras mensagens de encontro com seu eu pessoal.
Será que você teria coragem de ser você mesmo?

Obs: compartilhe com os amigos e ajude a nossa literatura. Obrigado.

Saiba quem é Lucas Bertolucci:

25 de set de 2016

Arquitetos italianos transformam antiga caverna em um oásis moderno

As cavernas de Matera, também conhecidas como Sassi, estão localizados no sul da Itália e estão sendo usadas desde os tempos do Paleolítico, quando os habitantes começaram a esculpir na pedra macia para criar casas. 

Com a tarefa do desafio de criar um convidativo interior acolhedor, com um toque moderno, o escritório de arquitetura Manca Studio, dirigido pelos irmãos Alfredo e Marina, habilmente misturou a história com contemporâneo contratados pelo hotel Dimora di Metello. Em seu primeiro projeto de hotel, eles adotaram as curvas do espaço, criando quatro suítes confortáveis, uma área comum, terraço e um spa distribuído por 300 metros quadrados.

As paredes de pedra quente nos quartos abraça os visitantes, dando uma sensação de segurança e calor sem que se sintam claustrofóbicos. Os arquitetos utilizaram paredes brancas para dividir o espaço e maximizar a luz natural, e de alguma forma conseguiram criar luz e interiores luminosos de algo que ninguém poderia pensar possível em um ambiente de caverna.

24 de set de 2016

Pediatra mexicano se fantasia de super-herói para transformar a consulta em uma aventura inesquecível

Que chato pode resultar ir ao médico para uma criança, mais se estiver doente não há outro remédio do que receber tratamento. O pediatra Sergio Galegos, San Luis Potosí, no México, sabe muito bem e, por isso, atende todos seus pacientes vestido de super-herói. 

Batman, Superman, Spiderman, Ironman, Chapolim, mariachis, piratas e muitos outros personagens, povoam o consultório deste simpático médico que, pouco a pouco, está conseguindo iniciar um pequeno debate em torno do tratamento com o paciente no mundo da oncologia e pediatria infantil.

Quando tinha 17 anos o próprio Sergio foi diagnosticado com câncer. Os médicos temiam o pior mas, por felicidade, um novo tratamento desenvolvido nos EUA funcionou e dois anos depois a doença entrou em remissão.

Inclusive Sergio recorda que passou muitos momentos de angústia no hospital e que o único momento de alívio que encontrava durante sua internação nos EUA era a visita dos palhaços.

23 de set de 2016

Fotógrafo usa uma câmera de quase 200 anos para fazer retratos assustadoramente belos

Giles Clement é um fotógrafo contemporâneo que gosta de fazer as coisas a moda antiga, de modo que no seu estúdio em Nashville cria retratos tremendamente belos usando uma câmera feita no século XIX. 

Seus ferrótipos são equipamentos fabricados há mais de 160 anos, de uma época em a que as câmeras eram feitas por artesãos em lojas pequenas, e as lentes eram projetadas com regras de cálculo, experiência e sentimento. 

Ele conta que os defeitos inerentes destes instrumentos se encaixam perfeitamente com sua visão de um mundo imperfeitamente belo.

Clement usa ferrótipos -um processo fotográfico que consiste na criação de uma imagem positiva sem negativo, diretamente sobre uma chapa fina de ferro (ou estanho) revestido com verniz ou esmalte escuro- e ambrótipos -ferrótipo substituindo a chapa de ferro por uma de vidro-, duas técnicas populares nos anos 1850 e 60, que substituíram parcialmente o daguerreótipo, e como é possível ver nas imagens, o resultado final é evocador e muito bonito.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails