21 de mar de 2015

A incrível história de Chen Hongzhi, o jovem com 5 minutos de memória

Chen Hongzhi, um jovem taiwanês de 25 anos, sofreu graves danos cerebrais em um acidente de trânsito quando tinha 17 anos. Agora é incapaz de recordar o que aconteceu entre os cinco e 10 minutos anteriores. 

Vive cada dia junto a um caderno, onde aponta todo o que acontece com uns rabiscos que só ele entende, já que também esquece como escrever corretamente. Depois da morte de seu pai, sua mãe de 60 anos é a encarregada de que o jovem saiba quem é cada vez que acorda.

Ela lhe dá o caderno para que possa ler o que aconteceu em sua vida desde o acidente e comprovar todos os detalhes importantes: quem são seus amigos e o que há que fazer nesse dia.

A condição psíquica de Chen lhe incapacita à hora de manter um trabalho, motivo pelo qual todos os dias percorre vários quilômetros coletando garrafas de plástico, que posteriormente são vendidas por alguns trocados. Também recolhe madeira que usam em casa para fazer o fogo para cozinhar seus alimentos.

20 de mar de 2015

Terrível verme marinho é considerado um pesadelo pelos mergulhadores

  • Sua toxina em humanos deixa o local da mordida dormente para sempre!

Encontrado, principalmente, nas profundezas dos oceanos mais quentes que cercam a região do Indo-Pacífico - geralmente entre 10 m e 40 m de profundidade -, o verme de nome científico Eunice aphroditois pode ser um pesadelo para muitas criaturas marinhas.

Com pinças capazes de cortar suas presas ao meio e o poder de se alongar em até três metros de comprimento, o verme ataca suas vítimas com uma toxina - também presente em suas cerdas - para facilitar a ingestão do mesmo. Peixes e caranguejos são suas maiores vítimas.

Enterrado na areia ou em cascalho, suas cinco antenas ficam expostas aos movimentos das criaturas marinhas, fora do lodo. Ao pressentir a presença de uma vítima, o verme estica-se para capturá-la com seus dentes afiados, em uma velocidade praticamente impossível de ser superada pela presa.

Em um único ataque, é possível partir a presa em duas metades. As cerdas que estão presentes em seu corpo ajudam na locomoção, que geralmente ocorre à noite, e também auxiliam na liberação das toxinas, através de picadas. Em seres humanos, pode causar danos permanentes aos nervos, tornando a parte atingida eternamente dormente, com lesões irrecuperáveis.

19 de mar de 2015

Drone captura imagens do interior da maior caverna do mundo

A maior caverna do mundo, Hang Son Doong, no Vietnã, foi filmada por um drone pelo fotógrafo Ryan Deboodt em um vídeo que já alcança mais de 1 milhão de visualizações desde a semana passada, quando foi publicado.

O local tem mais de 5,5 quilômetros de comprimento, chega a 140 metros de altura em algumas partes e tem sua própria floresta e seu rio. Na gravação, é possível embarcar em uma excursão aérea e terrestre da deslumbrante caverna, mostrando suas incríveis formações rochosas e sua fauna exuberante.

Hang Son Doong é parte de uma galeria de 150 cavernas no Parque Nacional Phong Nha-Ke Bang, a cerca de 500 quilômetros da capital do país asiático, Hanoi.

Veja o vídeo:

18 de mar de 2015

Falsificações alimentares encontradas na China

  • A China é um país incrível, com imensa diversidade cultura e culinária vasta.

Em um país tão grande com rápido crescimento, vários mecanismos de falsificação, alguns beirando o absurdo, já foram identificados pela polícia e publicados pela mídia em casos que se tornaram verdadeiros escândalos internacionais.

Confira abaixo os 9 piores casos:

1. Macarrão de arroz falsificado

Em 2010, as autoridades chinesas descobriram que grandes quantidades de macarrão de arroz foram feitas com grãos estragados e aditivos potencialmente venenosos. 

Especificamente, 50 fábricas no sul da China, perto da cidade de Dongguan, tiveram a fabricação de macarrão contaminadas. Autoridades estimam que, no momento, até 1,1 milhões de quilos de macarrão estavam sendo feitos todos os dias por essas fábricas, antes delas serem fechadas.

17 de mar de 2015

Mulher não se alimenta de comida há 7 anos por ter os músculos do estômago paralisados após uma simples gripe

  • A britânica Nicola Nichols, de 25 anos, não tem uma refeição há sete anos, devido a uma condição rara que deixou seu estômago paralisado, após uma simples gripe.

Após contrair a gripe, ela não conseguia engolir qualquer tipo de alimento, sólido ou líquido, vomitando até 50 vezes por dia. Inicialmente, os médicos acreditavam que ela tinha um distúrbio alimentar, antes de finalmente darem o diagnóstico de gastroparesia, uma condição na qual os músculos do estômago são paralisados.

Ela é mantida viva através de alimentação intravenosa, além de sacos de glicose para dar-lhe energia. Ela nunca mais poderá alimentar-se normalmente.

Nichols, mãe de duas crianças, teve de largar seu emprego como administradora por conta da doença debilitante. Ela perdeu 12kg em apenas três meses.

A gastroparesia é uma condição na qual existe um problema com os nervos ou músculos do estômago, incapaz de fazer a digestão de alimentos de forma adequada. Ela é causada por lesão do nervo que regula o sistema digestivo. Quando esse nervo é danificado, os músculos do estômago e intestinos param de trabalhar.

15 de mar de 2015

Ferreiro descobre atitudes humanas em parafusos enferrujados

  • AFETO, TRISTEZA E DOR NO AÇO RETORCIDO

Essas coisas costumam mesmo surgir por acaso. Ao observar as formas de parafusos e cravos no chão de um celeiro, Tobbe Malm enxergou além de simples peças amassadas de aço enferrujado.

O ferreiro norueguês reconheceu nelas alguns contornos de atitudes humanas, consubstanciadas posteriormente, através de torções e soldagens, numa série de esculturas de forte apelo emocional.

A coleção resultante de pequenas obras, intitulada Parafuso Poesia, evoca momentos tocantes e bastante perceptíveis de afeto, tristeza e dor. Você pode ver mais do trabalho de Tobbe no Behance.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails