12 de abr de 2014

A ave mais perigosa do mundo é como ninja

  • O Casuar ataca dando chutes, bicadas e tem garra fatal

O Casuar, uma ave da Oceania que pode passar de 1,5 metro de altura e pesar cerca de 60 quilos. Ele tem um gênio terrível e, quando fica zangado, parte com tudo para cima do seu oponente. Suas principais armas são o bico afiado e as garras pontiagudas. Existem vários relatos de pessoas atacadas pelo animal em estado de fúria, que também investe contra cachorros, cavalos e vacas. 

Essa ave é tão estressada que parte pra cima até de portas e janelas de vidro, pois ao ver seu reflexo acha que um outro casuar a está encarando. "A maioria dos ataques costuma estar associada à busca de comida ou a uma reação à presença do homem no território do animal", afirma o paleontólogo Darren Naish, da Universidade de Portsmouth, na Inglaterra. 

No final da década de 1990, um levantamento feito na Austrália mostrou que, num período de dez anos, essas aves partiram pra cima de pelo menos 150 pessoas. O último ataque fatal comprovado, no entanto, ocorreu em 1926. Ótimo nadador e exímio saltador, o casuar (Casuarius casuarius) tem uma aparência bem esquisitona: seu corpo é recoberto de penas pretas, mas sua cabeça é azulada, exibindo ainda uma protuberante crista óssea.


No ataque estilo ninja, o casuar usa chutes, bicadas e garra fatal

11 de abr de 2014

Ciência investiga luzes que antecedem os terremotos

  • Sendo verdade é uma alerta imprescindível para que pessoas se salvem

Há muitos anos, pessoas afirmam que veem luzes saindo da terra ou no alto de montanhas, momentos antes de um terremoto. A ciência ignorou os testemunhos durante muito tempo, mas agora resolveu estudá-los. 

Segundo Robert Thériault, geólogo da Secretaria de Recursos Naturais de Quebec, as luzes dos terremotos são fenômenos reais, que possuem uma explicação científica. Durante um estudo recente, um grupo de cientistas canadenses estudou testemunhos desse tipo, registrados desde o ano 1600.

Muitos fatores em comum foram encontrados entre eles. Dos 65 registros, 63 aconteceram em regiões de falhas verticais. Especialistas afirmam que existe uma tensão bastante abrasiva entre rochas que, quando sacudidas por um tremor geram cargas elétricas. A carga, por sua vez, produziria luz ao encontrar o ar atmosférico.  Segundo Friedemann Freund, em um estudo publicado em 2003, as rochas estão em estado latente em condições normais, mas são “despertadas” durante os terremotos. Então, começam a produzir faíscas.

Em agosto de 2007, um pescador residente no litoral peruano afirmou que o céu havia ficado totalmente roxo, minutos antes de um violento maremoto. Em outro registro, na Alemanha, uma mulher alegou ter visto luzes no solo que se moviam como serpentes, mais uma vez, momentos antes de um terremoto. Durante o forte terremoto ocorrido na Itália, em 2009, um homem conseguiu se salvar alertado pelas luzes que viu. Tudo leva a crer que os estudos que traçam a relação entre luzes e terremotos ganharão mais adeptos a partir de agora. 





. . .

10 de abr de 2014

Água comestível? Essa é a garrafa d'agua do futuro

  • São ideias assim que o nosso planeta necessita, a criação de uma garrafa biodegradável é genial

Você já parou para pensar no que acontece com aquela garrafinha de água que você acabou de jogar no lixo? E o que acontece com todas as garrafinhas usadas no mundo todo? Em uma escala planetária de consumo deste tipo de produto, não é difícil imaginar o desastre ecológico. Porém, como evitar que o pior aconteça?

Inquietos com essas questões, dois cientistas ingleses decidiram utilizar uma das muitas técnicas do famoso chefe catalão Ferrán Adriá, um expoente da gastronomia molecular, que experimenta novas tecnologias e surpreendentes texturas e sabores em seus pratos. A partir daí, nasceu uma ideia que poderá revolucionar o mercado das embalagens: a Ooho, uma garrafa de água comestível! Desta maneira, a garrafa é, na realidade, uma membrana arredondada, produzida com gelatinas comestíveis, que mais lembra uma água-viva. Para beber o conteúdo, é necessário fazer um furinho na embalagem!

Os inventores ainda estão aperfeiçoando a “garrafa” para que ela possa ser comercializada em escala industrial. Porém, antes de tudo, a Ooho representa uma resposta criativa para a resolução de um problema cada vez sério e, mesmo que pareça estranha neste momento, ela seria a única garrafa de água totalmente biodegradável.





. . .

9 de abr de 2014

Síndrome de Williams, a síndrome 'oposta ao autismo'

  • Chris Steel, de 40 anos, é simpático e solidário, traços da Síndrome de Williams que já o puseram em apuros

O britânico Chris Steel tem 40 anos, é extremamente simpático e fica mais feliz quando está em cima de um palco atuando em peças como a Revolução dos Bichos, de George Orwell.

Quando criança, sua natureza solidária o levou ao leito de uma vítima da tragédia de Hillsborough - nome do estádio em que 96 torcedores do Liverpool morreram pisoteados em abril de 1989. Por tanta compaixão e zelo, Steel recebeu um prêmio da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher.

Mas ele não é capaz de sair de casa sozinho por causa de sua facilidade em confiar em estranhos e da sua dificuldade em compreender quando está em perigo. Uma vez, quando o fez, emprestou seu celular a uma pessoa, que o roubou.

Ele sofre de ansiedade aguda e precisa de constante reafirmação das pessoas ao seu redor.

"Moro com minha mãe porque não quero viver sozinho", afirma Steel. "Fico muito ansioso quando quero sair para fazer coisas. Também não posso lidar com dinheiro. Gostaria que isso fosse possível."

8 de abr de 2014

A lagarta que pensa que é uma cobra

  • Impressionante o que alguns animais fazem para se defender


Um dos casos mais incríveis de mimetimo é protagonizado pela incrível lagarta da mariposa Hemeroplanes triptolemus, que na sua fase larval pensa que é uma cobra. Estes lepidópteros vivem no centro e sul do continente americano. Seu aspecto habitual, quando estão tranquilos, é o mais vulgar. Não medem mais de 10 centímetros de comprimento e passam os dias devorando as folhas das plantas.

A transformação acontece quando se sentem em perigo. Então incham o final de seu corpo e adquirem o espantoso aspecto de uma cobra. Para ganhar realismo balançam a falsa cabeça de serpente com atitude ameaçante. Este método de defesa, no qual animais inofensivos imitam outros perigosos, é conhecido por mimetismo batesiano.

Veja o vídeo:

7 de abr de 2014

Um ano depois, pai relata suicídio da filha após cyberbullying

  • Rehtaeh Parsons não suportou assédio e ameaças após abuso por quatro jovens

Rehtaeh Parsons
Um ano após o suicídio da filha, vítima de cyberbullying, o canadense Glen Canning falou à BBC sobre as circunstâncias de sua morte e sobre sua luta para que crimes cometidos online não fiquem impunes.

O caso da jovem Rehtaeh Parsons, de 17 anos, que se enforcou em abril do ano passado após meses de assédio e ofensas pela internet, causou comoção nacional e motivou a aprovação de uma lei na província canadense de Nova Scotia para punir este tipo de crime.

O Estado também é o único do país a ter criado a primeira unidade de polícia que cuida exclusivamente de queixas de cyberbullying.

Dois anos antes de tirar a própria vida, Rehtaeh havia sido abusada sexualmente por quatro jovens que fotografaram o episódio e postaram imagens nas redes socais.

O assunto rapidamente ganhou os corredores da escola da jovem, que começou a ser xingada e a receber ameaças por meio de torpedos e de seus perfis nas redes sociais.

"Foi uma bomba e ela nunca conseguiu se recuperar", diz o pai.

6 de abr de 2014

Veja lista com sustos e surpresas durante transmissões ao vivo

  • Homem 'abandonou' repórter e pegou ônibus em movimento no Egito.

Em 2013, garota do tempo perdeu aposta e fez previsão sem roupa

1 - 'Até logo'

Durante uma reportagem para uma emissora no Egito, um homem fez a “melhor saída de todos os tempos” de uma entrevista, ao deixar o repórter praticamente falando sozinho ao subir em um ônibus em movimento.

Após dar seu depoimento para a equipe de reportagem, o homem dá um rápido “até logo” e, logo após fazer sinal com uma das mãos, salta em um ônibus para continuar com seu dia (leia a matéria).



LinkWithin

Related Posts with Thumbnails