26 de abr de 2014

Cogumelos bizarros

  • Conheça algumas espécies que se destacam pela esquisitice ou por uma estranha beleza

Os cogumelos são os corpos de frutificação de certos fungos, sendo que alguns deles podem ser comestíveis e utilizados nos restaurantes de alta gastronomia, enquanto outros são extremamente tóxicos. Muitos desses cogumelos têm uma aparência um tanto bizarra e se destacam por essa característica, que os torna únicos e incrivelmente fascinantes. Confira abaixo.

1 – Cogumelo cérebro

O Gyromitra esculenta é caracterizada pelo seu corpo marrom-avermelhado que lembra o cérebro humano. Ele é encontrado na Europa e na América do Norte, podendo alcançar 10 centímetros de altura e 15 de largura. Esse fungo é venenoso e pode ser fatal se consumido cru. No entanto, na Escandinávia, ele é um conhecido petisco, pois, quando cozido corretamente pode ser ingerido sem dano à saúde e tem um bom sabor.  

25 de abr de 2014

O reator nuclear pré-histórico no Gabão, na África

  • Quando foi confirmado que o urânio parecia eliminação de reação nuclear, pesquisadores de todo o mundo viajaram para estudar o local

Cada vez mais acredito que estamos bem distantes da nossa verdadeira origem. Quanto mais se pesquisa, mais isso fica evidente.

É possível que um acidente geológico resultou em reatores nucleares ‘naturais’ melhores equipados do que os reatores existentes hoje? Na África, em uma montanha há rejeitos de urânio. Depósitos que sugerem a existência de uma civilização avançada há 2 bilhões de anos atrás.

Chamado de ‘monstro atômico’, em todo o mundo não houve maior produtor de energia nuclear e mais eficiente. Paredes com ângulos inclinados, isolamento para o lixo nuclear e a melhor refrigeração que a engenharia poderia desenvolver. Ele tinha uma estrutura bem concebida que poderia tê-lo mantido para sempre. Assim, após o período da ‘grande destruição’, muitas civilizações posteriores tentaram explorar o que restava do ‘monstro’ para voltar aos dias de glória.

Mas o prédio foi muito dilapidado e o sistema de reciclagem de urânio já não funcionava. Finalmente, ao longo dos milênios, as paredes e os canais de refrigeração foram oxidados, corroídos e acabaram sendo confundidos com a montanha que antigamente os havia abrigado. Milhões de anos mais tarde, o único remanescente de uma tecnologia de construção que existia naquele lugar era o material empobrecido, o resto do reator estava irreconhecível.

Este cenário de ficção não poderia ter sido muito diferente do real, quando você considerar que para muitos cientistas a existência de um ‘reator nuclear no Gabão’, um depósito de urânio gigante encontrado na África na década de setenta, é um fenômeno que nunca poderia ter acontecido naturalmente.

24 de abr de 2014

Fenômenos espirituais existem em outras dimensões, afirmam astrônomos

  • Bernard Carr teoriza que muitos dos fenômenos que experimentamos ocorrem em outras dimensões

Albert Einstein afirmou que há pelo menos quatro dimensões. A quarta dimensão é o tempo, ou espaço-tempo, já que de acordo com Einstein, tempo e espaço não podem ser separados. Na física moderna, há teorias sobre a existência de até 11 dimensões, e a possibilidade desse número ser ainda maior está ganhando força.

Bernard Carr, um professor de matemática e astronomia na Universidade Queen Mary em Londres, diz que a nossa consciência interage com outras dimensões. Além disso, o universo multidimensional que ele prevê tem uma estrutura hierárquica. Segundo ele, estamos na dimensão de mais baixo nível.

“O modelo resolve problemas filosóficos em relação ao conceito de matéria e espírito, elucida a natureza do tempo, e fornece uma estrutura ontológica para a interpretação de fenômenos como aparições, experiências extracorpóreas, experiências de quase morte, e os sonhos”, escreveu Carr no resumo de uma conferência.

Carr argumenta que nossos sensores físicos só nos mostram um universo de três dimensões, apesar de existirem de fato pelo menos quatro dimensões. O que existe nas dimensões mais altas são entidades que não podemos tocar com nossos sensores físicos. Segundo ele, essas entidades devem existir em um outro tipo de espaço.

23 de abr de 2014

Surpreendentes esculturas em bananas

  • A arte tem que ser criada rápida, senão a banana se estraga

Keisuke Yamada, de 27 anos de idade, é um “artista” japonês autodidata que pega simples bananas e as transforma em arte comestível. 

Usando apenas uma colher e palitos, o talentoso Yamada trabalha habilmente para terminar suas peças de arte antes que comecem a ficar escura devido à exposição ao ar, ou seja, precisa terminar a escultura em menos de 30 minutos depois de a banana ser descascada.

Esculpir bananas não é nada simples, pois a fruta é frágil e não há como adicionar material caso se erre algum detalhe; é mais difícil que trabalhar a argila. Isso é exatamente o que faz a arte de Yamada tão especial. Tudo começou quando quando ele descascou uma banana e achou que seria interessante esculpir algo nela. Sua primeira criação foi um rosto sorridente bem simples e mal definido, mas, como recebeu elogios e incentivos de seus amigos, ele se sentiu motivado a prosseguir. Com o tempo, tornou-se um habilidoso especialista nessa arte tão inusitada. Atualmente, Yamada trabalha como eletricista de dia e faz escultoras de banana à noite.

Uma vez que ele termina uma escultura, ele tira rapidamente uma foto e, logo em seguida, come a banana. Keisuke Yamada tem um perfil no Pixiv e no Twitter.

Veja algumas das esculturas em bananas feitas por Keisuke Yamada:

21 de abr de 2014

Conheça os g0ys, homens que se pegam, mas não se consideram gays

  • OI? NÃO ENTENDI, ISSO ME PARECE UMA FUGA DA SUA PRÓPRIA REALIDADE = SEXUALIDADE


Falar da sexualidade humana é percorrer um labirinto com dezenas de possibilidades, que normalmente acabam no preconceito. Quando não entendemos algo, temos o hábito de apontar e criticar. Outro mal da nossa raça.

Há algum tempo, surgiu nos Estados Unidos uma nova proposta sexual, que revelou um comportamento diferente e que reflete os tempos modernos: os “g0y” ou “g-y”. A escrita é estranha, porque no lugar do “a” tem um “zero”, mas é assim mesmo. Eu não sei como se pronuncia isso, diga-se.

Bom, esse é um grupo de homens não afeminados, que gostam de estar com outros homens, mas sem sexo com penetração, que cultua o machismo e o conservadorismo.

Aqui no Brasil, o Ministério da Saúde já usa um termo semelhante em suas campanhas de DST’s, para designar garotos de programa, por exemplo. Chamamos de “HSH” (Homens que fazem Sexo com Homens). A diferença entre esses dois grupos é gigante. Michês fazem isso por dinheiro. Os g0ys vivem isso como verdade.

Pra você ter uma ideia de como o negócio está avançado, existe até um estatuto, com regras pra se tornar um membro, que foram publicadas no site deles. São essas:

20 de abr de 2014

Torre de Davi, com 45 andares é a maior favela vertical do mundo

  • O prédio foi construído para ser um centro financeiro, mas foi abandonado em 1994 após a morte do seu desenvolvedor 

Tudo começou quando uma construtora parou a construção de um prédio de 45 andares no meio. A causa teria sido a morte do proprietário da empresa - o banqueiro e criador de cavalos David Brillembourg. Agora ele é o lar de famílias pobres de Caracas, na Venezuela.

A Torre de David, como é conhecida, teve suas obras paralisadas em 1993. Além da morte do fundador da companhia em 1994, uma forte crise motivou o abandono da construção.

Há cerca de oito anos, as pessoas começaram a se mudar para o local, e hoje é considerada a maior favela vertical do mundo. O edifício possui heliporto, uma bela vista do Cerro Ávila e grandes varandas para churrascos de fim de semana. 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails