4 de fev de 2015

Carta aberta de uma mulher à nova namorada do ex marido se torna viral

Sempre é difícil o término de uma relação amorosa, seja porque um dos dois não esperava, seja porque segue amando ou simplesmente porque se acaba um projeto de vida, o que se torna mais complexo, quando há filhos no meio. Apesar de que para alguns isto possa significar um golpe, há outras pessoas que são mais fortes e conseguem enfrentar a situação da melhor forma, pensando sempre na família e filhos. Esse é o caso de Tina Plantamura, uma mulher de Nova Iorque, que terminou seu casamento e teve que aceitar que seu marido iniciasse uma nova relação.

Foi assim que a editora do blog For the love of the run viu como a nova parceira de seu ex, iniciava uma estreita relação com seus três filhos, e por isso decidiu escrever uma carta expressando o que sentia com esta situação. Dê uma lidinha e veja se concorda com o que ela fez:



"Você deve estar tremendo ao ler isto. Deve pensar que vou dar lições sobre como tratar seu novo namorado ou que vou impor regras sobre como tratar meus filhos. Esta carta não se trata disso.

Esta carta é para dar-te as boas-vindas. Dar-te as boas-vindas a esta dinâmica de família moderna. As boas-vindas a esta vida e esta relação. Sim, relação, mas não em sua definição normal.

Nossos filhos mantêm-nos em uma relação, bem como seu trabalho faz com que tenha uma relação com seu chefe. Se queremos ser bem sucedidos, esta relação, seja em família ou seja no trabalho, deve ser a melhor possível.

Não vou encher páginas dando conselhos que ninguém me pediu, ou te dizendo como tratar um homem que conheço desde que tinha 20 anos. Não vou te contar nada pessoal sobre ele, o que vocês decidam compartilhar é assunto seu. Também não vou dizer por que as coisas não funcionaram entre nós, só direi o que digo a todo mundo: ele é um grande homem, mas não para mim.

Isto pode soar raro, mas estou emocionada por você. Meus filhos vão ter ao lado um pai que não sabiam que existia. Eles vão vê-lo feliz, vão vê-lo sorrir, vão escutá-lo falar de uma maneira diferente. Como eles amam e admiram seu pai, isto vai fazê-los felizes também.

Quero que saiba que é importante que seja você mesma quando esteja conosco. Faça o favor, não se sinta intimidada ou julgada quando estiver com a gente. Como você, nós também estamos buscando o equilíbrio neste novo estilo de vida. Confiamos que você seja suficientemente boa para ele, como é também para nós. Esperamos que tenha falhas, defeitos que às vezes nos deixem loucos. E não queremos que mude nada.

Vamos nos ver muito seguidamente. Vamos sentar lado a lado em partidas de futebol, aniversários, shows e muitos outros eventos. Talvez no começo seja um pouco estranho, mas espero que mude rapidamente. Os meninos sabem muito bem que seu pai e eu estamos divorciados, mas é muito importante que saibam que estamos unidos em tudo que necessitem.

Quero que nos vejam olhando, todos juntos, com orgulho e emoção. Muita gente me pergunta se é raro sentar entre seu pai e seu padrasto, respondo que fiz coisas bem mais raras e estranhas que essa para fazer meus filhos se sentirem bem. Convido você então a unir a esta equipe que apóia e ama meus filhos incondicionalmente.

Algumas vezes você vai se encontrar no meio de conversas entre ele e eu. Por favor, entenda que precisamos nos comunicar para poder manter nosso "negócio" de sucesso. Às vezes teremos que fazer com muita frequência. Se você chegar a se sentir incomodada nestes momentos peço que releve e sempre tenha claro que tudo é pelo bem de nossos filhos.

Ele nunca me ligará para me pedir conselho sobre moda. Ele nunca me ligará para comentar uma série de televisão. Ele nunca me ligará para queixar sobre seu dia de trabalho. Nossa relação gira em torno de três meninos. Meu papel em sua vida é ser mãe de seus filhos. Nada mais.

Te respeito por embarcar em uma relação com um pai de três filhos adolescentes. Isto é novo para eles também, às vezes não saberão o que fazer ou dizer. São adolescentes com suas próprias vidas, esperanças, sonhos e intenções, e pode ser que às vezes não se comportem da melhor maneira. Peço por favor que dê um tempo para conhecê-los, individualmente.

Minha esperança, é que segundo vá passando o tempo, você tenha uma relação única com cada um deles. Isto levará tempo e dedicação, às vezes não será fácil, como todas as coisas que valem a pena.

Espero que esta carta não te assuste. Imagino que entenda que a primeira vez que te conheci, não podia dizer todas estas coisas enquanto apertava sua mão. Você podia achar que eu era uma louca.

Com carinho e respeito, te dou as boas-vindas.

Sinceramente, Tina".





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails