27 de mar de 2015

O triste testemunho desta jovem vai lhe mostrar a desgraça que é viver na Coreia do Norte

A Coreia do Norte, como todos sabemos, é um estado unipartidário de uma conjunção liderada pelo Partido dos Trabalhadores, e pese a que se declare uma República Popular Democrática, é, em verdade, um Estado totalitário que usa a repressão e a violência contra seus próprios cidadãos para manter no poder um celerado e mimado ditador.

Aos 21 anos, Yeonmi Park, que se viu obrigada a fugir do país depois de ver a morte de entes queridos e amigos, se converteu em uma respeitada ativista dos direitos humanos, na vizinha Coreia do Sul, mas antes ela viveu um calvário que você não sonharia em seus piores pesadelos.

Os refugiados do país (aproximadamente 300 mil) não se atrevem a falar por causa dos parentes que ficaram para trás e que podem sofrer repressão ou até serem assassinados pelo estado. E pior? A maioria dos refugiados só tem uma rota de fuga: a China, onde são considerados ilegais e, se descobertos, são repatriados.

Ouvir o que esta moça tem a dizer nos deixa com aquele desagradável nó na garganta que não ata e nem desata:





Fonte



. . .

2 comentários:

Anônimo disse...

É isso aí, continuem votando na esquerdalha PSOL. PT. PSDB. PCdoB. PP. PL. PSTU. PCO... jóinha, hem??

Anônimo disse...

Concordo com tudo que ele disse, só faltou finalizar dizendo que depois de toda essa prosperidade eles criaram o estado de Israel onde ficava a Palestina. Que bonzinhos... levaram tanto progresso e depois só tomaram o país em troca. Faça o teste que ele propôs e veja se compra esse saquinho de bosta que ele está vendendo. kkkkkk

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails