13 de mai de 2016

O estranho caso dos irmãos solares paquistaneses que “vegetam” durante a noite

Os irmãos paquistaneses Shoaib Ahmed e Abdul Rasheed sofrem de uma misteriosa doença que está causando a perplexidade na comunidade médica paquistanesa e que deixou alguns médicos em Islamabad com pulgas atrás da orelha. 

Os chamados "garotos solares", de nove e treze anos, são normais e muito ativos durante todo o dia como qualquer outra criança de sua idade, mas, logo que o sol se põe, eles passam a esboçar um estado vegetativo que os torna incapazes de se mover e até mesmo de falar.

Shoaib e Abdul acordam com os primeiros raios do sol, cheios de energia e vida. Fazem suas tarefas de casa, vão à escola, mas eles tem um relógio circadiano maldito quando o sol se aproxima do horizonte: seus níveis de energia caem praticamente a zero e ficam completamente paralisados como vegetais até o dia seguinte.


Seus pais dizem que os meninos parecem dependentes dos raios de sol desde o dia em que nasceram, e, por isso, na sua aldeia natal, eles são conhecidos como "garotos solares".

- "Eu acho que meus filhos recebem energia diretamente do sol", diz o pai dos meninos, Mohammad Hashim. Mas sua teoria simplista foi indeferida por médicos depois que tentaram manter os meninos em uma sala completamente às escuras durante o dia e não notaram sintomas bizarros. A ideia de que o sol desempenha um papel na condição misteriosa dos irmãos é também contrariada pelo fato de que eles permanecem ativos quando está nublado e mesmo durante tempestades.

Os meninos, que vêm de uma família pobre em uma vila na província de Balochistan, no Paquistão, estão atualmente em tratamento médico extensivo na capital do país, Islamabad. O governo está bancando seu tratamento médico, e as suas amostras de sangue estão sendo analisadas em busca de pistas sobre sua condição. As amostras também foram enviadas para especialistas no exterior, na esperança de encontrar algumas pistas que os médicos paquistaneses desconhecem.

Javed Akram, um professor de medicina no Instituto Paquistanês de Ciências Médicas, que está atualmente tentando ajudar os dois garotos, diz que há tempos vem batendo cabeça para encontrar uma explicação para seus sintomas bizarros.



- "Nós consideramos este caso como um grande desafio", disse ele. - "Os nossos profissionais de saúde estão fazendo todos os exames médicos possíveis para determinar por que essas crianças permanecem ativas durante o dia, mas não conseguem sequer abrir os olhos ou falar quando o sol se põe."

Curiosamente, os pais de Shoaib e Abdul são primos de primeiro grau e alguns médicos acreditam que esta poderia ser uma das explicações possíveis para a doença do relógio interno das crianças, especialmente porque outro de seus quatro filhos, um garotinho de um ano de idade parece estar sofrendo com a mesma condição.

Embora os médicos não tenham nenhuma pista sobre a causa por trás da doença dessas crianças, houve uma acentuada melhoria na condição desde que foram internados no hospital do Instituto Paquistanês de Ciências Médicas, em Islamabad.

A mídia local reportou que eles, pela primeira vez em suas vidas, não ficaram totalmente prostrados durante a noite, há poucos dias. Assim Shoaib e Abdul estão confiantes em uma recuperação completa, e têm grandes planos para o futuro.

- "Vou ser professor", disse Shoaib, enquanto Abdul quer se tornar um estudioso islâmico.



Fonte




. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails