2 de mai de 2011

Artista desenha retratos usando as cinzas de seus clientes

  • Uma ideia bem diferente


Raven J. Collins acredita que pode ser a única artista no mundo que usa as cinzas em estado bruto de uma pessoa cremada para fazer o seu próprio retrato. Ainda que pareça macabro, esta é uma tendência que se acentua cada vez mais já que os enterros são considerados cada vez mais ecologicamente incorretos por poder incorrer na contaminação do lençol freático entre outras coisas. Além de quê uma cerimônia de cremação pode resultar até 50% mais barata.

Utilizar cinzas como um meio é uma tendência crescente na arte, mas enquanto alguns misturam as cinzas com a pintura para criar trabalhos abstratos, moldam em esculturas estranhas, ou mesmo comprimem e usam como miolo de lápis, Raven Collins usa as cinzas para criar retratos do falecido, sejam eles humanos ou animais. Ela diz que está fazendo isso por um tempo, mas os retratos com cinzas já compõem 90% do seu negócio.

Como a cremação torna a opção mais popular na indústria funerária, o número de opções do que fazer com as cinzas também aumenta. Algumas pessoas preferem mantê-los em uma urna ou jarro, outros jogam no oceano ou adubam canteiros de flores, mas cada vez mais pessoas optam por incorporar os seus entes queridos em obras diversas. Artistas como Raven, por vezes, são referências de casas funerárias, mas a maioria de sua propaganda é boca a boca e exposição on-line.


A idéia de Collins foi inspirada por um trágico acontecimento que ocorreu há dois anos. Seus sobrinhos Gavin, 3, e Sebastian, 1, morreram durante um incêndio em Tampa, e embora desenhasse desde a época de colégio, os retratos dos meninos foram os mais difíceis que a artista de 37 anos de idade teve que fazer. Em seu sofrimento, ela teve a idéia de incorporar as cinzas dos sobrinhos em seus retratos. Sua experiência trágica ajudou Raven Collins a manter contato com seus clientes e entender melhor o que eles querem em uma obra como esta.

Os preços das suas obras, ao contrário do que possa parecer, não são tão caras, ainda que são compatíveis com a pouca qualidade de seu trabalho - não gostei nem um pouco das pinturas de Raven, mas sua ideia é muito boa. Custam entre em torno de 320 e 480 reais, dependendo do tamanho e das cores que o cliente quiser utilizar. Agora imagine esse trabalho sendo feito por um artísta com uma qualidade melhor, deve ficar simplesmente fantástico. Uma boa forma de guargar uma recordação de um ente querido.





Fonte: MDIG


. . . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails