12 de nov de 2016

Post de Sucesso - A ponte dos suicídios

Todo Sábado 
Decidi trazer alguns posts de sucesso do Blog
  • Um lugar tão lindo, mas as vezes usado para pôr fim a uma existência

Nossa fiquei muito chocado com esse vídeo, pessoas simplesmente decidem não viver mais e escolhem tirar suas vidas. Histórias que nunca saberemos o porquê, mas nos deixa reflexivos. Que essas almas perturbadas encontrem a paz que nunca tiveram em vida.

O vídeo pertence ao documentário “The Bridge” – A Ponte (2006), dirigido por Eric Steel. Durante o ano 2004, Eric e sua equipe filmaram com várias câmeras a ponte Golden Gate de São Francisco (EUA) e captaram as imagens de 19 dos 24 suicídios cometidos ao longo desse ano. Segundo os dados registrados até 2006, mais de 1200 pessoas perderam a vida, saltando da ponte. No ano 2006 se produziram 38 suicídios, recuperando na baía o corpo de 34 pessoas. Não existe em nenhum lugar do mundo, noticias tão trágicas como essas.

A queda tem 227 metros de altura, dura pouco mais de quatro segundos e os saltadores se chocam com a água com um impacto de 120 km/h, o mesmo que uma bola de beiseibol atingir sua cabeça, e geralmente morrem pela causa do impacto. Somente 26 pessoas sobreviveram a queda, e acabaram com os ossos fraturados e lesões internas.


Vídeo extremamente forte, se você é uma pessoa sensível, aconselho não assisti-lo.

Vídeo não recomendado a menores de 18 anos.







. . .

23 comentários:

Anônimo disse...

Você sabia que o Ocioso tem um irmão? Não!!! Então venha se divertir no http://tedioso.com ;)

Anônimo disse...

Chocante o video!

Marky disse...

Que tal colocar um aviso [+18] em seu vídeo? Trabalho com pacientes psiquiátricos com problemas depressivos e esse tipo de vídeo é sugestivo para pessoas com esses pensamentos, principalmente adolescentes...

Giovanna disse...

Dá uma sensação horrível assistir esse vídeo! Principalmente para quem é apaixonada por essa cidade! :'(
E essa música ainda...

Anônimo disse...

Marky, de que adianta colocar um aviso +18 se sabemos que os menores olharão mesmo assim?

Giovanna disse...

Passou despercebido para mim, o alerta:
"Vídeo extremamente forte, se você é uma pessoa sensível, aconselho não assisti-lo.
Vídeo não recomendado a menores de 18 anos."

Não consigo parar de pensar nisso, como o ser humano chega ao ponto de tirar a própria vida??

Bertolucci disse...

Marky,


Obrigado pela sugestão. Coloquei essa informação no post. Mas, como diz o anônimo, isso não vai impedir de quem queira ver, assista.

Em todo caso, está recomendado a não assisti menores de 18 anos e pessoas sensíveis.


EDITOR DA MIB

Bertolucci disse...

Giovanna,


Esse vídeo me deixou por dias reflexivo e pensando a mesma coisa que você. É triste ver pessoas cometerem essa violência.

Só me resta pedir luz para pessoas que pensam diariamente em tirar suas vidas.


EDITOR DA MIB

Manu disse...

Sabendo deste alto índice de suicídios, será que não tomaram alguma medida para diminuir ou evitar que isso aconteça? Policiamento ou coisas do tipo... Pq simplesmente filmaram tudo, dava tempo de chegar alguém para impedi-los ou mesmo conversar... Apesar que o rapaz de cabelo longo parecia mesmo estar decidido, dá para notar pela postura do corpo mesmo em queda. Muito triste e chocante.

danilo robson disse...

A pessao Precisa ser fraco é ao msmo tempo muito forte pra ter coragem para fazer isso. agora eu ja vi Suicidio mais violento que Se jogar de uma ponte.

Samantha disse...

Ninguém fez nada porque, se o fizessem não chocariam as pessoas como desta forma. Nossa sociedade é assim, só modificamos as coisas, quando elas chegam num ponto crítico (infelizmente). Então para que possam tomar providencias fizeram este documentário.
A única coisa que realmente espero, é que depois dessas vidas perdidas, façam uma segurança maior do perímetro, porque muitas vezes as pessoas se suicidam ali, somente pela popularidade da ponte. R.I.P.

Halloween disse...

E a parte chocante mesmo do vídeo?
Não estou ironizando, mas pelo que vi pessoas acharam perturbador o vídeo, acho que esta na hora de começar a ver o lado mais violento da vida.
Suicídio não é tão ruim, é somente para os espectadores que são fracos de coração e tem a "vida bela".
Suicídio é simplesmente uma saída eterna.

Anônimo disse...

a vida é uma merda todo mundo sabe mas somente os covardes e os fracos tiram suas vidas, qual seria a graça da vida se não as dificuldades pelas quais passamos se fosse facil não teria graça em estar vivo.

Anônimo disse...

Triste...

Anônimo disse...

Pessoas covardes que não souberam bater de frente com os problemas que vida te da para de deixa mais forte quando chegar ao final dela.

Anônimo disse...

Muitas pessoas cometem suicidio por serem fracas.Tantos querendo viver e outros tirando a própria vida...o ruim é q no final quem sofre são os familiares,muito triste.O ser humano é muito ingrato!!

Anônimo disse...

Eu sei que a internet é um meio de comunicação livre, mas achei desnecessária a matéria. Sou policial e já passei pela situação de salvar uma pessoa que queria se matar, ela disse que teve o incentivo em vídeos e bate papo na internet.

Imagino que a intenção tenha sido somente a de informar sobre o documentário, mas algumas pessoas podem se influenciar negativamente.

Rah disse...

Não acho que suicídio seja coisa de gente fraca, e sim coisa de gente triste. acho que cada um tem direito sobre a própria vida inclusive de tirá-la. mas tem que ser MUITO forte pra fazer isso.. poucos tem coragem pra chegar a esse ponto, não é pra qualquer um.

gabriela bodart disse...

muito triste mesmo....

Anônimo disse...

Quer influenciar um possível suicida? Continue falando nos comentários que pessoas assim são fortes... A questão não é ter coragem ou não, também a questão não é a liberdade de uma pessoa para fazer isso. Pense bem. 1200 mortes nessa ponte, todas foram mortes em que a pessoa estava mesmo com a decisão de MORRER, ou somente de terminar com o sofrimento?
Não é para incentivar, ou descriminar esse tipo de decisão, é somente para refletir sobre a vida, sua fragilidade, e sobre possíveis formas de tornar esse tipo de consequência menos doloroso.

Nika Pinika disse...

Acho que é muito fácil abrir a boca e dizer que fulano foi fraco/covarde/babaca etc pq tirou a PRÓPRIA vida. Acho que o fraco é isso: atacar quem não vai mais estar aqui pra se defender.
É sempre preciso pensar que, antes de dizer o q está certo ou errado no suicídio, só o dono da dor sabe o quanto dói. Se matar é o mais ousado e mais extremo ato que alguém pode cometer contra si. Então, dá pra supor o tamanho da porrada que o suicida levou pra chegar nesse extremo.

Drika disse...

Verdade. Depressão é uma doença e precisa ser tratada. As pessoas que têm depressão, muitas vezes são sinais que nós preocupados com o nosso individualismo não damos a devida importância. Acho que pra tirar a própria vida é preciso ter coragem, o problema é que pra quem acredita em outras vidas, esta atitude extrema pode não ter sido resolvida nessa e vc ter que responder em algum lugar por aquele ato extremo que praticou e quem sabe da pior assunto. Fiquei chocada, passei noites sem dormir e a ponte pode ser linda, mas perdeu o encanto pra mim. Infelizmente acho que as autoridades competentes poderiam tomar providências mais drásticas para evitar tantos suicidios, mas não divulgam, tenho dúvidas se apenas pra não macular a imagem de ponto turístico que ponte tem e pensando sempre no retorno financeiro que ela dá e que com a divulgação pode deixar de dar. O assunto suicidio tem e deve parar de ser tabu e encarado de frente. Pessoas pedem socorro e precisamos de alguma forma ajudar. Tive vontade de correr lá e evitar que aquelas pessoas se jogassem.

Luiz Henrique disse...

Discordo. Tem muita gente que tem uma vida fácil, tranquila. Ninguém veio nesse lugar para passar por penúrias. Pensar assim é aceitar a desgraça como forma de vida. Mas em relação ao vídeo, não vejo choque nenhum. Só pessoas fracas sem nenhuma ajuda externa tirando a própria vida. Tem que ser muito covarde pra tentar tirar a própria vida. Na minha opinião, o que choca é pensar se o suicida se arrependeu ou não no intervalo entre o pulo e a morte.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails