12 de mai de 2011

Lendas Urbanas - A VINGANÇA DA PEQUENA CRIANÇA

  • Uma história real?


Esta história que vou vos contar não é inventada mas sim verídica por isso espero que não se assustem demasiado. Certo dia os meus pais resolveram mudar de casa, porque achavam que a casa estava a ficar velha e demasiado pequena, então resolveram procurar uma casa mais moderna e muito maior, foi então que, uma bela casa, mais parecia um castelo, chamou a atenção da minha mãe e claro aproveitarão logo para a comprarem porque nem estava tão cara. 

Rapidamente nos mudamos para aquela lindíssima casa, nada de estranho tinha acontecido, ate que, passado 2 meses de nos instalarmos, tínhamos ouvido gritos, choros, mobília a cair e pratos a voarem pelo o ar, não sabíamos o que estava acontecer e a minha mãe já esta a delirar por ver e ouvir coisas estranhas. Numa noite a minha mãe levanta da cama e vai á cozinha, eu vou atrás porque achava a maneira dela olhar para as coisas muito estranha, foi então que vi a minha mãe falando sozinha de joelhos, e eu assustada fui correndo para o quarto e enrolei-me nos cobertores e lençóis para esquecer aquele momento, mas aquele momento ainda mais estranho ficou, vi as bonecas da minha Irma andarem de uma maneira estranha e eu claro sai dali a correr foi então que alguém me puxou para um armário onde tinha um bilhete escrito:" DEIXA A MINHA MAE EM PAZ; ELA NAO TE PERTENCE", fiquei ali a noite toda a chorar mas ninguém me ouvia o que era estranho. 


No dia seguinte consegui sair daquele armário e fui procurar os donos daquela casa, foi então que encontrei 2 fotografias no sótão da casa, onde tinha uma família com uma rapariga muito bonita chamada Dorinda,a estranheza dessa foto foi que, a mãe da criança era igualzinha á minha mãe, foi então que percebi "aquele bilhete", noutra foto estava à mesma rapariga mas morta, acho que tinha sido estrangulada, contudo já tinha percebido a razão daquelas coisas estranhas que havia acontecido em minha casa. 

Fui contar a historia toda aos meus pais e mostrei-lhes as fotos e eles ficaram com medo e rapidamente saímos daquela casa. Dizem que ainda vive o espírito da menina naquela casa á procura de vingança por ter morrido tão cedo e por estar longe da sua mãe.

BY Ana e Luciana


. . . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails