29 de nov de 2012

Hotel feito integralmente de bambu em Bali


  • Um lugar lindo e totalmente integrado com a natureza

A designer Elora Hardy deixou o mundo da moda para se dedicar a construção de um futuro sustentável em uma ilha de Bali, na Indonésia. Junto a arquitetos da Ibuku, uma empresa  de construção conceitual local, projetaram um complexo de construções em um pitoresco vale às margens de um rio; reconhecendo a versatilidade e durabilidade do bambu, que foi escolhido como principal material de construção para o projeto Green Village.

O Green Village combina os princípios da construção sustentável e o artesanato local, mostrando o potencial infinito do bambu. Este é um lugar único, onde as pessoas podem sentir-se em harmonia com a natureza.

As casas de bambu seguem os contornos do terreno onde estão construídas. Uma vista deslumbrante do rio e de florestas tropicais, fazem da residência um belo conto de fadas. Além da originalidade, conforto e luxo também estão bem presentes no projeto. 


Tudo é feito de bambu: armação de porta e janelas, escadas, mesas, cadeiras, pisos, e até mesmo os armários e as paredes. O artesanato incrível exemplifica o que é possível fazer com material renovável:

- "Nossa visão de ser verde não foge da lógica de não causar danos e ser consciente", diz Elora Hardy, diretora criativa da Ibuku. - "Ao utilizar materiais sustentáveis e artesanato misturado com responsabilidade social, criamos um conceito de desenvolvimento único".

Ao ver as imagens não restará dúvida sobre a beleza arquitetural e artesanal do projeto desta pousada que utiliza uma planta tropical renovável e que produz ano a ano sem a necessidade de replantio.

Além de ser um eficiente sequestrador de carbono, o bambu é o recurso natural que se renova em menor intervalo de tempo, não existindo nenhuma outra espécie florestal que possa competir com ele em velocidade de crescimento e de aproveitamento por área.

No entanto, apesar de toda versatilidade, a planta ainda é pouco utilizada no nosso país por total desconhecimento de suas espécies e aplicações e também devido à falta de pesquisas específicas desta grama arborescente (sim, o bambu é uma gramínea) que pode chegar até a 15 metros de altura.























. . .

Um comentário:

clarimar tabarin disse...

que lugares maravilhosos e belos para se viver isso prova que deus existe essas pessoas que vivem nesses lugares sao previlegiadas amei

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails