12 de jun de 2013

Jovem vem usando espartilho nos últimos três anos para encolher sua cintura

EU TENHO MEDO DOS SERES HUMANOS...

Michele Koebke, 24 anos, quer estabelecer um novo recorde para a cintura mais fina do mundo. 

Para alcançar seu objetivo, ela vem usando corsets cada dia e noite durante os últimos três anos, e somente retira a peça quando vai tomar banho.

Infelizmente, este fascínio doentio com corsets está cobrando um pedágio em sua saúde.

Michele é uma grande fã da silhueta vespa (cinturinha de pilão) da moda do século, quando as mulheres usavam espartilhos apertados para reduzir suas cinturas e alcançar uma aparência semelhante ao corpo segmentado da vespa. 

Só que ela levou sua paixão ao extremo, vestindo um espartilho a cada dia e noite desde o final de 2009, na esperança de que possa um dia estabelecer um novo recorde para a menor cintura do mundo.




Durante os últimos 3 anos, Michele conseguiu diminuir sua cintura de 64 centímetros para 44 centímetros, o que dá a esperança de que possa um dia superar seu ídolo, Cathie Jung, cuja cintura de 34 centímetros -dizem que tirou ossos da costela- é atualmente considerada a mais fina.

ESSA É A LOUCA QUE DETÉM O RECORD:

Cathie Jung, a rainha do espartilho, é a pessoa com a menor cintura da terra

Embora ela admita que apertar gradualmente seu corpo em espartilhos cada vez menores é como um esporte radical, deixando-a sem fôlego e incapaz de consumir uma refeição normal, a jovem berlinense diz que ama sua cintura bastante deformada.

Vestir esta espécies de colete por tanto tempo enfraqueceu os músculos abdominais de Michele que começa a ter problemas a se sustentar de pé quando não está usando a peça. Seu estômago foi empurrado para fora da sua posição horizontal normal e agora está tão apertado que ela tem que comer até 10 pequenas refeições por dia, em vez das três habituais.


Durante uma reportagem em vídeo da Barcroft TV, Michele foi ver um médico, que lhe disse:

  - "Se continuar assim, com o tempo, não conseguirá mais andar sem o espartilho, ou no pior dos casos, nem conseguirá se mover". A previsão sombria sobre o seu futuro teve muito pouco efeito sobre a entusiasta do espartilho, que disse que já sabia dos riscos quando começou a usar as roupas apertadas.

Embora nem todo mundo goste de cintura deformada, Michele Koebke tem milhares de simpatizantes, especialmente no YouTube, onde regularmente posta vídeos documentando sua transformação, e também no seu perfil no Facebook, onde posta fotos regularmente. A jovem está determinada a continuar usando espartilhos, pelo menos até atingir 38 centímetros.










. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails