11 de fev de 2015

A imponente Árvore de Tule

  • Considerada uma das mais velhas árvores vivas no planeta

El Árbol del Tule é um cipreste de Montezuma poderoso localizado no centro da cidade de Santa Maria del Tule, no estado mexicano de Oaxaca. Sua existência foi registrada há mais de 2.000 anos por ambos astecas e espanhóis que fundaram a cidade de Oaxaca, fazendo com que Árbol del Tule seja uma das árvores mais antigas do mundo. Seu tronco e ramos entrelaçados tomaram diferentes formas com o tempo e com um pouco de imaginação é possível ver rostos de goblins, monstros e animais.

Ela é também uma das maiores árvores do mundo, e acredita-se que tenha o mais vasto tronco. As medidas da sua circunferência, tal e qual relatadas por várias fontes, variam de 42 metros para mais de 52 metros. O tronco é tão grande que são necessárias até trinta pessoas -alguns dizem cinqüenta- com os braços estendidos para abraçá-la.


A árvore tem mais de 40 metros de altura, tão alta que supera igreja principal da cidade e suas torres. Sua fama é tão grande que ofusca tudo o que a cidade representa. Na verdade, a cidade inteira parece ser construída em torno desta particularmente grande árvore de cipreste com o seu mercado de artesanato, igreja e praça, todos em volta dela. Toda a vida e subsistência gira em torno desta árvore.

Tradicionalmente, a população de Tule ganhava a vida extraindo e processando cal para a venda na cidade de Oaxaca. No século 20, grande parte da população se tornou agricultor no cultivo de milho, feijão, grão de bico e alfafa. Com a industrialização, a economia de Santa Maria del Tule tornou-se diversificada e a árvore se tornou o centro do turismo para a comunidade. Pelo menos três quartos da população da cidade dependem diretamente da árvore para a sua subsistência.

Santa Maria del Tule costumava ser um lago cercado por pântanos onde existiam muitos ciprestes. Hoje, o lago secou e os pântanos desapareceram. Mais recentemente, o aumento da urbanização e da agricultura irrigada diminuiu o lençol freático, ameaçando a sobrevivência da árvore.










. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails