28 de set de 2015

Quis colocar o amor da esposa à prova e teve a resposta que menos esperava

Irremediavelmente, as circunstâncias provocam que às vezes surjam inseguranças dentro de nossa relação, afinal ninguém disse que o casamento é uma coisa fácil. 

Nestes casos, os casais que gozam de um alto grau de confiança e cumplicidade, costumam recorrer ao diálogo para resolver quaisquer problemas. No entanto, há aqueles que se comportam de forma estranha, utilizando tretas pouco convencionais para saber se as coisas funcionam, ou não, como deveriam.

Devemos ter em conta que a confiança, seja com nosso casal ou com um amigo, é a base de uma pirâmide que vai sendo construída pouco a pouco. Precisamente, a história que você lerá neste post ilustra perfeitamente este tema. Ainda que faz algum tempo que circula pela internet, não podíamos deixar passar a oportunidade de compartilhar com todos, pois o final é tremendamente inesperado:

Ricardo estava preocupado porque sentia que sua esposa, Helena, estava distante e pouco amorosa com ele. Ademais há dias ela inventava dores de cabeça para evitar o sexo. Ele a amava de forma descontrolada e, desconfiado como ele só, quis saber como ela reagiria se ele desaparecesse de sua vida de repente, motivo pelo qual não teve melhor ideia do que escrever uma carta dizendo que tinha cansado de viver com ela e que tinha ido embora de casa.


Ele sabia perfeitamente que podia ser uma brincadeira de mau gosto, pesada e um tanto infantil, mas precisava saber o que sua mulher ainda sentia por ele.

Colocou a carta no criado-mudo e escondeu-se debaixo da cama até que Helena chegasse do trabalho. Tinha a intenção de presenciar a cena dramática que montaria sua esposa depois de ler a carta de abandono na primeira fila.

Finalmente Helena chegou em casa, viu a carta sobre a mesinha e a leu. Após alguns momentos de silêncio, pegou uma caneta e acrescentou algo à folha de papel. Então começou a trocar de roupas, cantarolando melodias alegres enquanto dançava como se não tivesse acontecido nada. Parecia cheia de alegria, em vez de afundada e destroçada. 

O homem, com o coração ferido, não tinha ideia de que as coisas ainda iam piorar. A mulher pegou seu celular na bolsa e fez uma chamada. Seu marido, que seguia escondido embaixo da cama, escutou toda a conversa:

- "Oi mozão, acabei de me trocar e estou pronta para te ver quando quiser. Quanto ao corno, acho que por fim desconfiou da galhada e foi embora. Cometi um grave erro ao casar-me com ele. Oxalá tivesse conhecido você antes. Te espero na portaria, gostoso!".

Ato seguido, Helena guardou o telefone, ajeitou o cabelo em frente a penteadeira, borrifou o seu melhor perfume e saiu do quarto.

Poucos segundos depois, Ricardo escutou a porta principal fechando. Sua esposa tinha saído. Ele estava totalmente paralisado, sem reação ao não poder acreditar no que havia presenciado.

Com lágrimas nos olhos, um amargo nó na garganta e com o coração profundamente destroçado, saiu debaixo da cama em busca da carta que tinha deixado a Helena e viu o que ela tinha acrescentado:

- "Vi seus pés debaixo da cama, seu tonto. A falta de sexo é porque eu estava ansiosa sem ter uma certeza, mas confirmei hoje, você vai ser pai. Vou comprar pão e já volto. Também te amo!"

Fonte




. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails