25 de abr de 2016

A inspiradora história de um menino cego que construiu uma empresa milionária

Aos 23 anos, o empresário indiano Srikanth Bolla é o CEO de uma empresa que vale hoje quase 10 milhões de dólares. Essa é uma conquista maravilhosa, mas o que é verdadeiramente inspirador é que ele conseguiu fazê-lo apesar de ter nascido completamente cego. 

Hoje, ele se considera o homem mais sortudo do mundo, não pelo seu sucesso, mas por ter podido contar com pais que sempre o apoiaram em todos os momentos.

Quando Srikanth nasceu cego, vários amigos e parentes de seus pais aconselharam a abandoná-lo, uma prática um tanto comum na Índia. Isso teria sido a coisa mais fácil de fazer, dado o fato de que eles também eram muito pobres e sem instrução, ganhando não mais que 100 reais por mês. Mas eles escolheram não só manter o garoto, como também criá-lo em um ambiente positivo e amoroso.

- "Eles são as pessoas mais ricas que conheço", diz muitas vezes o rapaz.


E sua excelente parentalidade foi mais, porque hoje Srikanth é o CEO da BollAnt Industries, uma empresa com sede em Hyderabad que emprega uma grade equipe que fabrica embalagens ecoamigáveis feitas a partir de papelão e papel reciclado. 

A empresa tem quatro unidades fabris em três estados no sul da Índia: Andhra Pradesh, Telangana e Karnataka. O trabalho duro e o sucesso sem precedentes de Srikanth impressionou o mundo dos negócios, atraindo investimentos de empresas do magnata indiano Ratan Tata.

Não foi um caminho fácil para Srikanth, ele teve de enfrentar vários desafios toda a sua vida, incluindo a rejeição de seus pares em sua escola da aldeia. Mas mais tarde ele foi transferido para uma escola para crianças especiais, onde se destacou e também desenvolveu um interesse pelo xadrez e críquete.

À medida que envelhecia, ele começou a assumir desafios maiores. Embora lutasse para se manter na escola, ele finalmente encontrou um professor que foi bacana o suficiente para converter todas as suas lições em arquivos de áudio, ajudando-o nas suas provas finais.

Mas a rejeição ainda abespinhava a vida de Srikanth, que sonhava em ir para uma faculdade referência em tecnologia da Índia. Mas ele foi rejeitado, apesar de ter tidos boas notas no vestibular, com a desculpa de que ele era cego a escolha não estava preparada para ter um aluno nestas condições. 

Mas ele conseguiu usar suas excelentes registros acadêmicos para ser admitido no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, famoso MIT, onde se formou em 2012. Ele voltou para a Índia logo depois, e decidiu iniciar uma empresa que para empregar pessoas que tinham ajudado ele de alguma forma em sua vida até ali.

- "Compaixão não é sobre dar uma moeda a um mendigo no sinal de trânsito", disse ele. - "Senão mostrar a alguém a maneira de viver e dar-lhes a oportunidade de prosperar. Mostrar compaixão e tornar as pessoas ricas. Incluir pessoas em sua vida e acabar com sua solidão, e, finalmente, fazer algo de bom; que isso tudo acaba voltando para você."

Srikanth fundou a BollAnt Indústrias em colaboração com Swarnalatha, seu professor de necessidades especiais na escola e mentor ao longo da vida e amigo.

- "Ela treina todos os empregados com deficiência em BollAnt criando assim uma forte comunidade onde todos se sentem valorizados", explica Ravi Mantha, um dos investidores da empresa. - "Srikanth é a minha verdadeira fonte de inspiração. Ele não é apenas o meu jovem amigo e protegido, mas é também o meu mentor, que me ensina diariamente que tudo é possível se você definir sua mente para isso, se você disser que sim."

O objetivo imediato de Srikanth é abrir uma quinta fábrica que irá funcionar inteiramente com energia solar. Atualmente, ele está tentando levantar fundos para realizar este sonho.

Fonte



. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails