6 de fev de 2017

Este jovem de 32 anos fala 56 idiomas fluentemente

Não é incomum para a juventude de hoje em dia falar mais do que uma língua, mas Muhamed Mešić, de 32 anos, não é um poliglota típico. Ele pode se comunicar fluentemente em 56 idiomas diferentes e afirma entender mais de 70 deles. Desde que ele era um garotinho em Tuzla, uma cidade industrial na ex-Iugoslávia (atualmente na Bósnia Herzegovina), Muhamed era estranhamente fascinado pelas línguas, mas tinha um segredo.

Seu talento excepcional para aprender rapidamente a se comunicar em línguas diferentes foi descoberto por acaso, quando ele tinha apenas 5 anos de idade. Ele estava de férias com sua família, na Grécia, e lembra-se de ser capaz de ouvir o seu vizinho local falando grego e descobrir o que ele estava dizendo a partir da situação em que estavam.

- "Esta foi a primeira vez que encontrei pessoas cuja linguagem eu não podia reconhecer", lembra Muhamed. - "Eu podia ouvir nossos vizinhos conversando e depois descobrir o significado da situação. No final das férias, eu já ajudava o meu pai a se comunicar com um mecânico local que reparou o nosso carro. Meus pais ficaram chocados."


Mas isso foi apenas o começo de sua jornada para dominar tantas línguas quanto pudesse. Quando tinha nove anos, ele aprendeu sueco com soldados estacionados em sua cidade durante a Guerra Civil da Bósnia, e depois do conflito ele foi à Hungria e conseguiu aprender húngaro também. 



- "Na minha primeira viagem depois da guerra para a Hungria, minha avó exigiu que eu não aprendesse húngaro, ela não gostava e disse que eu não precisava. Quando voltei, tive medo de lhe dizer a verdade", disse ele.

Em pouco tempo, sua família percebeu que havia algo especial em Muhamed. Os médicos que o examinaram concluíram que era Síndrome de Asperger (uma forma leve de Autismo) que lhe permitia aprender novas línguas estrangeiras tão facilmente, às vezes sem querer. Ele lembra que uma vez, um amigo lhe pediu para aprender o letão para que pudesse acompanhá-lo em uma viagem de negócios, e ele se tornou fluente na língua báltica em apenas 2 semanas, com a ajuda do YouTube, dois livros e 43 quadrinhos.

Ao ser questionado como aprendeu a falar hebraico, Muhamed disse: 

- "Quando eu tinha 12 anos, eu escutei um programa na rádio com o presidente da comunidade judaica na Bósnia. Fui colocado on-line e perguntei-lhe como posso aprender as três línguas do judaísmo: ladino, iídiche e hebraico. Ele riu e perguntou: 'tudo de uma vez?', E então recomendou começar com o hebraico. Naquela época eu também tinha um bom amigo que mantinha os videocassetes de todos os concursos de música Eurovision ao longo dos anos. Então foi assim que comecei a aprender hebraico: recitando as canções de Israel na competição."

Mas apesar de sua habilidade notável para aprender línguas estrangeiras com facilidade, Muhamed também é 100% dedicado à sua paixão por línguas e dedica quase todo o seu tempo para estudá-las e praticá-las. Ele diz que quase não tem tempo livre, o que é difícil para um homem de 32 anos, mas ao mesmo tempo, dedicar-se à sua paixão faz com que se sinta feliz e satisfeito.

- "Vou ser honesto. Eu gasto cerca de 200 dias por ano no avião. Estou sempre viajando para várias palestras, seminários, treinamentos ... mas eu não estou reclamando. Eu percebi que você tem que ser uma vítima se você quer ter sucesso e eu realmente sou uma", disse ele à Rádio Sarajevo. - "É importante ter um objetivo e trabalhar duro para alcançá-lo, e os resultados virão."

Hoje, Muhamed fala 56 línguas diferentes, desde as mais comuns, como o inglês ou o português, até o japonês e o georgiano, e até mesmo as línguas que a maioria de nós nunca ouviu falar, como o kinyarwanda (língua oficial de Ruanda) ou o quechua, dos povos indígenas dos Andes centrais da América do Sul). Alguns deles raramente consegue praticar na vida real, mas isso não os torna menos importantes.

- "Não me concentro no simples aprendizado de uma língua", diz Muhamed. - "Eu falo islandês por exemplo, mas eu não acho que devo fazer qualquer coisa com isso além de falar com amigos e colegas. A linguagem é conhecimento, e conhecimento é felicidade, e isso é importante na vida. Uma língua morre quando as pessoas que a falam já não se referem a ela como riqueza, mas como algo redundante. E quando morre, o conhecimento nela transmitida morre com ela."

56 parece muito, mas Muhamed afirma que quanto mais línguas você fala, mais fácil é aprender novas, porque muitas delas têm muitas semelhanças. Alguns linguistas chegaram a questionar a capacidade deste homem falar fluentemente em mais de 50 línguas, mas ele conseguiu provar que sim. Estou inclinado a acreditar que este homem é o CEO da Torre de Babel.

O site oficial de Muhamed está atualmente em construção, por isso ainda não temos acesso à lista completa de 56 línguas que ele fala. Mas ele tem cerca de uma dúzia de vídeos no seu canal do YouTube, onde ele fala em diferentes idiomas.

Ele diz que não aprende línguas para se gabar, e basta que as pessoas possam entendê-lo. Mas basta ver alguns de seus vídeo para inferir sua fluência está muito acima de uma simples conversa, então ele está apenas sendo modesto.





. . .

2 comentários:

Nonsense disse...

Vc parou com o blog?

Nonsense disse...

O blog parou?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails