11 de set de 2012

O SUPERVULCÃO YELLOWSTONE PODE ACORDAR VIOLENTAMENTE


  • Um cenário aterrorizante que vai acontecer de verdade, só não se sabe quando

Este vulcão e a sua caldeira situam-se no Parque Nacional de Yellowstone, que ocupa grande parte da região noroeste no Wyoming, além de pequenas partes dos estados de Idaho e Montana, nos Estados Unidos da América.

Os geólogos conseguiram calcular que o ciclo de erupções do Yellowstone é em média, uma explosão gigantesca a cada 600 mil anos. O interessante é que a última ocorreu há 630 mil anos. Yellowstone, ao que parece, está com o prazo vencido.

Se o vulcão Yellowstone entrasse em erupção, a sua erupção duraria aproximadamente cinco dias. Cerca de três meses após a erupção uma nuvem de poeira vulcânica cobriria o Hemisfério Norte, fazendo as temperaturas baixarem para -30ºC. Ao mesmo tempo o Hemisfério Sul teria uma estação seca que duraria tempo indeterminado e temperaturas que chegariam a 50°C.


Imediatamente após a erupção um gás mortal e venenoso, chamado piroplastic que atingiria a temperatura de 900°C espalhar-se-ia incinerando tudo num raio de 1900km, devastando as regiões do Kansas, Nebraska, Livingstone, etc. Partículas do gás poderiam espalhar-se ainda mais longe, matando várias pessoas por envenenamento ou asfixia.

O tremor de terra resultante da erupção atingiria o grau 8.9 na Escala Richter, provocando uma onda subterrânea que iria espalhar-se até o oceano, causando um enorme tsunami com ondas de 55 metros, que iriam devastar as áreas costeiras da Europa, América Central, América do Sul, e Ásia.

A última erupção de um supervulcão na Terra foi em Toba, no norte de Sumatra, 74 mil anos atrás. Ninguém sabe sua extensão; sabe-se apenas que foi colossal. Acredita-se que o evento possa ter deixados os seres humanos à beira da extinção, reduzindo a população global a nada mais do que alguns milhares de indivíduos. No mínimo é um senário assustador.





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails