20 de mar de 2013

Homem que nasceu sem pênis, terá um feito a partir de seu braço


Essa é uma daquelas histórias que você nem consegue se colocar no lugar da pessoa. Só sei que esse cara sofreu muito e ainda sofre. Que situação complicada. Veja a história e entenda melhor:

Andrew Wardle, de 39 anos, um guarda de Segurança britânico nasceu sem pinto, mas vai se converter no primeiro homem no mundo que se submeterá a uma operação pioneira: implantar um pênis feito de seu braço. Andrew nasceu com uma bexiga ectópica, isto é, formada fora de seu corpo. Tinha testículos mas não o órgão. Ainda que a bexiga tenha sido recolocada, continuou sem pênis até agora.

Agora, os cirurgiões da University College London decidiram realizar uma complicada operação de três estágios, que implica utilizar pele do ante-braço para reconstruir um peru. Os médico utilizarão uma importante parte da pele, com seus vasos sanguíneos e nervos, e enrolarão em forma de tubo antes do enxerto na área púbica. 

Após o pós-operatório, Andrew receberá um implante de uma bomba que poderá acionar para urinar e também, possivelmente, para praticar sexo.

Seu "defeito" causou-lhe muitos outros problemas. Sua mãe, que só tinha 17 anos quando teve o filho, deu Andrew em adoção e, conforme crescia, seu rim apresentou inúmeros problemas e infecções. Sofreu 15 operações para implantar um tubo em sua bexiga que permitisse passar o líquido normalmente.

Andrew assinala que "nunca pensei que este dia chegaria e ainda não posso acreditar que seja possível que possa ter realmente um pênis em pleno funcionamento. Se for bem sucedido, por fim poderei começar a viver como um homem normal. Coisas como fazer sexo e começar uma família, agora poderia ser uma possibilidade para mim", sublinha.

Pese a sua falta de pinto, Andrew explica que já esteve com mais de 100 mulheres (?):

- "Algumas foram apenas por uma noite; outras, relações longas. A pelo menos 20% delas eu contei a verdade. O fato de não ficar dando em cima louco por sexo -como faz todo homem-, me fez mais atraente para as mulheres. Eu tenho encanto e empatia porque não penso sempre em sexo", explica.

- "A única coisa que posso sentir com as garotas são borboletas no estômago", confessa. Mas sua primeira namorada aos 17 anos entendeu a situação quando ele falou para ela do seu problema e ficaram juntos durante quatro anos até que ela terminou o namoro porque queria "experimentar coisas que eu não podia lhe dar".

Foi quando buscou refúgio nas drogas como o êxtase e o LSD. Eram sua desculpa perfeita e dizia as garotas que não podia ir até aos "finalmente" devido ao efeito colateral que estas produziam.

No entanto, há dois anos Andrew tentou suicidar-se. Após confessar que estava em seu ponto mais baixo à irmã Michelle Bailey, pediu ajuda. Foi ao médico de sua infância que lhe disse que haviam acontecido muitos avanços em cirurgia e que poderia ter esperança. Depois de consultar os especialistas, estes aceitaram operá-lo. Andrew planeja escrever um livro contando sua história.





. . .

Um comentário:

André disse...

Eu nunca esfreguei meu braço em uma vagina para ver se sentia prazer... Mas...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails