4 de jul de 2013

Indenizado com 58 milhões de dólares depois de perder parte de sua cabeça em uma briga

Quando Antônio López Chaj, um pintor californiano de origem latina, tratou de mediar uma briga que estava acontecendo com dois de seus sobrinhos com o dono de um bar e o segurança  do mesmo, jamais pensou que isso iria lhe causar tanto estrago, pese a que tenha sido indenizado com mais de 58 milhões de reais (131 milhões de reais). Sensíveis abstenham-se de ver este post.

Os fatos, esclarecidos por um tribunal da Califórnia (EUA), impressionam tanto ou mais que a fotografia do homem sem parte de seu cránio. Tudo aconteceu quando o segurança começou a golpear Antônio com uma porrete até deixá-lo inconsciente e, quando já estava no chão, então chutou sua cabeça oito vezes além de bater o crânio do homem contra calçada em outras quatro ocasiões.

- "Acho que o segurança enlouqueceu", assinalou o advogado do ferido, que depois da surra perdeu a fala.


O pior de tudo é que as secuelas não são apenas apreciáveis a simples vista, logicamente o homem perdeu grande parte de suas funções psicomotoras. Além de não poder falar, mal pode caminhar e precisa da atenção de uma enfermeira 24horas por dia.

Pese a que os 58 milhões de dólares de indenização supõem a mais alta entregue a apenas uma pessoa no estado da Califórnia, existem muitas incertezas sobre a possibilidade real de que os acusados possam cumprir a sentença. 

Tanto o dono do bar quanto o seu segurança estão em paradeiro desconhecido desde que a condenação foi publicada.


Resultado: Isso não vai dar em nada, afinal os culpados não terão esse dinheiro o pobre homem que terá que ficar assim o resto da vida. Muito triste esse caso.





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails