25 de out de 2013

Mulher com imagem corporal extremamente distorcida praticamente virou homem

  • Sempre leio casos parecidos e nunca acaba bem
Nunca vi casos assim terminarem bem, a pessoa não gosta do seu corpo e começa uma busca irracional para se tornar o que não é, e o resultado, quase sempre, é desastroso.

Insatisfeita com sua aparência, Candice Armstrong, uma ex- garçonete de Londres, começou a ir para a academia puxar ferro durante três horas por dia. 

Depois de um tempo, Candice não conseguiu obter os resultados que queria, então começou a tomar bombas e, finalmente, tornou-se viciada neles. 

Hoje, a jovem entusiasta de musculação praticamente se transformou em um homem, com ombros excepcionalmente largos, perceptível barba rala e desenvolvimento dos órgãos sexuais masculinos.

Candice, que sofre de dismorfia corporal, sempre se sentiu insatisfeita com sua aparência feminina, especialmente com a parte superior do corpo que ela achava que era muito fina.


- "Eu odiava meu corpo. Meus quadris e pernas eram muito grandes e os meus braços e torsos muito magros. Eu pensava que estava fora de proporção e que não era atraente. Eu nunca tive um bom relacionamento com um homem", diz Candice.

Ela logo se viu na academia, levantando pesos e fazendo flexões para melhorar seu físico, mas depois de alguns anos de trabalho duro, seu corpo não mostrava o desenvolvimento suficiente. Candice intensificou seus treinos tornando-se obcecada com a forma como parecia e se exercitava durante três horas por dia.

Sem pensar muito, ela também começou a tomar doses diárias de trembolona -um esteróide normalmente usado por veterinários para aumentar o crescimento muscular em animais-. Ela pensou que os esteróides finalmente iriam ajudá-la a ter a parte superior do corpo volumoso que sempre quis.

- "Depois de um ano, todo mundo dizia que eu tinha os braços de Madonna, mas Madonna é uma magrela, eu queria que eles bem maiores. Foi quando ouvi alguém falando sobre esteróides e como comprá-los on-line", explica ela. - "Quando comecei a tomá-los, treinei ainda mais pesado, o que me permitiu construir mais músculos a olhos vistos a cada dia".

Candice finalmente conseguiu braços dignos de seu sobrenome (braços fortes), além de tríceps, peitoral e tronco. Só que o uso de esteróides veio acompanhado de efeitos colaterais indesejados. Primeiro, os pelos começaram a crescer em lugares típicos para um homem, como o rosto, peito e abdômen.

- "Comecei a fazer a barba tentando encobrir as coisas", diz Candice. Em seguida, sua voz começou a mudar, tornando-se mais grave, rouca e profunda. Lenta e seguramente ela tornou-se viciada em esteróides e, mesmo depois que parou de menstruar, ainda continuou tomando bomba. Seu maior medo era que sem o doping, seus braços iriam definhar novamente. Ela conta ademais que nos dois anos que usou esteróides, seus clitóris cresceu quase 5 centímetros.

- "O problema é que eu ainda sou grande em baixo e bem bunduda, e agora eu tenho todos esses problemas viris. É como ter o pior dos dois mundos", reclama ela.

Candice está agora ainda mais insatisfeita de como ela reflete no espelho e sua dismorfia corporal piorou.

- "Eu costumava ter um monte de atenção dos homens, me olhavam com desejo. Agora, poucas pessoas me acham atraente. Mas eu não posso dizer que sinto falta de sexo. Eu não tenho nenhum desejo sexual e estou mais insegura do que nunca", relata e acrescenta: - "Agora eu pareço um homem e eu odeio isso. Até a minha própria mãe me disse que eu não pareço mais a sua filha".

Seu corpo é tão viril que ela muitas vezes é confundida com uma drag queen e por isso é forçada a vestir roupas masculinas e evitar banheiros femininos.

- "Eu tenho que evitar banheiros femininos. E um homem que dormiu comigo disse que nunca havia ficado com um homem antes, mas que eu fui a melhor coisa que ele tinha conhecido. Coisa?".

Mas não são apenas os olhos destreinados das pessoas que veem Candice como um homem, os médicos também já assumiram que ela estava passando por uma mudança de sexo.

- "O meu clínico geral me perguntou se eu estava fazendo uma mudança de sexo, porque ficou chocado com a transformação de meu corpo", diz Candice. "Ele disse que nunca viu um caso como este antes. Estou muito doente para trabalhar, assim estou encostada recebendo o benefício por incapacidade".

Felizmente, a pobre mulher já está recebendo ajuda para sua imagem corporal extremamente distorcida, bem como por seu vício em esteróide, e está indo para o aconselhamento com um terapeuta uma vez por semana.
















. . .

Um comentário:

Mariane disse...

Que coisa mais bizarra! O ser humano a cada dia surpreende mais...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails