30 de out de 2013

Conheça a “necrocalça”, a roupa mais bizarra da história

  • Devo assumir que messa história me assustou, espero que ninguém queira fazer isso novamente

O Halloween está chegando, mas você provavelmente não vai achar nenhuma fantasia muito assustadora depois de conhecer a “necrocalça”.

Voltando um pouco na história, lá no século 17, alguns habitantes da Islândia produziam essa calça feita com a pele das pernas e virilha de um cadáver. Os proprietários usavam a vestimenta assustadora porque acreditavam que ela atraia riqueza.

Se você acha que não tem como a história ficar mais sinistra, se prepare. Para completar o ritual, o homem tinha que roubar uma moeda de uma viúva em alguma época de celebração, como Natal ou Páscoa, e guardá-la na região escrotal da calça. Um papel com um sinal mágico também era colocado lá. Só assim a roupa traria prosperidade e sorte, segundo a crença desses homens islandeses, que eram considerados bruxos.

No Museu Islandês de Feitiçaria e Bruxaria, no vilarejo Hólmavík, na Islândia, existe uma réplica da necrocalça feita em plástica. Ainda assim, ela consegue ser bem assustadora, como você confere na foto acima.

As necrocalças podiam ser feitas após um acordo entre dois homens. Ambos deviam concordar que, se algum morresse, o outro teria a permissão de utilizar a pele para a fabricação da peça. O corpo do doador deveria ser desenterrado no meio da noite, e a pele das pernas e virilha deveria ser retirada com cuidado, pois não deveria haver furos ou arranhões.

O homem sobrevivente do pacto deveria usar as calças por toda a vida, entretanto não poderia morrer com elas, ou estaria condenado a vagar pela Terra para sempre. 


O ser humano faz coisas inacreditáveis...





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails