7 de nov de 2013

AS 100 ESTÁTUAS QUE MOBILIZARAM UMA CIDADE

Uma história interessante e o lugar onde essas estátuas ficaram é algo perturbador, afinal, você ver 100 homens iguais olhando por horizonte, é de meter medo


A ideia de ter 100 estátuas exatamente iguais num mesmo espaço dá uma sensação de monotonia, não acha? Afinal, sair pra ver uma exposição de arte é quase sempre uma busca por descobertas e sentimentos até então desconhecidos.

Mas o escultor britânico Antony Gormley conseguiu não só chamar a atenção, mas também mobilizar uma cidade inteira em torno de sua obra, que consiste examente no que falamos ali em cima: 100 estátuas idênticas, numa instalação que ele batizou de Another Place (Um Outro Lugar).

Pra isso, ele utilizou algo conhece muito bem: o seu próprio corpo. Todas as estátuas são um retrato fiel do corpo de Anthony em tamanho real e completamente nu.

E como não poderia deixar de ser, essa parte da nudez causou bastante polêmica pelos vários lugares em que a obra foi exposta. Mas ao mesmo tempo, foi o fator responsável por mudar o futuro dessa obra, que foi criada com o intuito de ser itinerante.


Isso porque assim que chegou em Crosby, perto de Liverpool, no norte da Inglaterra, a exposição foi alvo de alguns protestos dos moradores locais, que não queriam aquelas figuras peladas na praia na cidade. Tanto é que muitas delas foram cobertas com roupas, por gente que não concordava com aquilo, e em outubro de 2006, o conselho de moradores vetou a permanência das estátuas lá.

Só que aos poucos, os outros moradores que eram favoráveis, foram mostrando que aquilo era uma expressão de arte importante pra cidade, a ponto de atrair turistas e gerar um retorno financeiro pra quem morava ali.

Até que alguns meses depois, em março de 2007, uma nova licença foi concedida para a permanência da instalação na praia. E mais do que isso, os moradores queriam que ela ficasse por lá em definitivo, acabando com o conceito itinerante dela.

E o autor da obra, honrado com o gesto, aceitou a idéia e cancelou a ida das estátuas pra Nova Iorque, que seria o próximo destino da Another Place.

Hoje já são 7 anos da exposição em Crosby, que tem os 100 homens espalhados por 3 quilômetros e olhando para o mar como uma importante referência artística pra cidade.








. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails