13 de jan de 2014

Kyle Kandilian, o garoto que cria 200 mil baratas em casa

  • Elas são seus animais de estimação e ainda lhe rende uma grana

Tudo bem que ele ganha uma grana com isso, mas sua atitude deve meter nojo em muitas pessoas que lerem essa matéria.

Ao contrário de muitas pessoas, Kyle Kandilian, um estudante universitário de Dearborn, Michigan, não apenas não tem medo de baratas, como também vive com dezenas de milhares desses insetos. Atualmente, ele estima que mantém cerca de 200 mil em sua casa.

O homem de 20 anos de idade, coleta e cria baratas tanto para diversão quanto para o lucro. Aparentemente, este hobby incomum está ajudando a pagar por uma educação na Universidade de Michigan-Dearborn.

Nas prateleiras, ele tem exemplares do inseto com preços a partir de “um centavo por uma dúzia”, para raças comuns nos Estados Unidos, chegando a US$ 200 para a Macropanesthia rhinoceros, conhecida popularmente por barata-rinoceronte, que pode viver até 15 anos. 


Ele tem uma grande variedade de clientes, incluindo as pessoas com animais que se alimentam de baratas e universidades que compram os insetos para fins de pesquisa.

Enquanto o jovem ama suas baratas, viver com 200 mil delas apresenta seus problemas, especialmente para seus pais. 

Certa manhã, perto das 4 ou 5 horas da madrugada, Kandilian foi acordado por sua mãe, que o levou para o banheiro. “Kyl, precisamos acabar com isso”, ela teria dito, enquanto apontava para a barata que silvava enquanto relaxava no rolo de papel higiênico.

Seu quarto está cheio de caixas empilhadas, todas elas contendo colônias de baratas – ao todo, ele reuniu cerca de 130 variedades. 

Depois de quase oito anos criando baratas, ele ainda fica admirado por toda a variedade das espécies.






Veja o vídeo:





. . .

2 comentários:

Anônimo disse...

Aff, nem morta entrava na casa dessa criatura... que nojo

Anônimo disse...

suave eu vi a matéria quase toda, pq o video eu acho q nao to muito afim de ver nao kkk ..

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails