4 de mai de 2014

Creta: a ilha onde Teseu matou o Minotauro


Com cerca de 8.000 km², Creta é a maior ilha grega em tamanho. Tem relevo bastante acidentado e montanhoso, e uma costa litorânea bastante recortada.

Creta é famosa por ter sido o berço da civilização Minoica, que atingiu o seu auge no segundo milênio a.C.; é considerada a civilização conhecida mais antiga da Europa.

Um dos destinos mais visitados em Creta é o Palácio de Cnossos ou Palácio de Knossos, que é onde a antiga cidade de Cnossos se encontrava, sendo possivelmente a construção mais antiga do continente europeu. Foi construído por volta do ano 2.000 a.C. Cnossos foi o maior e mais sofisticado dos Palácios de Creta. Tinha mais de 1.000 cômodos e ocupava uma superfície de 22.000 m².



Entrada norte do Palácio de Cnossos, em ruínas (Aviad Bublil/CC BY 3.0)


Teseu combatendo o Minotauro, estátua em mármore do artista Jean-Étienne Ramey,
1826, nos Jardins das Tulherias, em Paris (Domínio público)

Segundo a mitologia grega, Creta é o lugar onde o Minotauro, criatura mitológica com cabeça de touro e corpo humano, vivia. Segundo o mito, o Minotauro morreu pelas mãos do herói ateniense Teseu.

O touro era uma figura importante na cultura cretense, em razão de seu grande porte e sua grande potência física, esse animal era consagrado e utilizado em sacrifícios, e era parte das festividades. Nas festividades ocorriam jogos, e um deles consistia em fazer acrobacias em cima do touro. A imagem abaixo mostra isso.

Imagem aérea das ruínas do Labirinto de Cnossos,
construído no subsolo do palácio de Minos (Internet)
Conta a lenda grega que o deus Poseidon presenteou a Minos, rei de Creta, com um belíssimo touro branco. Era para que o rei Minos sacrificasse o animal em homenagem ao deus Poseidon. Mas a beleza do touro fascinou o rei, que sacrificou outro touro, um falso touro branco, no lugar do belo touro branco que Poseidon havia lhe dado para isso.

Poseidon, furioso pela tentativa do rei Minos de lhe enganar, fez com que Pasífae, esposa de Minos, se apaixonasse pelo touro branco, sendo que, da união do touro com Pasífae, nasceu o Minotauro (Touro de Minos). Sem outra opção, e não podendo matar o “filho” de sua esposa, Minos pediu ao famoso arquiteto Dédalo para que construísse um labirinto onde ele pudesse esconder o Minotauro de forma que este nunca pudesse encontrar a saída do labirinto e assim fugir. O Minotauro foi colocada nesse labirinto, o Labirinto de Creta, construído sob o Palácio de Minos, onde passou a viver.

O rei Minos, que havia vencido os atenienses numa guerra, ordenou que fossem enviados, todos os anos, sete rapazes e sete moças de Atenas para servirem de alimento ao Minotauro, para serem devorados pelo Minotauro. Isso revoltou os atenienses. Depois do terceiro ano de sacrifício de atenienses, o herói ateniense Teseu resolve apresentar-se para ir voluntariamente à Creta para matar o Minotauro.

No entanto, quem entrava no labirinto não conseguia encontrava a saída e acabava morto pelo Minotauro. No entanto, o ardiloso Teseu, usando uma comprida linha – um novelo de lã -, com uma ponta presa à entrada e e outra ao seu corpo, pode não se perder no labirinto e matar o Minotauro atacando-o de surpresa. O herói também ajudou a salvar atenienses que ainda estavam vivos dentro do labirinto. Saíram do local seguindo o caminho deixado pelo novelo de lã.


A enorme costa litorânea de Creta tem incríveis praias. Um das mais visitadas é a praia Elafonisi.

Praia Elafonisi (Internet)

A ilha de Creta é enorme, há muitas coisas para se visitar – museus, praias, palácios, sítios arqueológicos, igrejas… -, são necessários pelo menos 4 dias para se conhecer minimamente a ilha.

Creta, por sua história, cultura e belezas naturais, é uma dos lugares do mundo que merece ser conhecido.

Ficou com vontade de conhecer? Eu fiquei e quero ir.







. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails