17 de set de 2014

A extravagância da espalhafatosa juventude japonesa

Sem medo de equívocos, o Japão é um país cheio de extravagâncias e a juventude nipônica lidera estas práticas com estranhas modas que chamam poderosamente a atenção no mundo inteiro. 

Isto não é algo novo no arquipélago, já que há muito tempo eles começaram a manifestar diferentes tendências, muitas delas pouco convencionais.

No Japão existem centros neurálgicos da moda, onde milhares de jovens passeiam pelas avenidas mostrando os mais diversos estilos de vestimenta, penteados e outros artefatos que ajudam a criar um look mais elaborado. Lugares típicos para ver este tipo de espetáculos são Shibuya ou Harajuku em Tóquio, bairros que se destacam por suas lojas comerciais e que são uma passarela para os extravagantes jovens locais.

Os estilos que podem ser visto nas ruas da capital japonesa são muito diferentes entre si, mas algo têm em comum; são todos 
bem elaborados porque os jovens não deixam nada a esmo e suas aparências podem incluir desde diferentes cores de pele, até protuberâncias injetadas no rosto e corpo.

Ali podemos encontrar diferentes e espalhafatosas tribos, tais como:


Kigurumi: Jovens japoneses que saem à rua vestidos de pelúcia, com umas espécie de pijama com orelhas e outros detalhes infantis.

Yaeba: Moda japonesa que visa enfear o sorriso para ficar mais bonito (?). Acredite ou não, os jovens recorrem a dentistas para entortar os dentes. O resto da aparência é normal.

Ganguro: Este estilo foi furor no ano 2000 e trata-se de tentar emular às garotas bronzeadas de Califórnia. Esta moda é usada pelas jovens japonesas, que tingem a pele de cor café ou laranja e o cabelo platinado. Ademais, usam roupas muito coloridas.

Bagelhead: Moda atual que consta em injetar uma solução salina na pele para originar certas protuberâncias. São usadas, principalmente, na testa. No entanto, não são permanentes já que em 24 horas, a solução é absorvida pelo corpo.

Gothic Lolita: As vestimentas destacam-se pelo estilo vitoriano e infantil. Suas peles são pálidas e seus cabelos, pelo geral, escuros. Esta moda foi popularizada por Mana, integrante do grupo musical Malice Mizer.

Visual Kei: Surgiu dos estilos usados pelas bandas musicais relacionados a este tipo de melodias. O estilo é algo feminino e um pouco controverso. Sua origem pode ser rastreada no Kabuki, teatro tradicional japonês onde papéis femininos são interpretados por homens.












































. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails