19 de set de 2014

Nova rede social para ricos cobra R$ 21 mil por inscrição

Que sacada inteligente, porque não pensei nisso. Quem fez isso vai ganhar muita grana.

Quem usa o Facebook, provavelmente, já recebeu uma corrente dizendo que ele seria pago em breve. Isso é mentira. Mas há uma rede social, Netropolitan, que cobra para o usuário acessá-la. E não é pouco. Voltada para os ricos, ela tem uma taxa de inscrição de “apenas” US$ 9 mil (cerca de R$ 21 mil).

Lançada na terça-feira (16), a rede se descreve como “o clube online para pessoas com mais dinheiro do que tempo”. Segundo o seu criador, em entrevista à CNN, o seu produto está longe de ser uma brincadeira. Para James Touchi-Peters, há demanda o suficiente para que a página seja um sucesso.

“É 100% real, e acredito que há demanda e audiência para este serviço. Vi uma necessidade de um ambiente onde você pode falar das melhores coisas da vida sem receber críticas. Um ambiente em que as pessoas compartilhem gostos e experiências semelhantes”, afirmou Touchi-Peters.

O preço altíssimo, segundo ele, foi estabelecido para manter a rede social como um ambiente exclusivo e único. A ideia do site, como descrito na própria página, é que o usuário “se conecte a pessoas do mesmo status social, mas fora do círculo social”. Outras taxas também garantem benefícios diferentes.


Privacidade e moderação, sem anúncios

O Netropolitan tem, por exemplo, moderadores a todo momento fiscalizando o comportamento dos usuários, e evitando possíveis perturbações. 

Além disso, é possível contactar uma área de suporte sempre que necessário. Não há anúncios, e páginas do site não aparecem em ferramentas de buscas.


Celebridades na rede social

A privacidade é um foco extremamente valorizado pela rede, que promete não revelar nunca o número de usuários e nem quais possíveis celebridades utilizam o serviço. Para se registrar, é preciso ter 21 anos e inserir dados reais de identidade e localização, fundamental para encontrar contatos por perto.

Dúvidas?

Há ainda outros detalhes interessantes na sessão de perguntas e respostas do Netropolitan: só são aceitos posts em inglês na rede social, é proibido enviar mensagens pedindo uma vaga de emprego para algum usuário, não é possível criar páginas de empresas ou marca, não há sistema para criar anúncios no site e eles garantem que as informações não são vendidas para publicidade e outros.

Para quem estiver interessado em participar da rede social (netropolitan.info) “exclusiva”, a taxa de US$ 9 mil (cerca de R$ 21 mil) deve ser feita à vista por cartão de crédito no Netropolitan. Um e-mail de confirmação irá ser enviado para garantir o registro. Depois disso, serão cobrados, anualmente, mais US$ 3 mil (cerca de R$ 7 mil) para manter a conta funcionando.


Fonte




. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails