25 de set de 2014

Exame de ressonância magnética mostra sexo como nunca o viu

Um vídeo divulgado online revela como um exame de ressonância magnética pode mostrar de forma diferente o coito.

Ao contrário dos exames raio-X ou das Tomografias Computadorizadas (CT scans), a ressonância magnética não usa radiação prejudicial, começa por explicar o vídeo.

Isso significa que os técnicos podem gerar mais imagens, suficientes para criar um filme, prossegue.

Os cibernautas têm ocasião de ver «por dentro» processos biológicos desde o bater do coração, à ingestão de alimentos, e até ao sexo.

De acordo com o British Medical Journal, a razão para captar em ressonância magnética o momento mais privado de um casal é «Descobrir se é exequível captar imagens dos órgãos sexuais masculino e feminino durante o coito», por um lado; e por outro, «apurar se as nossas concepções sobre anatomia durante o coito e a excitação feminina são baseados em suposições ou em factos».

Como conclusão, o British Medical Journal apontou que «Captar imagens de ressonância magnética da genitália masculina e feminina durante o coito é possível, e contribui para o entendimento da anatomia».


Assista de seguida:


CASO NÃO CONSIGA VER O VÍDEO - CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails