25 de nov de 2015

Ex-milionário chinês gasta toda a sua fortuna resgatando cães

Aos 29 anos, Wang Yan ganhou e perdeu mais dinheiro do que a maioria das pessoas na vida. Ele costumava ser um homem de negócios milionário com uma fábrica de aço bem sucedida na capital Changchun, da província de Jilin, na região do Nordeste da China. 

Mas agora, quatro ano após sua empreitada, ele não tem nem mais um centavo em seu nome. Wang acabou gastando toda a sua fortuna para salvar e resgatar cães que iam ser massacrados. Ele se sentiu compelido a ajudar os cães depois que testemunhou pela primeira vez a situação desses animais em 2012.

Naquele ano Wang procurava seu próprio cão de estimação quando alguém sugeriu que ele tentasse procurar em um determinado açougue. Seu cão não estava lá, mas o homem andou perambulando pelas ruas atrás de seu fiel companheiro durante uma semana e testemunhou como os outros cães estavam sendo brutalmente assassinados. Profundamente perturbado, ele prometeu comprar cada cão que estivesse sendo levado por um açougueiro, apenas para que pudesse salvá-los de uma morte horrível.


E assim foi... Wang continuou comprando cães até que não tinha mais lugar para abrigá-los. Assim, ele evacuou sua fábrica e rebatizou o edifício para "Base de Resgate Animal de Changchun". 

Ele salvou milhares de cães até agora, muitos dos quais foram adotadas por amantes dos animais cão.

- "Há 215 cães no refúgio agora, a maioria veio de matadouros, guardados por voluntários que trouxeram até aqui", disse ele. - "Nós chegamos a abrigar quase 2.000 cães, muitos foram adotados mais tarde."

Wang gastou tanto dinheiro com a operação de resgate que sua fortuna, eventualmente, evaporou, e está agora cheio de dívidas. Mas ele não se arrepende, sua maior preocupação no momento é manter os cachorros quentes durante o inverno rigoroso. 

Ele está precisando de um abrigo mais quente e mais fontes de alimento para os cães. Sem um aquecimento adequado, os animais poderiam não sobreviver ao frio, na província de Jilin.

Apesar de ter gasto todo o seu dinheiro, estar cheio de dívidas e ainda ser confrontado com problemas cotidianos (sua namorada o largou), Wang não quer que as pessoas tenham pena dele.

- "Eu não aceito dinheiro", disse ele. - "Eu só espero receber alguns materiais de construção para que eu seja capaz de melhorar a Base para os cães."

Cães de rua são um problema comum em muitas cidades chinesas, e eles são muitas vezes abatidos, quer por autoridades locais ou açougues. 












Fonte

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails