3 de mai de 2016

Tinha 3.500 amigos no Facebook, mas morreu abandonado no meio do lixo

José Angel Taboada parecia ter duas vidas, a real e a digital. Em seu meio diário, mal falava com seus vizinhos, era esquivo, grosseiro e, como todo bom acumulador, vivia entre sacos de lixo. 

No entanto, no Facebook, sua história era diferente: tinha 3.500 amigos e publicava conteúdos bem humorados constantemente. No começo de abril morreu solitário em sua casas e ninguém reclamou seu corpo.

Os bombeiros encontraram José morto entre uma montanha de lixo. Em sua sepultura não há nome nem cruz, só o número 113 assinala seu lugar em uma vala comunitária de beneficência localizada em Vigo, Espanha, onde ele nasceu.



Sua conta do Facebook que tinha mais de 3.500 amigos que provavelmente nunca conheceu. Eles também não interagiam muito com José até que seu perfil teve uma mudança. Passou a ter uma legenda que diz "Em memória de". Aí foi quando descobriram que ele tinha morrido.

Dori Macía, uma mulher confidente de José na rede social descreveu o homem como piadista.

- "Ele gostava de contar piada e se jactava de seu agudo senso de humor", disse.

A mulher ficou preocupada pela repentina ausência de seu amigo na rede social, de modo que perguntou por ele mas ninguém respondeu. Não tinha sinal disso em seu perfil, mas ele sofria da Síndrome de Diógenes (Acumulação compulsiva). A foto logo abaixo mostra a área externa da casa do homem, mas os bombeiros indicaram que dentro era ainda pior.

Sua amiga seguiu buscando José, pois o silêncio nas redes a inquietava. Dori informou aos meios espanhóis que ela inclusive comprou créditos para o celular pré-pago do homem.



- "Achei que tinha ficado sem dinheiro e sem créditos", disse ela. No entanto, ele seguia sem ligar. Inclusive, a mulher ligou à paróquia do povoado onde morava seu amigo e prometeram pesquisar. Nunca retornaram a ligação.

Seu enterro foi solitário, só estavam presentes duas mulheres que não quiseram se identificar. Seus vizinhos não sabem realmente se José tinha uma filha e era viúvo ou se isso era um rumor. O exame forense do corpo delatou que ele morreu de causas naturais.

O caso de José mostra a verdadeira face das redes sociais. Muitas das pessoas que estão na sua lista de "amigos", em realidade não são. Nesta situação apenas um dos mais de 3.500 se preocupou com ele, para a maioria do outros sua morte passou despercebida e, na verdade, muitos ainda não sabem o que aconteceu com José.

Fonte




. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails