2 de ago de 2016

Estudo polêmico escandalizou ao afirmar que nenhuma mulher é totalmente heterossexual

  • Segundo um polêmico estudo, a maioria das mulheres são bissexuais ou gays, mas nunca heterossexuais.

Os pesquisadores descobriram que, apesar de lésbicas serem muito mais atraídas pela forma feminina, a maioria das mulheres que dizem que são heterossexuais, despertaram desejos tanto por vídeos de homens nus, quanto de mulheres nuas.

O estudo, liderado pelo Dr. Gerulf Rieger, do Departamento de Psicologia da Universidade de Essex, na Inglaterra, envolveu 345 mulheres que tiveram de assistir vídeos de homens e mulheres nus. Os resultados, que foram baseados em elementos físicos (como a dilatação de pupilas em resposta a estímulos sexuais), mostraram que 82% das mulheres testadas foram despertadas sexualmente por ambos os sexos. Das mulheres que se identificaram como heterossexuais, 74% foram fortemente excitadas por vídeos tanto de homens quanto de mulheres atraentes.


Este resultado teve contraste com as lésbicas, que mostraram respostas sexuais muito mais fortes por mulheres do que por homens. Os pesquisadores disseram que a explicação para isso é porque, geralmente, são os homens que apresentam respostas sexuais distintas para seu sexo favorito. O mesmo teria acontecido com o grupo das lésbicas. “Mesmo que a maioria das mulheres se identifique como hétero, nossa pesquisa demonstra claramente que, quando se trata de excitação, elas são bissexuais ou gays”, disse Rieger.

O pesquisador também disse que seu estudo mostrou que as lésbicas que se vestem de uma maneira mais masculina podem não possuir comportamentos masculinos.

“Apesar de algumas lésbicas serem mais masculinas em sua excitação sexual e outras em seus comportamentos, não houve nenhuma indicação de semelhança. Isto nos mostra que a forma como as mulheres aparecem em público não significa nada sobre o conhecimento de suas preferências sexuais”, finalizou.

Não é nem necessário comentar que as afirmações causaram grande polêmica, “pipocando” a Internet de comentários nada amigáveis.

Fonte





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails