10 de ago de 2016

Tricomoníase: DST causada por protozoário promove coceira e ardência ao urinar

A tricomoníase é uma infecção causada por um protozoário chamado Trichomonas vaginalis. É capaz de atacar colo do útero, vagina e uretra, bem como o trato genital masculino.

Trata-se de uma doença sexualmente transmissível que obviamente ocorre após o contato íntimo com uma pessoa infectada. Em geral, afeta mais as mulheres, de acordo com informações do Diário de Biologia.

A condição pode ser assintomática ou vir acompanhada, no caso das mulheres, de coceiras, corrimento, vermelhidão, dor e ardor ao urinar ou nas relações sexuais. Já para os homens, são comuns irritações na parte interna do pênis, corrimento e ardor durante a ejaculação ou ao urinar.


O diagnóstico nas mulheres é feito através de exames pélvicos que procurarão por manchas vermelhas na parede vaginal ou no colo do útero. Uma amostra é colhida e analisada para confirmar a presença do protozoário, que se movimenta ativamente entre as células epiteliais e leucócitos. Nos homens, o processo é mais complicado. Eles serão tratados se a infecção for diagnosticada na parceira ou parceiro. Outros testes incluem mensuração de pH vaginal, exame de cultura de microrganismos e de citologia.


O tratamento mais comum envolve a administração – com acompanhamento médico – de altas doses de metronidazol (‎C6H9N3O3) e tinidazol (C8H13N3O4S), via oral – muito mais eficaz do que cremes ou géis.

Fonte



. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails