20 de dez de 2016

23 anos depois do marido desaparecer misteriosamente, ela recebeu um telefonema revelando a verdade

Perder um ente querido não é nada fácil. principalmente quando os laços são muito fortes e o sentimento de perda cria um nó que não desata na garganta. 

Pode ser particularmente esgotante retornar à vida normal e passar para a próxima fase do processo de recuperação. Para muitas pessoas, este cenário de pesadelo é uma realidade que os assombra por anos. Tal era o caso de Linda Iseler, cujo marido, Richard Hoagland, desapareceu misteriosamente de sua casa perto de Indianápolis, Indiana, uma tarde.

Vinte e três anos depois, ela recebeu um telefonema de alguém que ela nunca havia tinha encontrado em sua vida com respostas às perguntas que povoaram sua mente desde que Richard desapareceu.

Quando Linda e Richard se conheceram, eles eram um típico casal americano. Todos que os conheciam diziam que eles fora feitos um para o outro.


Richard e Linda verdadeiramente se adoravam, e ninguém duvidava que sua relação seria duradoura.

- "Ele era muito espontâneo", disse Linda de seu relacionamento. - "Ele adorava fazer um rolo. Estava sempre fazendo negócios e era muito bem sucedido. Era muito divertido estar com ele."

Eventualmente, o casal tinha tudo o que qualquer um poderia querer na vida: bons empregos, uma bela casa e dois filhos.

No entanto, toda essa vida dos sonhos mudou de rumo em 10 de fevereiro de 1993, quando Richard ligou para Linda no trabalho dizendo que estava passando mal e tinha que ser levado às pressas para um hospital próximo.

Linda disse a Richard para esperar por ela antes de ir para o hospital, para que pudesse acompanhá-lo. Estranhamente, ele recusou e desligou. Ela passou o resto do dia ligando para hospitais locais em busca de seu paradeiro, sem sucesso. Foi a última vez que Linda viu Richard.

Linda não conseguia entender como seu marido desapareceu de repente. - "Ele não arrumou nenhuma roupa. Estava frio. Foi em fevereiro. Ele não pegou nem um casaco!", disse Linda.

As coisas ficaram ainda mais estranhas quando o carro de Richard foi encontrado no Aeroporto Internacional de Indianápolis, não muito tempo depois.

A peculiaridade do cenário complicou a situação ainda mais, já que aeroporto não tinha nenhuma evidência sugerindo que Richard tivesse pegado um vôo. As semanas passaram sem pistas. As semanas logo se transformaram em meses e Richard não apareceu.

No verão seguinte, os filhos do casal receberam estranhos cartões de aniversário de uma pessoa misteriosa que dizia ser seu pai. Junto com o cartão acompanhava uma nota sinistra que dizia - "Talvez em algum momento em breve, nos veremos de novo. Aposto que nem vou conhecer vocês. Faz tanto tempo. Cuidem de sua mãe. Tchau. Seu pai."


Essa foi a última vez que Richard tentou entrar em contato com a família. Linda logo começou a ter problemas financeiros, o que resultou na perda da casa da família já que ela não conseguiu pagar as mensalidades da hipoteca. Felizmente, a mãe de Linda se ofereceu para ajudar.

Para piorar ainda mais, Linda passou a ser um dos principais suspeitos do desaparecimento de Richard. - "A Polícia me interrogou várias vezes até a exaustão pedindo que confessasse", disse ela em uma entrevista. - "Eles acreditavam na possibilidade de que ele estava envolvido em algum tipo de tráfico de drogas e que eu sabia de tudo."

O caso de Richard, eventualmente, esfriou e os anos passaram. Depois de uma década, Linda continuou com sua vida. Se casou novamente e tentou levar uma vida feliz, mas um dia, inesperadamente, seu telefone tocou...

Um policial do estado da Flórida estava conduzindo uma investigação e fez uma surpreendente descoberta. Tudo começou, quando em 1991, um jovem descobriu que seu tio Terry Symansky havia morrido no mar, mas quando procurou seu nome, os registros indicavam que alguém estava usando sua identidade e tinha se casado quatro anos depois que ele faleceu.

O sobrinho de Terry contatou as autoridades locais sobre esta descoberta. O detetive do Departamento do Condado de Pasco, Anthony Cardillo, começou a examinar o caso e voou para Zephyrhills, Flórida para encontrar com a pessoa que afirmava ser Terry Symansky.

Enquanto estava sendo interrogado por Anthony, "Terry" caiu em vária contradições e ao fim e revelou sua verdadeira identidade: ele era, de fato, Richard Hoagland. Anthony contatou Linda para contar a ela a descoberta logo depois.

Fazia 23 anos que Linda e seus filhos haviam perdido seu marido e pai. Eles ficaram compreensivelmente devastados quando souberam a verdade sobre o que aconteceu naquele dia. Ele simplesmente decidiu fugir de Indiana para morar na Flórida, onde alugou um quarto na casa do pai de Terry. Enquanto vivia lá, Richard descobriu seu atestado de óbito e assumiu sua identidade.

Ainda mais chocante foi o fato de que Richard se casou de novo sob sua nova identidade roubada e foi pai de um novo filho.

Richard está aguardando julgamento por fraude de identidade. O primeiro filho de Richard, Matthew, usa o anel de seu pai como um lembrete do que aconteceu. - "Eu acho que eu uso isso para me lembrar de um mau exemplo."



A nova família de Richard ficou tão chocada ao saber a verdade como Linda e sua família. Linda e seus filhos tentam encarar essa nova realidade, mas o que eles simplesmente não conseguem entender é porque Richard nunca explicou por que os abandonou.



Fonte





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails