09/11/2010

Lendas Urbanas - Homem pode lamber também

  • Homem pode lamber também

Era uma vez uma bela jovem que morava em uma pequena cidade ao sul de Farmersburg. Seus pais tiveram que ir para a cidade por um tempo, assim deixaram a sua filha na casa sozinha, mas protegida por seu cachorro, um collie muito grande. Os pais disseram para a menina bloquear todas as janelas e as portas. Depois de terem deixado ela sozinha, obedeceu os desejos de seus pais, mas havia uma janela no porão, que não fechava completamente.

Ela tentou o melhor que podia e finalmente conseguiu fechar a janela, mas não travava. Ela voltou para cima, mas apenas para se certificar de que ninguém poderia entrar, ela colocou o trinco na porta do porão.

Jantou, assistiu a um show na TV e decidiu ir dormir por volta 12:00. Foi para sua cama, aconchegou-se com o cão e adormeceu.

As 2h30 ela acordou. Assustada, ela escutou na escuridão, mas não ouvia nada. Assim que ela estava prestes a dormir, ouviu um barulho. Era um som gotejante. Ela pensou que talvez não tivesse fechado a torneira o suficiente depois que escovou os dentes, e agora estava escorrendo para o ralo de sua pia. Decidiu ignorar o som e voltou a dormir.

Ela não sabia porquê, mas sentia-se desconfortável e um pouco nervosa. Colocou a mão sobre a borda de sua cama e deixou o cão lamber sua mão para se sentir segura, sabendo que ele iria protegê-la. Mais uma vez, cerca de 3h45 ela acordou ouvindo pingos. Estava irritada, mas ainda se sentia sonolenta e preguiçosa e voltou a dormir de qualquer maneira. Novamente se abaixou e deixou o cão lamber sua mão. Então, caiu no sono.

As 06:52 a menina decidiu que tinha dormido o suficiente ... se levantou. "Bom", pensou ela. "Agora, alguém pode consertar a pia ..." Caminhou até o banheiro e lá estava o cão collie, esfolado e pendurado na haste da cortina. O barulho que ouviu foi o seu sangue pingando em uma poça no chão. A menina gritou e correu para seu quarto para pegar uma arma, no caso de alguém ainda estar na casa ... .. e lá no chão, ao lado de sua cama, viu uma pequena nota, escrita com sangue, dizendo: os seres humanos podem lamber também, minha linda.

  • Veja um vídeo da história:


Eu ri com o final do vídeo :)

OUTRAS LENDAS URBANAS

7 comentários:

Norma Carvalho disse...

morro de medo do escuro, só durmo se olhar em baixo da cama

Anônimo disse...

morri de rir com a cena final do vídeo hehehehe

Anônimo disse...

Eu tenho pavor do escuro entao os meus pais nunca me deixariam sosinha em casa a noite

Anônimo disse...

Eu fico em casa direto sozinha, mas não durmo a noite toda,e meu cachorro sempre me faz compania.

Anônimo disse...

Eu durmo abraçado com a minha mulher a 41 anos por causa disso.

Anônimo disse...

muito aterrorisante credo e se uma criança ler isso??

Anônimo disse...

bom. tenho 15 anos e achei engraçado! e tenho muito medo do escuro!

Related Posts with Thumbnails