23 de jun de 2012

O novo tablet da Microsoft é melhor que o iPad?


  • Uma novidade que estar mexendo com o mundo tecnológico


Depois de comprar um tablet e me decepcionar por não ter muita utilidade para mim, vai chegar algo ao mercado que funcionará muito em minha vida, pois é uma junção de um tablet com um notbook. Estou ansioso para comprar o meu.

Os fãs da Apple que me perdoem, mas o novo tablet Surface, da Microsoft, tem várias inovações que podem superar o iPad.

O tablet Surface, apresentado na última segunda-feira (18) pela Microsoft, ainda não tem data de lançamento nem preço divulgados, mas é o primeiro tablet que surge no mercado depois do lançamento do iPad, em 2010, com reais possibilidades de ser considerado melhor do que o dispositivo líder da Apple.

Algumas empresas concorrentes lançaram tablets de maneira precipitada, que foram esmagados pela Apple. A Microsoft resolveu esperar. No início deste ano, a empresa lançou o sistema operacional Windows 8, que será usado no Surface. Só agora, dois anos depois do tablet da Apple, eles resolveram arriscar, e a coragem promete causar dor de cabeça para os concorrentes MacBook Air e iPad.


Nessa disputa, o preço do Surface será importante, mas a Microsoft ainda não divulgou nenhuma informação sobre isso. Nem sobre como vão funcionar os aplicativos. Abaixo, confira as inovações do Microsoft Surface que podem deixar o iPad para trás:

Teclado

Algumas pessoas simplesmente não se acostumam com telas sensíveis ao toque e não veem vantagem no iPad por isso. Até existem teclados que podem ser conectados ao iPad, mas pouco funcionais. A Microsoft surgiu com um conceito inovador nesse sentido. Uma capa, com apenas 3 mm de espessura, protege a tela do tablet, e se fixa magneticamente, como a SmartCover da Apple.

O principal avanço do tablet é que a finíssima capa inclui um teclado multitoque integrado. Com a Touch Cover, as teclas não se mexem abaixo dos dedos, e a Type Cover, mais espessa, usa botões de verdade. As capas poderão ser adquiridas em diversas cores, incluindo preto, rosa, vermelho e azul.

Em poucas palavras, o Surface pode substituir um laptop – o que o iPod não faz.

Tamanho, peso e espessura

Dificilmente os concorrentes do iPad conseguem ser compactos e elegantes como ele. Bem, pelo menos até o Surface chegar. O tablet da Microsoft é mais pesado do que o iPad, mas traz a vantagem de uma tela maior. A edição Windows RT do Surface tem 676 gramas, e a edição Windows 8 Pro tem 903 gramas. Já o novo iPad tem entre 652 e 662 gramas, dependendo do tipo de conectividade.

A tela do Surface tem 10,6 polegadas em alta definição. Quase uma polegada a mais do que o iPad, que tem 9,7 polegadas. Apesar de ser maior, o Surface tem menor espessura – o modelo de teclado mais fino tem 9,3 milímetros. Já o tablet da Apple tem 9,4 milímetros de espessura.

USB

Quem usa o iPad pode reclamar da falta de entradas para cabos USB. O Surface avança nesse sentido, com duas entradas que facilitam e tornam mais ágil o processo de armazenamento de arquivos.

E os aplicativos?

A desvantagem mais aparente do Microsoft Surface são os aplicativos. A App Store incluiu 225 mil aplicativos para o iPad. E o Surface? Até agora a Microsoft não se pronunciou quanto ao desenvolvimento de apps para o tablet.

O fato é que é difícil avaliar com precisão o Surface antes de seu lançamento oficial. E principalmente, antes de saber seu preço. O preço inicial do iPad nos Estados Unidos é 500 dólares (1.600 reais), e é difícil saber se a Microsoft conseguirá bater esse preço.

Enquanto o novo tablet não é lançado, confira o vídeo abaixo e sonhe com essa maravilha tecnológica.












. . .

Um comentário:

Anônimo disse...

Even domestic air conditioners contain small cooling towers.
The frenzied shopping day will see millions out
and about trying to mark off items on their Christmas
lists and it is a good shopping strategy to know where to find the
best deals on the items wanted, including i - Pads and assorted tablets.
Generally, though, you can purchase data on a month-to-month basis, without signing a
contract, and charges typically don’t exceed $20 monthly, as long as you stay
within data-usage limits.

My page :: qual o melhor tablet

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails