7 de out de 2013

EU MORRO E NÃO VEJO TUDO? AMERICANO VIVE COM 2 BONECAS

Americano completou 13 anos de casamento com uma boneca

Não pense que você é estranho, pois sempre haverá alguém pior.

Sei que para algumas pessoas é muito difícil se relacionar com o outro, então criam fantasias e mundos paralelos, mas devo dizer que isso sempre me perturba. Casar com um ser sem vida é algo que não consigo assimilar. Enfim, um tabu que chama atenção.

Davecat, um operador de torno americano de 40 anos, se apaixonou à primeira vista por uma boneca inflável que viu em 2000 em um clube gótico. A linda e calada Sidore não lhe deu muita bola, mas ele não desistiu e dias depois achou o mesmo modelo em uma loja de produtos eróticos por 13.200 reais. Comprou-a! Nesta semana completou 13 anos de feliz convivência.

Como todos os casais eles também passaram por momentos de crise, lógico, o mais tenso aconteceu quando Davecat já não suportava mais uma rachadura bem no meio das costas da mulher amada.


- "Em 2010, apareceu uma fissura perto de sua parte inferior das costas, bem aonde seus quadris se conectam a sua coluna vertebral", lembra Davecat. 

- "Ela passava a maior parte do tempo acamada e o sexo era muito limitado e doloroso para ela, coitada! Foi quando decidi enviá-la para o conserto".

Nem preguiçoso, nem econômico e com muito amor para dar, Davecat fez horas extras no trabalho, juntou dinheiro e comprou uma nova, uma réplica chamada Elena. No entanto Sidore não se mostrou ciumenta em nenhum momento e agora os três vivem um intenso triângulo de amor.

Davecat trata suas duas esposas como rainhas: faz massagens nos pés, compra roupas novas e caras, sai com elas (uma de cada vez já que as pessoas não iriam entender) para passear pelos parques de Michigan, em Indiana (EUA), onde moram. 

- "Minha relação com elas se baseia em 70% de sexo e 30% de companhia", explicou.

As duas mulheres do estadunidense levam uma vida como qualquer outra pessoa e têm perfis no Facebook e no Twitter, onde comentam e compartilham fotos de seus vestidos e as coisas que Davecat lhes presenteia.

- "Gostei muito do meu novo colar, foi um ótimo presente, ainda que o vestido seja horrível", comentou Elena Vostrikova através do seu Twitter.

Sidore Kuroneko -as duas tem origem russa- é mais safadinha e sem papas na língua como é possível notar em seu Twitter.

Davecat admite que é um pouco introvertido, mas nega que esteja objetivando mulheres reais e que pessoas como ele na verdade personificam objetos para substituí-las. Ele também é um grande ativista pelos direitos dos bonecos e regularmente blogueia sobre seus pontos de vista.

- "Eu não apenas me considero um defensor do amor sintético, senão que luto para que os humanos sintéticos sejam tratados com o máximo de respeito, talvez até mais do que os humanos orgânicos", explica.

Ele acha que referir-se a um sintético como uma "coisa", ou uma boneca como um "brinquedo sexual", é humilhante e totalmente sem imaginação.

Davecat conta que de vez em quando manda as esposas para o conserto para a troca de peças gastas, reaperto de articulações e coisas assim que ele se compromete a fazer para que suas amadas alcancem a imortalidade e vivam ainda por muito tempo depois que ele se for.

Mas, tem um problema... ele não sabe quem cuidará das suas mulheres se um dia ele faltar. Pese que sua mãe ache bem normal suas noras de silicone, seu pai se recusa terminantemente a falar sobre seus relacionamentos e já prometeu botar fogo nas duas se acaso o filho aparecer com elas em casa.









. . .

2 comentários:

agatodemonbear disse...

Isso e que e um homem de sorte!
mulheres perfeitas não, falam, não pedem dinheiro.

Lady disse...

Eu preciso do endereço para comprar dois homens pra mim! Quem souber nem andebóis favor! É meu sonho de consumo! De Natal! De aniversário, enfim de tudo! Prometo que serão meus reis!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails