26 de abr de 2014

Cogumelos bizarros

  • Conheça algumas espécies que se destacam pela esquisitice ou por uma estranha beleza

Os cogumelos são os corpos de frutificação de certos fungos, sendo que alguns deles podem ser comestíveis e utilizados nos restaurantes de alta gastronomia, enquanto outros são extremamente tóxicos. Muitos desses cogumelos têm uma aparência um tanto bizarra e se destacam por essa característica, que os torna únicos e incrivelmente fascinantes. Confira abaixo.

1 – Cogumelo cérebro

O Gyromitra esculenta é caracterizada pelo seu corpo marrom-avermelhado que lembra o cérebro humano. Ele é encontrado na Europa e na América do Norte, podendo alcançar 10 centímetros de altura e 15 de largura. Esse fungo é venenoso e pode ser fatal se consumido cru. No entanto, na Escandinávia, ele é um conhecido petisco, pois, quando cozido corretamente pode ser ingerido sem dano à saúde e tem um bom sabor.  


2 – Cogumelo Dente Barbudo

Conhecido como o cogumelo “dente barbudo” ou “juba de leão”, o erinaceus Hericium é um fungo comestível e medicinal. Esta espécie é normalmente encontrada brotando em árvores recém-cortadas na América do Norte, Ásia e Europa.

Entre os benefícios estudados que esse cogumelo traz à saúde, estão a proteção do sistema nervoso e aumento da função imunológica. As vantagens de seu consumo são tantas, que é possível encontrar em alguns países o seu extrato em comprimidos.



3 – Amanita muscaria (o cogumelo do Mario Bros.)

Esse cogumelo bonitinho, vermelhinho e com pintas esbranquiçadas é um velho conhecido de muitas crianças e adultos. Geralmente é o mais utilizado como modelo principal para os cogumelos de desenhos animados, ilustrações de livros e jogos (como o do Mario).

Porém, o Amanita muscaria não é nada inofensivo, e sim tóxico, possuindo propriedades psicoativas e alucinógenas nos seres humanos. Apesar disso, o relato de mortes pelo seu uso é raro.



4 – Morchella

Os chefs e gourmands têm dificuldade de encontrar esses saborosos cogumelos comercialmente, o que contribui para seu preço ser extremamente alto em muitas partes do mundo. Em termos de valor culinário, os cogumelos do tipo Morchella esculenta só perdem para as trufas (tipo de fungo da família Tuberaceae).


Apesar de sua aparência esquisita, o Morchella esculentaé um dos cogumelos mais desejados do mundo para gastronomia, principalmente a francesa, e não devem ser comidos crus. Ele é caracterizado pela parte superior do corpo frutífero em forma de colmeia com poços profundos e coloração castanha.



5 – Cogumelo “sangrento”

Enquanto esse cogumelo parece “sangrar” em alguns pontos da sua estrutura, conferindo um visual meio assustador, por outro lado ele também pode ser enxergado como algo mais agradável, como uma bola de sorvete com gotas de calda de morango por cima. Qual você escolheria?

O fato é que o Hydnellum pecki não é comestível, sendo encontrado em várias partes do mundo. Ele é conhecido como “cogumelo sangrento”, pois expele uma seiva brilhante com pigmento avermelhado que contém propriedades anticoagulantes.



6 – Lactarius indigo

O cogumelo Lactarius indigo recebe esse nome porque expele um líquido leitoso azul quando cortado com uma faca. Este cogumelo bizarro cresce na América do Norte e Central, sendo geralmente caracterizado pela sua coloração azul-prateada. Apesar de esta espécie ser comestível, ela não é muito utilizada, pois apresenta textura muito granulosa e sabor amargo.



7 – Cogumelo Coprino Barbudo

Conhecida também como “juba desgrenhada”, o cogumelo Coprinus comatus (ou Coprino Barbudo) é comestível e até bastante comum. Diferente da maioria das outras espécies de cogumelos, este esquisitão se dissolve dentro de poucas horas de armazenamento. Por isso, este cogumelo deve ser consumido logo após a colheita.







. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails