4 de jul de 2015

Cidade holandesa será possível receber salário sem trabalhar

A vida não é algo que deve ser "ganhada" e isso é o que pretendem demonstrar os governantes desta cidade da Holanda com um novo experimento. 

Utrecht, a capital e cidade mais populosa da província homônima, tem aproximadamente 300.000 habitantes e após o verão boreal, pretende implementar um programa chamado "renda básica incondicional". Isto significa que atribuirão um salário à cada cidadão independentemente de seu rendimento econômico. Pelo simples fato de ser cidadão.

Alguns cidadãos seguirão recebendo os benefícios públicos tradicionais que se relacionam com seu status trabalhista e outros, receberão este salário incondicional. O objetivo é observar o comportamento de ambos e compará-los. 


O governo não pretende gerar uma sociedade frouxa e conformista, senão descobrir se o fato de que seus habitantes não tenham a preocupação de "ganhar a vida", melhore sua vivência em si e deixem de viver assim:

Entre 1974 e 1979, em Dauphin, uma comunidade no Canadá provou algo similar e os níveis de pobreza diminuíram, as visitas ao médico reduziram quase 10% e decresceram bastante os acidentes automobilísticos e a violência doméstica. 

No entanto, é verdade que Dauphin era só uma localidade de alguns poucos milhares de habitantes que viviam em sua maioria da agricultura familiar. Agora, Utrecht, uma cidade de grande porte, dará um passo para além do clássico estado de bem-estar em um meio urbano do século XXI.

Em conclusão, estes holandeses receberão dinheiro só por viver e é um desafio enorme para este governo, mas se seu plano funcionar, provavelmente signifique que se aproxima uma mudança inimaginável, ainda que isso não chegará no terceiro mundo nem que a "vaca tussa" já que, indiretamente, são eles que proporcionam o pagamento desses salários.

Fonte





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails