21 de jan de 2011

Cromoterapia - Realidade ciência ou misticismo?

  • O poder das cores

A nossa alma necessita de certas cores, que dependem da atividade energética dos chackras. Assim diz os adeptos:
Se estamos em perfeita consonância com a ordem divina e em harmonia com as leis da criação, nossa aura encontra-se branca ou branco-dourada, e passamos a não precisar mais das cores. Isto, porém, é muito difícil de acontecer. Até chegarmos a esse estágio o caminho a percorrer é muito longo, e até lá devemos aprender a trabalhar com as qualidades emocionais e mentais, e com a correspondência que existe entre as cores e as vibrações de nossos sentimentos e pensamentos.
É exatamente isso a cromoterapia.

Vamos ver, então, do que se trata: as cores básicas são o verde, o vermelho e o violeta.
As cores secundárias são o amarelo, o azul e o magenta.
As demais cores são apenas intermediárias entre essas cores principais. Cada cor tem uma característica própria, um significado próprio e estimula uma determinada reação na pessoa que a está usando.

O VERDE é a cor mais harmoniosa e calmante de todas. Esta cor significa crescimento terreno e representa as energias da natureza. A cor verde também significa esperança e satisfação. É a cor mais importante da aura.

O VERMELHO e a cor mais quente. Significa vida física e é muito bom para dar vitalidade para quem a usa. Além disso fortalece o corpo e dá mais energia física e senso de auto-estima, ativando os processos iminentes de transformação. Se usado em excesso, o vermelho torna a pessoa agressiva e briguenta.

O VIOLETA é uma cor artística e metafísica. É também a cor da alquimia e da magia. Ela é vista como a cor da energia cósmica e da inspiração espiritual. A cor violeta e excelente para purificação e cura dos níveis físico, emocional e mental. Ajuda a encontrar novos caminhos para a espiritualidade e a elevar nossa intuição espiritual. Quando usada em excesso acaba provocando depressão.

Os efeitos terapêuticos da luz e das cores são conhecidos há milênios. Não sei se funciona, mas, mal é que não faz... kkkkk. Já fiz uma sessão e me senti bem melhor, no meu caso funcionou, ou será que foi o fator pasicológico? Sei lá, pelo menos me fez bem e um dia voltarei a fazer mais.

  • Alguns exemplos das aplicações terapêuticas das cores são:

A cor VERMELHA intensifica as funções do corpo estimulando o sistema nervoso e fortalecendo a atividade do fígado.

A cor VERDE harmoniza as flutuações do estado de espírito e provoca melhor equilíbrio nos casos de insatisfação e impaciência.

A cor VIOLETA purifica o organismo atuando de modo calmante sobre os músculos do coração e sobre os outros músculos do corpo. Também acalma a superexcitação nervosa.

A cor AZUL ajuda a baixar a pressão arterial.; assim como acalma e traz clareza mental.

A cor AMARELA desperta novas esperanças no caso de resignação de doentes que desistiram da cura; alguns terapeutas afirmam que o amarelo fortalece os olhos e os ouvidos além de ajudar na cura da artrite.





. . . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails