13 de dez de 2011

Britânica trata boneca como um bebê de verdade

  • Uma história que choca, pois mostra o quanto nossa mente é esquisita


Ashleigh vive com sua filha de 12 anos, Becky, em Andover, Hampshire (Inglaterra). Ela se separou de seu parceiro quando Becky tinha apenas cinco anos. Depois de tentar vários anos, perdeu a esperança de encontrar um novo parceiro adequado e ter filhos novamente.

Descrevendo-se como fortemente maternal, ela queria ter um outro bebê em casa a qualquer custo. Quando Ashleigh se deparou com o site de bonecas "reborn", imediatamente fez um pedido de uma, ao preço de 700 reais e já gastou centenas de libras na boneca, com roupas, fraldas e muito mais.

Ashleigh leva a boneca ao parque para passear em um carrinho, nina a boneca e até mesmo leva Finlay às compras, tratando-a como um bebê real. Às vezes, outras mulheres se aproximam para ver o bebê, confundindo-o com um real. Ashleigh diz que só brinca junto.




Se você está se perguntando por que não poderia ter adotado outro bebê, ela tem respostas para isso também. Ashleigh diz que está com preguiça de passar pelo processo de adoção e não quer ter toda a preocupação e ansiedade associados com um bebê real.

- "Com Finlay, é sempre tempo de abraçar", diz.

A boneca dorme em seu quarto em um berço que ocupa a maior parte do espaço. Becky, sua filha, admite que toda a coisa é bastante assustadora e esconde seu "irmão" de seus amiguinhos.

- "Eu realmente não entendo isso. Eu não acho que minha mãe prefira Finlay, mas ela não pode me dar toda a atenção como costumava fazer".



Os bonecos são criados pela artista Yvonne Walters, que é regularmente contatado por pessoas que querem usá-los como um substituto para os bebês reais e até mesmo para substituir filhos que morreram. Ela conta que alguns clientes projetam suas próprias bonecas, de forma a torná-las o mais real possível. Cada fio de cabelo é adicionado individualmente na cabeça, levando em média 40 horas para ser concluído. Veias, unhas, manchas de leite, pele escamosa e cabelo do bebê são todos meticulosamente criados.

Ashleigh é uma mãe desempregada e recebe de salário desemprego um total de 20 mil dólares por ano, maior parte gasta com Finlay, e agora está pretendendo arrumar uma nova irmãzinha para ele, uma boneca chamada Summer. Coitada da Becky.







. . . .

Um comentário:

agatodemonbear disse...

Pelo menos ela evita a parte desagradavel da maternidade

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails