23 de fev de 2012

Homem com poucos dias de vida pede para conhecer filha que ainda não tinha nascido

  • Uma história que vai mexer com seus mais profundos sentimentos

Essa história que mexeu muito comigo e acho que vai mexer com você, deve ter sido uma cena linda de ver e, ao mesmo tempo, triste. 

As vezes reclamo, aqui, do comportamento humano e fico muito triste com suas atitudes, mas são cenas assim que revigoram meu ser e me faz acreditar em algo bem maior do que vivemos aqui.

Sabendo que o marido tinha só alguns poucos dias de vida, Diane Aulger pediu que os médicos induzissem o parto apesar de que restavam ainda duas semanas para dar a luz. Assim nasceu a pequena Savannah para conhecer seu papai. A garota nasceu no passado 18 de janeiro, quando então seu pai tomou-a em seus braços, chorou e só conseguiu dizer que estava muito feliz em vê-la. Mark morreu cinco dias depois.


Mark, de 52 anos, padecia de câncer de colón. Submeteu-se a uma cirurgia e a seis meses de quimioterapia. Ainda que no início os resultados pareciam bem sucedidos, semanas depois foi diagnosticado com fibrose pulmonar causada pela quimioterapia.


Foi quando os médicos desenganaram a Mark dizendo que lhe restavam alguns poucos dias de vida. Seu único desejo era conhecer a bebê;e ainda que em Diane tinha planejado fazer um parto natural, decidiu que, a fim de atender a vontade do marido, antecipar o parto.

Mark conseguiu conhecer a sua tão esperada e querida menina, mas lamentavelmente só desfrutou no primeiro dia. Nos demais não tinha forças para segurá-la entre os braços mais que uns poucos minutos. Pouco depois, entrou em coma e finalmente morreu. Os Aulger, de Collony, ao norte de Dallas (EUA), têm outros dois filhos, garotos, de 13 e 15 anos.






. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails